Dio Disciples: "Fazemos um tributo por bons motivos!"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Tozzi, Fonte: Classic Rock Revisited, Tradução
Enviar Correções  

Jeb Wright da Classic Rock Magazine conduziu recentemente uma entrevista com o baterista Simon Wright sobre o DIO DISCIPLES, o novo projeto que conta com os ex-membros da banda DIO Craig Goldy (guitarra), Scott Warren (teclados), o próprio Wright, juntamente com James Lomenzo (MEGADETH, BLACK LABEL SOCIETY, WHITE LION) e os vocalistas Tim "Ripper" Owens (YNGWIE MALMSTEEN, BEYOND FEAR, JUDAS PRIEST, ICED EARTH) e Toby Jepson (LITTLE ANGELS, GUN). Segue abaixo alguns trechos da conversa.

publicidade

Classic Rock Revisited: A esposa/empresária de Ronnie James Dio Wendy Dio tem feito ótimas coisas para manter o legado de Ronnie vivo. Porém, existem vários ignorantes na minha opinião, que dizem por aí coisas maldosas sobre ela ser uma aproveitadora. Agora você está numa situação onde as pessoas podem dizer o mesmo de você. Como você se sente quanto a isso?

Simon: (Rindo) Todo mundo tem sua opinião, e ela pode ser tanto ruim quanto boa. Eu estou tentando ser muito diplomático quanto a isso. Nós estamos realmente fazendo isso com o coração e se alguns desses detratores dessem pelo menos uma pequena chance, então eles poderiam gostar. Estamos fazendo isso por todas os motivos certos. Nós todos conhecíamos Ronnie, nós realmente o conhecíamos. Ele foi meu melhor amigo por muito tempo, sem desmerecer ninguem na banda. Eu não estou dizendo que eu era o super melhor amigo. Eu sei porque eu estou fazendo isso e eu sei porque o resto dos caras está fazendo isso. Nós estamos fazendo isso porque nós amávamos Ronnie. Ele escreveu alguns dos mais matadores épicos do heavy metal. Ele era nosso líder e ele era nosso chefe. Ele era um chefe legal. Nós estamos fazendo isso para honrá-lo, então se você gosta das músicas venha conferir, só isso.. Se alguém acha que isso não é uma boa idéia, então não vá aos shows. É simples assim.

publicidade

Classic Rock Revisited: Ronnie arrumou seus negócios antes de falecer para manter seu legado vivo. Você acha que Ronnie aprovaria essa banda?

Simon: Eu acredito que isso seria algo que ele aprovaria. Ele aprovou a gravadora e todas as coisas que Wendy está fazendo. Tudo que Wendy e ele conversaram saiu do papel. É realmente uma pena que ele não esteja vivo para ver. Ele queria a gravadora e ele trabalhou nisso antes de morrer. Eu queria que nós não tivéssemos que fazer esse projeto. Eu queria que nós não estivéssemos tendo essa conversa. Eu queria que estivéssemos conversando sobre um novo álbum do DIO, como você disse antes.

publicidade

Classic Rock Revisited: Existe alguma música do "Magica" que não foi lançada e eu escutei que existem algumas músicas guardadas. Seria o DIO DISCIPLES uma banda para tocar alguma das músicas não lançadas?

Simon: Houve um pouco de conversa sobre isso. Existem algumas músicas mas nós deixamos isso por conta de Wendy. Ela está no comando de tudo que tem a ver com Ronnie. Nós não temos certeza de quando exatamente, ou se isso realmente irá acontecer. Tem um monte de coisa rolando nessa banda. Pode haver algumas coisas que podemos fazer para Wendy e a fundação de câncer de Ronnie que provavelmente acontecerão. Foi discutido mas não é algo que estamos fazendo nesse ponto.

publicidade

Classic Rock Revisited: Deve ter sido difícil encontrar um vocalista para essa banda.

Simon: Nós discutimos isso e todos tínhamos idéias. Tinha diferentes vocalistas em que nós pensamos. Eu não quero mencionar nomes. Tim sempre foi um amigo de Ronnie e Wendy o empresaria. Tim foi mandado embora do PRIEST e eu acho que se comportou muito bem, mas teve a oportunidade de pedir conselhos a Ronnie nessa época. Ronnie conversou com ele e o ajudou. Tim encontrou Ronnie pela primeira vez em Cleveland quando a banda estava tocando com o MOTÖRHEAD. Eles tiveram uma ligação. O nome dele foi óbvio para se considerar.

publicidade

Classic Rock Revisited: Nós todos sabemos que ele soa como Rob Halford. Mas Halford não soa como Dio. Então ele tem que cantar de forma diferente?

Simon: Ele continua sendo Tim. Quando nos sentamos para montar a banda e decidimos que não queríamos um clone de Ronnie pois isso faria parecer com que estivéssemos apenas tentando ser uma banda cover ou banda tributo... Nós não somos uma banda tributo pois fomos membros da banda por bastante tempo. Tim dá às musicas o que elas precisam, não apenas tentando soar como ele. Ele tem bastante força e alcance e ele soa muito bem. Ele não está tentando emular Ronnie. O outro cantor, Toby, também está soando bem. Eles realmente trabalham bem juntos.

publicidade

Leia a entrevista completa na Classic Rock Magazine.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo HorizonteIron Maiden
Fã em cadeira de rodas emociona Bruce em Belo Horizonte

Metal Hammer: dez capas que provocam ânsia de vômitoMetal Hammer
Dez capas que provocam ânsia de vômito


Sobre Mateus Tozzi

Mateus Tozzi nasceu em 1988 em Sorocaba-SP e vive até hoje nessa cidade do interior paulista. Começou a se interessar por Heavy Metal em 2001 assistindo a apresentação do Iron Maiden no Rock In Rio III, e desde então, leva consigo uma enorme paixão pela música pesada. Suas bandas preferidas São Dio, Iron Maiden, Judas Priest, Sepultura, Slayer e Deep Purple. Atualmente faz o curso de Processamento de Dados e pratica guitarra.

Mais matérias de Mateus Tozzi no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin