Mike Portnoy: "nunca diga nunca", diz sobre reunião com DT

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nathália Plá, Fonte: Blabbermouth.net, Tradução
Enviar Correções  

Andy Laudano da JAM Magazine entrevistou recentemente o baterista Mike Portnoy (DREAM THEATER, AVENGED SEVENFOLD), que falou sobre o ADRENALINE MOB, nova banda de Mike com Russell Allen frontman do SYMPHONY X, o virtuoso da guitarra Mike Orlando (SONIC STOMP), o baixista Paul DiLeo e o guitarrista do STUCK MOJO/FOZZY Rich Ward. Seguem alguns trechos da conversa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre o fato de que o ADRENALINE MOB não soa nada parecido com um DREAM THEATER com o vocalista do SYMPHONY X:

"É essa a idéia. As pessoas precisam entender antes de ouvirem nosso CD ou virem a um show nosso que se estão esperando algo na veia do DREAM THEATER ou SYMPHONY X eles estão querendo tomar um choque porque isso é uma coisa totalmente diferente. O Russ e eu fizemos progressive metal desde sempre e nós dois queríamos fazer algo diferente. Mesmo quando eu estava fazendo o TRANSATLANTIC, O.S.I. ou LIQUID TENSION EXPERIMENT, todos esse projetos tinham elementos prog neles. O ADRENALINE MOB é metal puro, sem frescura. Se você curte PANTERA, STONE SOUR e BLACK LABEL SOCIETY acho que você vai curtir tanto quanto eu. Sim, eu sou um cara do prog e passei 25 anos numa banda prog mas eu também adoro SLAYER, MEGADETH, IRON MAIDEN e METALLICA."

"Fãs que entram nessa sem nenhuma idéia pré concebida sobre como deve ser o som devem gostar, especialmente após verem o show ao vivo. Qualquer um que não tinha certeza de ir sai do show totalmente convencido de que isso é pra valer. Quando você vem ver o show ao vivo é literalmente um circo pegando fogo. Pela primeira vez na minha carreira estou cercado por caras que estão alçando vôo com energia. Se bobear eu sou o mais fora de ritmo e é a primeira vez que isso acontece com qualquer banda em que já estive. É por isso que o nome se ajusta tão bem. A adrenalina nessa banda está acima dos limites."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre a recente turnê do ADRENALINE MOB com o GODSMACK:

"Íamos esperar até o álbum sair e sair em turnê no ano que vem. Mas então recebemos a oferta do GODSMACK e nas imortais palavras do Poderoso Chefão 'Foi uma oferta que não pudemos recusar'. Musicalmente é uma ótima dupla. Nossa música é enraizada em riffs e grooves e é isso o que o GODSMACK faz. Quando estive no AVENGED SEVENFOLD, fizemos a turnê (Rockstar Energy) Uproar com o STONE SOUR, DISTURBED e HELLYEAH. Depois que saí sabia que queria fazer algo nessa veia e partir para essa audiência."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre se há alguma esperança de uma conciliação com o DREAM THEATER:

"Eu nunca digo nunca. Eles seguiram em frente e eu segui em frente. O Mike Mangini (novo baterista do DREAM THEATER) é um baterista incrível. Mas se a oportunidade se apresentasse daqui a alguns anos e eu estivesse disponível, eu definitivamente ia pensar no caso. Aquela banda foi meu coração e minha alma por 25 anos. Tem história demais ali para ignorar."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Leia a entrevista na íntegra (em inglês) na JAM Magazine




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sílvio Santos: The Number Of The Beast em ritmo de festaSílvio Santos
"The Number Of The Beast" em ritmo de festa

Joey Ramone: em 1989 falando de Metallica, AC/DC e GN'RJoey Ramone
Em 1989 falando de Metallica, AC/DC e GN'R


Sobre Nathália Plá

Mineira de Belo Horizonte, nasceu e cresceu ouvindo Rock por causa de seu pai. O som de Pink Floyd e Yes marcou sua infância tanto quanto a boneca Barbie, mas de uma forma tão intensa que hoje escutar essas bandas lhe causa arrepios. Ao longo dos anos foi se adaptando às incisivas influências e acabou adquirindo gosto próprio, criando afinidade pelo Hard Rock e Heavy Metal. Louca e incondicionalmente apaixonada por Bon Jovi, não está nem aí pras críticas insistentes dirigidas à banda. Deixando a emoção de lado e dando ouvidos à técnica e qualidade musical, tem por melhores bandas, nessa ordem, BlackSabbath, Led Zeppelin, Deep Purple, Metallica e Dream Theater. De resto, é apenas mais uma apreciadora do bom e velho Rock'n'roll.

Mais matérias de Nathália Plá no Whiplash.Net.

Goo336 Goo728 Cli336 Goo336 Goo336