Kid Vinil: "Lemmy Kilmister e o Motörhead"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Emanuel Seagal, Fonte: Yahoo!
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/01/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O músico, radialista e ex-VJ KID VINIL escreveu nova matéria em sua coluna no Yahoo!. Confira abaixo alguns trechos.

4697 acessosPhil Campbell: "Até hoje não sei afinar uma guitarra de ouvido!"5000 acessosBlack Sabbath: os vocalistas misteriosos da banda

O novo álbum do Motörhead, "The World Is Yours", vazou na rede em dezembro do ano passado e foi encartado como brinde na edição da revista inglesa Classic Rock, no dia 15 de dezembro. Semana que vem, ele sai oficialmente em CD na Europa e em breve aqui no Brasil.

A essa altura, todos os fãs da banda já ouviram e certamente vão concordar comigo: 35 anos depois, o Motörhead continua o mesmo, igualzinho ao AC/DC, mantendo aquele ditado “em time que está ganhando não se mexe”.

Esse é o 20° disco da carreira do Motörhead e, mesmo assim, dignos do reconhecimento até das revistas de indie rock inglesas, como a Artrocker que deu ao disco cinco estrelas. A crítica começa assim: “A única razão pra se juntar a uma banda de rock and roll é: pegar mulheres, encher a cara, ficar chapado e nunca ter que trabalhar sentado numa cadeira. Se alguém te disser algo diferente, estará mentindo. A lenda viva desse mais decadente estilo de vida chama-se Ian Fraser Kilmister, também conhecido como Lemmy, líder da maior banda de rock and roll do mundo. Fazer uma crítica desse disco é como tentar reinventar a roda. Todo mundo sabe como eles soam e que nunca vão mudar. A pergunta é: “será que eles conseguem se reinventar?”. Da música que abre o disco, "Born To Lose", até a que encerra, "Bye Bye Bitch Bye Bye", a resposta é: sim!

Leia a matéria na íntegra no link abaixo.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Phil CampbellPhil Campbell
"Até hoje não sei afinar uma guitarra de ouvido!"

909 acessosBrazilian Tribute To Motörhead: Torture Squad e Hatefulmurder747 acessosMotorhead: ouça o Genocídio no tributo brasileiro à banda2158 acessosCooking Hostile: Cozinhando com suas bandas preferidas0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Motorhead"

Duff McKaganDuff McKagan
Elogios rasgados ao Motörhead

Os mais feiosOs mais feios
Gene Simmons, Lemmy Kilmister, Alex Van Halen...

Lemmy KilmisterLemmy Kilmister
"Coleciono apenas material nazista, não as ideias"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Motorhead"0 acessosTodas as matérias sobre "Kid Vinil"

Black SabbathBlack Sabbath
Os vocalistas misteriosos da banda

Rock And RollRock And Roll
Últimas fotos em vida de músicos famosos

Futebol e rockFutebol e rock
As paixões de Harris, McCartney, Daltrey e outros

5000 acessosDrogas e Álcool: protagonistas nos piores shows de grandes astros5000 acessosBandas: Audiófilos elegem as maiores da história do rock5000 acessosTeoria da Conspiração: Slipknot troca membros em shows ao vivo?5000 acessosLed Zeppelin: as 10 melhores performances de John Bonham4626 acessosRetrospectiva 2007: as matérias mais lidas do ano5000 acessosIron Maiden, o original: "Harris sabia de nossa existência"

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Sobre Emanuel Seagal

Descobriu o metal com clássicos como Iron Maiden e Black Sabbath. Hoje em dia, entre outros gêneros musicais, e sem se limitar a rótulos, ouve principalmente doom, viking e folk metal. Sempre que possível está em busca de novas bandas que tenham algo a transmitir alem de clichês, e mesmo em meio a tantas novidades não dispensa pérolas como o bom e velho Candlemass. Acompanha o Whiplash! desde os primórdios, tendo iniciado sua vida de internauta no mesmo ano de criação do site (1996). Há algum tempo está envolvido com metal, seja trabalhando com eventos, bandas, gravadoras ou imprensa, na tentativa de contribuir de alguma forma para o crescimento desse que é um dos segmentos mais apaixonantes da música, o metal.

Mais informações sobre Emanuel Seagal

Mais matérias de Emanuel Seagal no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online