Steve Vai: bastidores da gravação de "Stairway To Heaven"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: We Will Rock You, Tradução
Enviar Correções  

O afamado guitarrista Steve Vai, a cantora de R&B Mary J. Blige, o baterista do BLINK-182 Travis Barker, jurado do American Idol, o baixista Randy Jackson e a guitarrista Orianthi, que tocava com Michael Jackson, se reuniram em fevereiro para gravar uma nova versão do clássico do LED ZEPPELIN "Stairway to Heaven" e agora, uma série de fotos dos bastidores das sessões de gravação está online no site Video.Yahoo.com.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vai falou sobre a versão final da faixa:

"Quando eu ouvi o produto final fiquei maravilhado. Eu fiquei maravilhado o quão bonito soou, tão bom e tão, ouso dizer, apropriado. Realmente funcionou para meus ouvidos e os de muitas pessoas."

Perguntado se algum dos membros do Zep já tinha ouvido o cover, ele respondeu: "Eu não sei se eles estão sabendo disso e para mim, Led Zeppelin era o sol, a lua e as estrelas. Eles eram tudo para mim, quando eu era adolescente. E a razão pela qual eu toco guitarra é o Jimmy Page. Eu não sei se eles vão acabar escutando ou não mas a única coisa que eu possivelmente posso fazer é dar o meu melhor e fazer o trabalho mais respeitável que puder."

Por enquanto o cover de "Stairway to Heaven" só surgiu como uma faixa bônus na versão para o Reino Unido do último álbum de Blige, mas o pessoal na América poderá ouvir a música logo em breve.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Osama Bin Laden: O que havia na sua coleção de cassetes?Osama Bin Laden
O que havia na sua coleção de cassetes?

Guns N' Roses: álcool, drogas e intrigas nos primórdios da bandaGuns N' Roses
álcool, drogas e intrigas nos primórdios da banda


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Cli336 CliHo