Regis Tadeu: comentando a agenda de shows de setembro

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Débora Reoly, Fonte: Yahoo!
Enviar Correções  

Todo mês, o colunista do Yahoo! REGIS TADEU comenta a agenda de shows do mês. Ácido como sempre, o crítico músical dá a dica das apresentações que você não pode perder e os shows que você não deve passar nem perto.

Abaixo selecionei comentários de alguns shows (que se encaixam no gênero do Whiplash!)

publicidade

WHITSNAKE/JUDAS PRIEST
10 - Arena Anhembi - São Paulo
11 - Citibank Hall - Rio de Janeiro
13 - Chevrolet Hall - Belo Horizonte
Veja os comentários sobre esse show no vídeo.

X JAPAN
11 - HSBC Brasil - São Paulo
Que o Japão nunca foi um país que deu ao mundo algo que preste em termos de rock, isto é evidente. Que país sempre foi pródigo em criar clones de bandas ocidentais, não há a menor dúvida. Mas isto aqui é o fim da picada. Pegue os piores clichês de power metal, as piores baladas que você possa imaginar, o visual mais ridículo possível e coloque em músicos que parecem ter saído do desenho japonês mais brega, com um cantor cuja voz lembra um samurai tendo alucinações dentro da cela acolchoada de um hospício. Isto tudo certamente estará perante uma platéia de jovens lunáticos, que ficam o dia inteiro trancados dentro do quarto lendo mangás. Pronto: aí está o show do X Japan. Faça um favor a si mesmo: fique em casa.

publicidade

SUM 41
8 - Curitiba Master Hall - Curitiba
9 - Fundição Progresso - Rio de Janeiro
10 - Espaço Anchieta - São Paulo
O Green Day é uma ótima banda, mas também foi o responsável por inspirar, mesmo inconscientemente, um monte de grupelhos medíocres, que não conseguem compor uma única canção digna de nota e que regurgitam todos os riffs de seus "inspiradores", tudo entremeados com os vocais mais desafinados da história do pop/punk. O Sun 41 é um dos grupos mais inacreditáveis em cima do palco — e não estou escrevendo isto como um elogio...

publicidade

BLIND GUARDIAN
9 - Via Funchal - São Paulo
Dentro de todas as vertentes do heavy metal, poucos grupos fazem canções tão insuportáveis quanto estes alemães "gente fina" — a simpatia dos caras é inversamente proporcional ao som. As letras fantasiosas e bobocas fazem parceria perfeita com a parte instrumental, que mistura em iguais doses música erudita de araque, folk de plástico e um power metal mais chato que assistir a uma partida de dominó. Lógico que os shows estarão lotados, haja vista a quantidade de gente que pensa que é "guerreiro metal de RPG". Mas se você tem alguns neurônios a mais, vai cair fora desta presepada...

publicidade

MATANZA
10 - República Music Bar - Campro Grande/ MS
Muita gente acha um absurdo, mas... Sim, o Matanza é uma banda legal e que faz um show melhor ainda. Ao vivo, os caras mandam muito bem e as canções fazem muito mais sentido do que aquilo que você ouve no CD. È claro que você precisa entrar na vibe "Johnny Cash metal caminhoneiro cafajeste" para curtir e divertir com as canções escrachadas, mas mesmo quem não chegado a este tipo de "podreira" pode curtir a apresentação...

publicidade

CAPITAL INICIAL
16 - Arena Maceió - Maceió
Podem acusar a banda de qualquer coisa, menos de ser incompetente em cima do palco e de fraquejar na hora de propiciar um show animado. Por ser o único grupo remanescente da cena roqueira brasileira dos anos 80 que conseguiu reciclar o seu público, o quarteto certamente vai exibir um desfile de hits para todo mundo cantar junto e se esbaldar. Isso, claro, para quem tem idade mental inferior a dezessete anos...

publicidade

RED HOT CHILI PEPPERS
21- Arena Anhembi - São Paulo/SP
Vale a pena acreditar que a banda finalmente se livrou do tremendo baixo astral do ex-guitarrista John Frusciante e que agora vai voltar a fazer bons shows? Vale. Os caras estarão aqui promovendo um novo disco — o razoável I'm With You — e trarão novas energias por conta da entrada de um novo e jovem guitarrista, Josh Klinghoffer. Sem contar que é sempre um prazer presenciar o espantoso entrosamento entre o baixista Flea e o batera Chad Smith. E torça para que o vocalista Anthony Kieds esteja de bom humor...

publicidade

BIG GILSON E MOTOCIRCUS
21 - SESC Bauru - Bauru (SP)
Esta é uma boa ocasião para se assistir a um dos mais talentosos guitarristas da música brasileira. Fundador de um dos grupos de blues/rock mais legais do País — o finado Big Allanbik -, este carioca domina completamente a linguagem do estilo e ainda traz de quebra excelentes composições. Vai tocar ao lado da banda Motocircus, que eu sinceramente não conheço, mas sabendo da excelência de Gilson, duvido que seja uma banda incompetente.

KE$HA
28 - Via Funchal - São Paulo
Veja os comentários sobre esse show no vídeo.

publicidade


WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin