Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemO dia que Cazuza pagou justo esporro para Sandra de Sá ao ver atitude da cantora em festa

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemMotörhead lança a música inédita "Bullet In Your Brain"; ouça aqui

imagemO clássico do Rock Brasileiro com erro gramatical que foi parar em curso pré-vestibular

imagemMetallica: e se "Lux Aeterna" estivesse no "... And Justice For All"?

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemTim Ripper Owens diz que nunca voltaria ao Iced Earth

imagemTitãs e o integrante que era visto como um líder mas saiu por estar em outra

imagemCharlie Benante não sabia de tour do Metallica com o Pantera

imagemO álbum clássico do Rush que Rafael Bittencourt não gostava nada

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemBandas de rock que lançaram poucos discos, mas continuam fazendo muito sucesso

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemKirk Hammett sobre o Metallica: "Masculinidade tóxica alimentou essa banda"


Samael Hypocrisy
Stamp

Turnês: 94% dos que mais lucram têm mais de 40 anos

Por Nacho Belgrande
Fonte: site do LoKaos Rock Show
Postado em 04 de agosto de 2011

As maiores e mais lucrativas turnês são frequentemente de artistas veteranos. Mas até bandas como o U2 e o COLDPLAY estão com cabelos brancos, o que levanta a questão: há alguém abaixo de 40 anos de idade fazendo dinheiro na estrada? Ou mesmo abaixo de 30?

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

A (empresa de consultoria) Deloitte basicamente analisou cada artista dentre os que fizeram as turnês mais badaladas esse ano, e determinou a idade do vocalista principal. O resultado foi o gráfico anexo, que mostra que ZERO ARTISTAS ABAIXO DOS 30 ANOS estão entre os pesos-pesados do ramo. Ao invés disso, os artistas mais jovens estão provavelmente fazendo seu maior impacto em casas noturnas menores ou em festivais, uma categoria que cresce muito e que poderia representar um sério revés no futuro da indústria da música ao vivo.

O cálculo foi compartilhado com o público pela PRS for Music, um grupo que vem registrando a queda em performances ao vivo no Reino Unido. "A pergunta é a seguinte," postou o PRS em seu relatório completo. "Contra a queda nas vendas de discos, quem vai investir tempo, dinheiro e expertise para desenvolver as bandas de arena, festival e de estádios do futuro?"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

E como isso ficará dentro de 5, 10 ou 15 anos no futuro?

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Summer Breeze


publicidadeAdemir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | André Silva Eleutério | Bruno Franca Passamani | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Euber Fagherazzi | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Henrique Haag Ribacki | José Patrick de Souza | Julian H. D. Rodrigues | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Sergio Luis Anaga | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva |
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp
Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Queen - Perguntas e Respostas

The Voice: candidato faz power metal cantado em português


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.