Motorhead: "E daí se eu bebo?", pergunta Lemmy

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por João Renato Alves, Fonte: Blog Van do Halen
Enviar correções  |  Comentários  | 

Tim Nixon, do The Sun, conduziu uma entrevista com Lemmy Kilmister, a mente por trás do MOTÖRHEAD. Seguem alguns assuntos abordados.

4696 acessosPhil Campbell: "Até hoje não sei afinar uma guitarra de ouvido!"5000 acessosKiss x Secos & Molhados: o fim da polêmica

Sobre seu lendário estilo de vida:

“Todo tipo de coisa sobre mim é lendário, não apenas os excessos. Aliás, para mim, nem são excessos mesmo. O que você faz diariamente é normal, certo? Quem se importa se eu bebo? E daí?”

“Não vou promover isso como estilo de vida. Não quero que alguns garotos morram porque ficaram bêbados por minha causa. Se você disser que eu bebo tanto após 35 anos de Motörhead, eles podem pensar: ‘oh, eu posso fazer igual’”.

“Minha voz se dá bem com cigarros. É parte do treino. Tenho que continuar fumando. Se parar, minha voz irá sofrer. Provavelmente não conseguiria fazer meu trabalho se parasse de fumar e beber”.

“Meus antepassados disseram que fumar faz bem. Um conselho foi que isso ajuda a respirar, pois limpa as passagens”.

Sobre se recusar a se comprometer:

“Não faço músicas para vocês, faço para mim. Se eu gostar, vocês vão ouvir. Se também aprovarem, é legal. Mas senão, estou pouco me lixando. Não ouçam o que as gravadoras querem, eles não sabem merda nenhuma. Vendem a música como feijão”.

“Quando assinamos com a Sony, esses filhos da puta apareceram com suas esposas e filhos para uma visita enquanto trabalhávamos. Eu disse: ‘Vão se foder, não escrevo sobre pessoas como vocês, certo? Vão à merda!'”.

Mulheres:

“Não transei até os 17 anos. Vivia no norte do País de Gales, a coisa é lenta por lá. Nunca casei nem vivi com a mesma garota por mais que dois anos. Então, penso que é normal ter uma diferente a cada semana. Caçar garotas é um exercício. É preciso se esforçar. E nada é fácil quando se tem 64 anos, pode acreditar”.

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Phil CampbellPhil Campbell
"Até hoje não sei afinar uma guitarra de ouvido!"

909 acessosBrazilian Tribute To Motörhead: Torture Squad e Hatefulmurder747 acessosMotorhead: ouça o Genocídio no tributo brasileiro à banda2158 acessosCooking Hostile: Cozinhando com suas bandas preferidas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

MotorheadMotorhead
As 10 melhores músicas, segundo a Loudwire

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
Em 2007, ele estava ouvindo muito o Evanescence

MotorheadMotorhead
Lemmy admite ter feito comercial pelo dinheiro

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Drogas e Álcool"0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"

MaquiagensMaquiagens
O fim da polêmica Kiss x Secos & Molhados

MMAMMA
Os lutadores que curtem Rock e Heavy Metal

Metal ProgressivoMetal Progressivo
Os melhores álbuns do estilo segundo o About.com

5000 acessosRockstars: filhos de roqueiros seguindo os passos dos pais5000 acessosMusas inspiradoras: as esposas mais gostosas dos rockstars5000 acessosBuckethead: uma rara imagem do guitarrista sem a máscara5000 acessosGuitar World: as 50 melhores canções de Rock de todos os tempos4311 acessosIron Maiden: "Sign of the Cross", uma viagem pessoal5000 acessosBeatles: Quais as pessoas e objetos da capa do Sgt. Peppers?

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre João Renato Alves

27 anos, jornalista formado pela Universidade de Cruz Alta. Kissmaníaco inveterado, um verdadeiro apaixonado pela banda de Gene Simmons e Paul Stanley. Idolatra com quase a mesma paixão Queen, Van Halen e Black Sabbath. Aprecia desde o Rock dos anos 50 (Elvis, Little Richard, Chuck Berry, entre outros) e 60 (Beatles, Rolling Stones, The Who, Led Zeppelin...), Hard Rock dos 70's (AC/DC, Deep Purple, Alice Cooper...) e 80's (Mötley Crüe, Def Leppard, Europe, Talisman...), Metal Tradicional (Judas Priest, Dio, Ozzy...), NWOBHM (Iron Maiden, Saxon, Angel Witch...) e Thrash oitentista (Slayer, Destruction, Kreator...). Já teve um programa de rádio, chamado "Lavagem Cerebral", na Unicruz FM. Solteiro e seguidor das idéias de Gene Simmons em relação ao casamento.

Mais matérias de João Renato Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online