Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemO clássico do Rock Brasileiro com erro gramatical que foi parar em curso pré-vestibular

imagemMetallica: e se "Lux Aeterna" estivesse no "... And Justice For All"?

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemO álbum clássico do Rush que Rafael Bittencourt não gostava nada

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemKirk Hammett sobre o Metallica: "Masculinidade tóxica alimentou essa banda"


Stamp
Summer Breeze

Chimaira: guitarrista comenta mudanças na formação e álbum

Por Kako Sales
Fonte: Blabbermouth.Net
Postado em 08 de agosto de 2011

Josh Hard, da revista Guitar World, recentemente conduziu uma entrevista com o guitarrista Rob Arnold, do Chimaira. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Guitar World: Então vocês passaram por grandes mudanças na banda desde o lançamento do álbum "The Infection", em 2009. Vocês perderam três membros...

Rob Arnold: É... No fim do ano passado, nosso baixista de longa data, Jim LaMarca, decidiu que era hora de jogar a toalha, se aposentar e fazer algo mais familiar, em casa. Ele também é barbeiro – ele cortou nossos cabelos durante as turnês por anos. A família dele tem um negócio no ramo e tal, e ele decidiu que isso era o que ele queria fazer. E ái, nosso baterista Andy (Herrick) e nosso tecladista Chris (Spicuzza), no início desse ano, também tomaram a decisão de que não queriam seguir em frente e gravar o álbum. E foi isso. Você sabe que esse tipo de coisa acontece. Estivemos juntos por muito tempo e mudanças acontecem na vida das pessoas. Os caras chegam e têm que decidir se eles realmente querem continuar pelo longo caminho ou fazer mudanças em suas vidas, e mudanças em suas vidas foram o que aqueles caras decidiram fazer.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

GW: Você acha que os fãs poderão dizer que essas mudanças influenciaram a banda e o novo álbum ("The Age of Hell") de alguma forma?

RA: Bem, eu acho que, inicialmente, a reação dos fãs definitivamente foi: "Caralho, não acredito que isso tá acontecendo." Mas podemos garantir aos fãs que as coisas não mudaram tanto. Eu acho que a chegada de novos membros na banda trazem uma nova energia e revigoram a banda, e é com isso que estamos contando. Então pegamos Emil Werstler e Sean Zatorky, do Daath, e Austin D’Amond, do Bleed the Sky – que também faz parte de meu projeto paralelo The Elite. Eu conheço o Austin já há algum tempo e sabia que ele era um grande baterista. Então trouxemos esses caras e foi assim, eles ficaram totalmente animados, felizes por estarem tocando, embalados com a música. Fizemos uma pequena turnê em Ohio e foi demais. Os fãs parecem ter reagido muito bem a tudo isso. Estamos super entrosados e seguindo em frente.

publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |

GW: Esses caras contribuiram muito no processo de composição do novo álbum, ou já estava tudo em seus devidos lugares?

RA: Não. Na verdade, já tínhamos terminado de compor o álbum antes que essa turnê acontecesse. Basicamente, Mark (Hunter, vocais) e eu compusemos o álbum, junto com Ben Schigel – nosso produtor de longa data – que gravou a bateria do álbum. Ele tocou bateria para nós por alguns anos, apenas por diversão, e Mark fez parte de uma banda com ele antes do Chimaira e sabíamos que ele faria isso por nós. Queriamos gravar o álbum e só então incorporar os novos membros. Ao invés de apenas fazer uma experiências com os novos membros, queríamos manter o núcleo de composição entre Mark e eu inteiro para o álbum e então ver o que aconteceria depois.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

GW: Há alguma mensagem que você gostaria de enviar aos fãs sobre o que eles devem esperar para este álbum?

RA: Muito entusiasmo. Mais dinâmica do que você jamais ouviu em um álbum do Chimaira. Uma nova energia. Acho que para Mark, especificamente, há uma nova liberdade em seus vocais que vocês nunca ouviram antes. Um sopro de ar ou um suspiro de alívio. Um monte de riffs legais, ótima sonoridade das guitarras, linhas de bateria incríveis – uma bateria muito técnica, com um monte de viradas criativas. Acho que, no geral, um monte de gente vai ficar realmente feliz e suspresa. É diferente de qualquer outro álbum que já fizemos no passado, queé álbum do qual estamos muito orgulhosos, que cada álbum é diferente do anterior. Mas você pode com certeza afirmar que é Chimaira.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Leia a entervista na íntegra (em inglês) na revista Guitar World:
http://www.guitarworld.com/interview-chimaira-guitarist-rob-arnold-talks-about-age-hell

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Jovens, mas nem tanto: 10 discos de heavy metal que completarão 20 anos em 2023

Vocalista do Chimaira diz que New Wave Of American Heavy Metal foi truque de marketing

As 15 melhores músicas da New Wave Of American Heavy Metal, em lista do Metal Sucks

Mark Hunter comenta câncer, fim do Chimaira e se veremos um retorno da banda

O dia em que Clown, do Slipknot, armado com um bastão, assustou o vocal do Chimaira

O dia em que Clown, do Slipknot, armado com um bastão, assustou o vocal do Chimaira

As 15 melhores músicas da New Wave Of American Heavy Metal, em lista do Metal Sucks

2003: grandes álbuns de heavy metal lançados em um ano repleto de grandes lançamentos

Legião Urbana: a versão de Renato Rocha sobre a sua saída

Megadeth: Mustaine fala sobre satanistas, gays e gatos


Sobre Kako Sales

Mineiro de Januária, baterista autodidata, cresceu em ambiente familiar ligado à música popular e erudita. Seu pai chegou a fazer pequenas turnês com bandas da Jovem Guarda como tecladista no fim da década de 70. Aos 10 anos, iniciou os estudos de teoria musical e piano clássico. Teve o primeiro contato com o mundo do metal ao escutar o CD Angels Cry do Angra, aos 15 anos. Desde então tem se dedicado a conhecer, colecionar e difundir o melhor do metal brasileiro e mundial. Graduado em Letras/Inglês, principalmente por influência da língua-mãe do rock, tem como principais ícones do metal as bandas Angra, Symphony X, Dream Theater e Opeth.

Mais matérias de Kako Sales.