Megadeth: Marty Friedman leiloa guitarra antiga

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Andras Ellendersen, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 12/05/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


O famoso antigo guitarrista do MEGADETH, Marty Friedman, está leiloando uma guitarra Jackson utilizada por ele no estúdio e na estrada com a banda no final de 1980 e começo de 1990. Todo o lucro será em benefício a JASON BECKER e o Instituto de Desenvolvimento de Terapia ALS.
3490 acessosMegadeth: cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica5000 acessosMegadeth: as 10 maiores tretas de Dave Mustaine

Friedman comenta: "Essa guitarra foi a primeira Jackson que eu já tive na vida. É a primeira realmente boa guitarra que eu já tive. Eu a comprei no Havaí enquanto estava em uma banda chamada HAWAII. Era listrada de tigre, em preto e branco na época. Eu fiz muitas gravações e shows do HAWAII com ela. Uma vez ela inclusive teve um lança-chamas na mão. Eu gravei a maioria do 'Speed Metal Symphony' (1987) do CACOPHONY, se não o album inteiro, com essa guitarra, já que não me lembro de ter usado nenhuma outra gravando este álbum. Eu fiz TUDO de 'Dragon's Kiss' (álbum solo de Friedman, lançado em 1988) com ela. Quando eu me juntei ao MEGADETH, eu tinha pintado-a de preto e gravado o 'Rust in Peace' (1990) com ela. No 'Rust in Peace' eu usei apenas duas guitarras, essa e outra Jackson. Eu também usei-a para gravar o 'Countdown to Extinction'. Essa era a minha segunda guitarra para shows durante a maior parte da minha fase com o MEGADETH, então só no MEGADETH ela deve carregar cerca de 1000 shows nas costas. A guitarra tem sido mantida pelos melhores luthiers no mundo. Quando eu saí do MEGADETH, aposentei essa guitarra e ela esteve sendo conservada com controle de clima desde então. Estou ansioso pela nova história que você criará com essa bela guitarra."

JASON BECKER foi um prodígio da guitarra como parte do CACOPHONY, mas porém ele foi, após, diagnosticado com ALS — esclerose lateral amiotrófica — uma doença degenerativa e incapacitante, para a qual ainda não foi encontrada uma cura.

Friedman adicionou: "Chamar Jason de gênio é uma atenuação. Ele não atende à tendência, o público-alvo, truques de marketing, nem nada do tipo. Ele toca as emoções do seu coração e faz sua verdadeira música que é uma saudação ao espírito humano. Jason é um prodígio e em 'Perspectives' (álbum solo de Jason) ele realiza seu potencial miraculoso."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Cinco vezes onde a banda foi melhor que o Metallica

3111 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa527 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3538 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegadethMegadeth
Curioso com saracoteio de Axl, Dave louva Mötley Crüe

O tempo, ah o tempo!O tempo, ah o tempo!
Rockstars nos anos oitenta e hoje

LoudwireLoudwire
20 coisas que você não sabia sobre o Megadeth

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"0 acessosTodas as matérias sobre "Cacophony"

MegadethMegadeth
As 10 maiores tretas da história de Dave Mustaine

IntrigasIntrigas
Bandas em família que terminaram mal

SlayerSlayer
Kerry King comenta Grammy, Venom, Dimebag, e mais...

5000 acessosSolos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NME5000 acessosLed Zeppelin: "Stairway To Heaven" vale mais de US$500 milhões?5000 acessosSlipknot: Corey Taylor não tem a cara limpa por baixo da máscara5000 acessosMarky Ramone: inventando "ferramenta" contra smartphone em show5000 acessosKai Hansen: escolhendo as dez maiores bandas de metal da Alemanha5000 acessosRock/Metal: 7 nomes de bandas que você pronuncia errado, parte 2

Sobre Andras Ellendersen

Nascido em Curitiba-PR, é um grande fã de rock, metal, jazz e música clássica. Cresceu numa família de músicos eruditos, mas demonstra um maior interesse pelo metal, mais especificamente metal progressivo, death e folk metal. Seus artistas preferidos são Opeth, Persefone, Týr e Rush.

Mais matérias de Andras Ellendersen no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online