Matérias Mais Lidas

imagemO clássico da Legião inspirado em novela da TV Globo e acusado de plagiar The Doors

imagemO clássico dos Paralamas que Gilberto Gil escreveu a letra e ditou pelo telefone

imagem"Não existe esta coisa de New Wave of British Heavy Metal", diz Paul Di'Anno

imagemComo o clássico "Angel Dust" fez o guitarrista Jim Martin sair do Faith No More

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1988 é um ano inesquecível

imagemRock in Rio 1991, Maracanã lotado, e o Guns N' Roses ameaçou não subir ao palco...

imagemO álbum do Kiss que infelizmente é ignorado pela banda, segundo Andreas Kisser

imagemTúnel do Tempo: 25 músicas que mostram por que 1991 é um ano tão celebrado

imagemPor motivo de saúde, Tracii Guns faz show inteiro do L.A.Guns dentro do banheiro

imagemSupla explica por que fala sempre misturando português com inglês

imagemMarky Ramone sobre o CBGB: "Era como um lixão, mas era o nosso lixão"

imagemTico relembra trauma que o fez entrar na Fazenda e briga bizarra com Sérgio Mallandro

imagemA opinião sincera de Lemmy Kilmister sobre os Beatles e os Rolling Stones

imagemEdu Falaschi e as versões de "Bleeding Heart" que "dá uma tristezinha" de ouvir

imagemVídeo mostra o Guns N' Roses novamente tocando "Back in Black" do AC/DC


Stamp

Soulfly: "material novo pesado pra caralho", diz batera

Por Nathália Plá
Fonte: Blabbermouth.net
Em 18/09/11

David Kinkade (BORKNAGAR, ARSIS, MALEVOLENT CREATION) finalizou as faixas de bateria para o novo álbum do SOULFLY com lançamento previsto para o início de 2012 via Roadrunner Records. A sequencia ao "Omen" de 2010 está atualmente sendo gravado em um estúdio em Phoenix, Arizona com o produtor Chris "Zeuss" Harris, que já trabalhou com CHIMAIRA, HATEBREED, ALL THAT REMAINS, THE ACACIA STRAIN, BORN OF OSIRIS e SHADOWS FALL, entre outros.

Kinkade descreve o novo material da banda como "de arrasar, rápido, explosivo, tribal e cheio de fúria... o disco está com um som INSANO. Thrash pra caralho... totalmente no estilo (referindo-se ao clássico álbum do SEPULTURA de 1991) mas como se tivesse fumado crack ou tomado speed."

Kinkade entrou para o SOULFLY há poucas semanas atrás após a saída de Joe Nunez no início do ano. Kinkade disse "O Max (Cavalera, frontman do SOULFLY/ex-SEPULTURA) e eu nos damos muito bem, e meus novos colegas de banda são ótimos".

O filho de Max Cavalera Zyon tocou bateria na apresentação da banda em 31 de julho no festival Lokerse em Lokeren, Bélgica. O show também marcou a estréia do novo baixista Tony Campos (STATIC-X, PRONG, ASESINO, MINISTRY, POSSESSED), que substituiu Bobby Burns.

Zyon teve várias participações especiais com a outra banda de Max CAVALERA CONSPIRACY, na recente turnê européia da banda, tocando "Attitude/Cockroaches" nos festivais Sonisphere, With Full Force, e Hellfest, além de outros. De acordo com a esposa e produtora de Max (e mãe de Zyon) Gloria Cavalera, Zyon aprendeu a tocar bateria "ficando próximo a alguns dos bateristas de metal mais talentosos de todos os tempos, incluindo seu tio, Igor Cavalera, Bill Ward e Roy Mayorga, além de outros". Essa foi somente uma participação como convidado especial, uma fez que a banda principal de Zyon é a MOLD BREAKER, que ele formou com seu irmão mais novo Igor.

O baixista Johny Chow, que tocou com Max Cavalera e Marc Rizzo (guitarra) no CAVALERA CONSPIRACY e é membro do FIREBALL MINISTRY, ofertou seus préstimos ao SOULFLY para as atividades recentes da banda em turnês.

"Omen" vendeu 6.000 cópias nos Estados Unidos em sua primeira semana de lançamento estreando na posição de n. 73 na tabela The Billboard 200.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

In-Edit
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp




Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá.