Armênia: policia pressiona comunidade emo

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Adelemberg Thiago, Fonte: Rolling Stone, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Autoridades na capital armenia de Yerevan estão declaradamente colocando pressão nos jovens fãs da subcultura emo, alegando que a música compromete a estabilidade social e que seu conteúdo, emocionalmente doloroso, está motivando os adolescentes a se tornarem suicidas.

Alice in Chains: mensagem subliminar na capa de The Devil Put Dinosaurs HereThe Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Os estudantes estão alegando que a polícia está realizando verificações nas escolas e procurando por jeans rasgados, piercings e luvas pretas, bem como alguma vestimenta nas "cores emos" róseo e preto. Alguém contou ao EurasiaNet.org sobre um boato que as pessoas que se pareçam com fãs de rock estão sendo vigiadas de perto. Não é novidade uma subcultura ser alvo por causa de sua aparência pouco convencional. Um levantamento de 2009 sobre os emos em Yerevan notou que havia 20 a cada 25 adolescentes emos na Armênia naquela época. Em 2010, 13 das 38 tentativas de suicídio de adolescentes por todo o país foram bem sucedidas, e apenas dois dos adolescentes envolvidos são suspeitos de terem tido alguma associação com a subcultura emo.

"De fato, eu não gosto dos emos. Absolutamente não gosto deles. Eu não os entendo ou os aceito", Alik Sargsian, Chefe de Polícia da Armênia, disse em entrevista para um jornal local no início desse mês, como citado pela EurasiaNet. Ele também os chamou de perigosos e disse que eles poderiam "distorcer nossos genes".

Outro jovem emo disse: "Ninguém está nos forçando; a coisa é que nossos membros são emocionais e já houve casos onde eles tentaram se suicidar. No entanto, não é como se fosse um fenômeno em massa".

Em 2008, jovens fãs emos estiveram sob ataque no México e no Chile, embora o antagonismo viesse principalmente dos colegas - não das autoridades. No México, a subcultura foi um dos alvos preferidos dos fãs de punk e rockabily. No Chile, onde os emos foram referidos como "pokEMOns", skinheads os atacaram.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção Notícias

Alice in Chains: mensagem subliminar na capa de The Devil Put Dinosaurs HereAlice in Chains
Mensagem subliminar na capa de The Devil Put Dinosaurs Here

The Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todosThe Voice Kids
Garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos


Sobre Adelemberg Thiago

Serratalhadense, pernambucano arretado, e terminando o curso de fisioterapia. Nasci em 1985, comecei a escutar rock através das baladas românticas dos "love metal" da vida!. De 2001 até hoje, curto quase todos os gênero do rock, desde o Queen e a velha guarda do hard rock, tipo Scorpions e Europe, aos grandes nomes alemães e chegando ao grande Dimmu Borgir. Sou apaixonado por futebol, meeeengo, corridas, adoro carros esportivos. Não sou um ás das palavras nem tampouco um Bach nas músicas, mas ajudar a divulgar o hard rock/heavy metal, contribuir com o site e ver a galera comentando sobre o que você posta é gratificante, por isso decidi a colaborar sempre que possível com o site. No twitter: @A_Thiago.

Mais matérias de Adelemberg Thiago no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336