Megadeth: baterista comenta regravações no "Th1rt3en"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por José Antonio Alves, Fonte: Blabbermouth.Net, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/10/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Peter Hodgson, do site australiano Tone Deaf, conduziu recentemente uma entrevista com o baterista Shawn Drover, do MEGADETH. Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

8 acessosMegadeth: Dave Mustaine conta qual o seu riff favorito5000 acessosRolling Stone: As 500 melhores músicas segundo a revista

Tone Deaf: Para mim, ("TH1RT3EN") soa quase como um álbum que o MEGADETH poderia ter feito depois de "Countdown To Extinction" no início dos anos 90, indo em uma direção diferente da usada em "Youthanasia".

Drover: "Eu recebi um monte de comentários diferentes sobre o que as pessoas percebem que este álbum parece. Alguns pensam que é um registro de sonoridade moderna, outros que é um registro de sonoridade antiga. Mas nós só tentamos fazer as melhores canções que podemos, e finalmente os fãs criam essa percepção, onde eles vêem tudo se ajustando. Para mim, soam apenas como músicas novas"

Tone Deaf: Existem várias músicas em "TH1RT3EN" - "Black Swan", "Millennium Of The Blind", "New World Order" - que já existiam como demos ou faixas bônus. Como você aborda isso?

Drover: Dave (Mustaine) surgiu com a idéia de possivelmente regravarmos "Millennium Of The Blind" e "New World Order", porque elas só foram gravadas como demos, e então foram incluídos no relançamento de "Youthanasia", creio eu. Amo essas duas músicas, especialmente "New World Order". Há algo sobre essa canção que eu simplesmente amo. Então, quando Dave inicialmente trouxe a idéia, eu era o cara que realmente foi com tudo nessas duas músicas, pensei que elas caberiam neste disco. Mesmo que registradas 20 anos atrás, iriam casar muito bem com o que estavávamos criando na época. Nós certamente as desenterramos e esperamos que os fãs também o façam. E para mim foi muito divertido regravar estas músicas. Foi muito bom!

Tone Deaf: Para ser honesto, quando vi a lista de músicas e reconheci essas, meu primeiro pensamento foi: "Oh cara... Sério?" E no fundo da minha mente eu estava um pouco cínico sobre se elas se encaixaríam, mas o fizeram totalmente.

Drover: Elas se encaixam, cara, realmente. E o mesmo para "Black Swan". Nós originalmente a lançamos para o fã clube.

Tone Deaf: "United Abominations".

Drover: "United Abominations", sim. E, para mim, essa canção nunca foi realmente concluída. Agora eu acho que é uma música muito melhor, e ela se liga com o álbum. Para mim, essa música era um negócio inacabado. Eu gostei da música, mas eu sabia que poderia torná-la melhor, e novamente a fizemos melhor. Então, em última análise, acho que fizemos uma coisa realmente boa com isso."

Entrevista completa (em inglês) em:

http://www.tonedeaf.com.au/features/interviews/100020/megade...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 30 de outubro de 2011

MegadethMegadeth
Dave Mustaine conta qual o seu riff favorito

3121 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa533 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

Glen DroverGlen Drover
Tocar no Megadeth era algo tedioso

Dave MustaineDave Mustaine
Broderick e Drover nem se despediram de mim

Nomes científicosNomes científicos
Nova espécie em tributo ao Dio e outras homenagens

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

Rolling StoneRolling Stone
As 500 melhores músicas segundo a revista

Câncer na línguaCâncer na língua
Outros cinco músicos que sofreram deste mal

Mr CatraMr Catra
Uma lista das suas maiores influências no rock

5000 acessosBruce Dickinson: sua coleção de clássicos do Metallica5000 acessosGene Simmons: sexo com vocalista do Linkin Park na cadeia?5000 acessosThe Voice Kids: garotinha canta Led Zeppelin e conquista todos4542 acessosIncrível: exército de mil fãs toca Nirvana, Bowie e White Stripes5000 acessosA História do Burzum5000 acessosElvis Presley: as capas "cover" do primeiro álbum

Sobre José Antonio Alves

Aventureiro, mochileiro, amante da cultura latina e claro, fã de um dos estilos mais fascinantes deste universo musical: o Heavy Metal!

Mais matérias de José Antonio Alves no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online