Avenged Sevenfold: "o plano sempre foi Mike tocar até 2010"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adelemberg Thiago, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O empresário do AVENGED SEVENFOLD, Larry Jacobson, contou ao blog "West Coast Sound", do LA Weekly, que não há correlação entre a saída do baterista Mike Portnoy da banda e o cancelamento da participação do grupo no festival australiano Soundwave.

Regis Tadeu: Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiroCults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Ele escreve, "o plano sempre foi para Mike Portnoy tocar até 2010. Nada mudou, mas estava confuso [por que] Mike deu entrevistas sugerindo que ele poderia estar em turnê com a banda para além de 2010. Haverá outro baterista para a turnê 'Nightmare After Christmas' [em janeiro/fevereiro] como também para muitas outras datas ao redor do mundo que estão em andamento para 2011 e além. Quanto à Austrália, o timing é completamente independente. Se você leu alguns dos ataques públicos e juvenis por parte do promotor, você provavelmente pode descobrir por que a banda teve dúvidas legítimas se eles poderiam trabalhar como ele para serem capazes de colocar um show profissional que seus fãs esperam. Eles não estão na Austrália todo dia então cada turnê precisa ser o melhor que a banda tem a oferecer."

O AVENGED SEVENFOLD divulgou um comunicado explicando que "nós sabemos que não estamos prontos para adicionar outro membro permanente do AVENGED SEVENFOLD [em sequência à morte ano passado do baterista Jimmy 'The Rev' Sullivan]. Não sei se algum dia nós estaremos. Mas se nós estivermos, ele só será alguém que não é apenas um baterista brilhante, mas também alguém que teríamos de conhecer bem na estrada e fora dela, e que vocês, os fãs, tiveram a chance de conhecer, e esperamos que aceitem. Em outras palavras, nessa família, nós damos passos juntos, a banda e nossa enorme família de fãs."

O grupo completou, "Mike e a banda concordaram que não poderia ser ele. Por quê? Muito antes de haver um AVANGED SEVENFOLD, havia integrantes dessa banda que olhavam para Mike e, no caso de Jimmy, aprenderam bastante assistindo Mike tocar. Ele é um brilhante compositor, produtor e, claro, baterista. Por causa disso, o mundo e nós sempre o veríamos como 'AVENGED SEVENFOLD com Mike Portnoy'".




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Avenged Sevenfold"Todas as matérias sobre "Dream Theater"


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1992Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1992

James LaBrie: Mike Mangini é o melhor do planetaJames LaBrie
Mike Mangini é o melhor do planeta


Regis Tadeu: Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiroRegis Tadeu
Los Hermanos fez um tremendo mal ao rock brasileiro

Cults: 10 álbuns influentes que fracassaram nas vendasCults
10 álbuns influentes que fracassaram nas vendas


Sobre Adelemberg Thiago

Serratalhadense, pernambucano arretado, e terminando o curso de fisioterapia. Nasci em 1985, comecei a escutar rock através das baladas românticas dos "love metal" da vida!. De 2001 até hoje, curto quase todos os gênero do rock, desde o Queen e a velha guarda do hard rock, tipo Scorpions e Europe, aos grandes nomes alemães e chegando ao grande Dimmu Borgir. Sou apaixonado por futebol, meeeengo, corridas, adoro carros esportivos. Não sou um ás das palavras nem tampouco um Bach nas músicas, mas ajudar a divulgar o hard rock/heavy metal, contribuir com o site e ver a galera comentando sobre o que você posta é gratificante, por isso decidi a colaborar sempre que possível com o site. No twitter: @A_Thiago.

Mais matérias de Adelemberg Thiago no Whiplash.Net.

adGoo336