Max Cavalera: autobiografia com introdução por Dave Grohl

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Victor Barros, Fonte: Falando De Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/11/11. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


Max Cavalera (SOULFLY, CAVALERA CONSPIRACY, SEPULTURA)está trabalhando em sua autobiografia com lançamento previsto para 2012. O livro está sendo escrito pelo autor britânico Joel McIver, o qual já escreveu 20 livros acerca de rock, entre suas obras podemos destacar "Justice for All: The Truth About Metallica", "Crazy Train: The High Life And Tragic Death Of Randy Rhoads", "Glenn Hughes: The Autobiography", "To Live Is To Die: The Life And Death Of Metallica's Cliff Burton", "Overkill: The Untold Story Of Motörhead", "The Bloody Reign Of Slayer" and "Unleashed: The Story Of Tool".
2305 acessosMax, Igor e Sepultura: vídeo compara performances ao vivo5000 acessosKirk Hammett: "Mustaine toca rápido e eu, melódico"

Além disso a introdução do livro será escrita por Dave Grohl (FOO FIGHTERS, ex-NIRVANA), que ficou "realmente emocionado" em fazer isso, Max falou em uma entrevista concedida em 3 de November de 2011 ao "Metal Zone" apresentado por Nikki Blakk da Radio de São Francisco. Max disse: "Dave sempre foi um grande cara... Ele costumava assistir o SEPULTURA tocar em Seattle toda vez que tocávamos; mesmo depois do NIRVANA se tornar gigante, ele ainda vinha nos ver tocando em pequenos clubes." Entre os colegas músicos que estão sendo entrevistados para a autobiografia de Max estão Ozzy Osbourne e Chino Moreno do DEFTONES.

Quando perguntado sobre os persistentes rumores de uma reunião da formação clássica do SEPULTURA, Max disse, "Eu gostaria de fazer isso, e «de certa forma» estou tentando convencer Igor «baterista original do Sepultura e irmão de Max» em fazer isso, «mas» Igor meio que me colocou de lado e falou, 'A reunião que eu queria fazer foi com você, e nós já estamos fazendo isto do jeito certo «no CAVALERA CONSPIRACY», então estou satisfeito com isso. Por que você não pode se contentar com isto, também?' E eu disse do número de fãs que gostariam de ver a reunião da formação original do Sepultura. A reunião poderia ser uma coisa legal. Então, é isso, isto não está nas minhas mãos. Ele não quer fazer isso, então eu não irei aborrecê-lo; ele não se sente confortável com tal situação. Eu não sei o que os demais pensam «referindo-se a Andreas Kisser e Paulo Xisto Pinto Jr., respectivamente guitarrista e baixista do Sepultura» ; Eu não acompanho o que eles vem fazendo, eu não tenho ideia do que está acontecendo coma formação atual. Então me mantenho ocupado com meu material, e e estou tendo bastante trabalho — com o CAVALERA e SOULFLY e com todas estas outras coisas acontecendo. Só temos que esperar e ver. Talvez isto aconteça. Se acontecer, tenho certeza que será pelas razões certas. Mas é isto que ninguém sabe. Até o momento, não passa de um completo 'talvez' — apenas um grande 'talvez.'"

Tradução: Renato Sousa (Equipe FalandoDeRock.com)

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Max, Igor e SepulturaMax, Igor e Sepultura
Vídeo compara performances ao vivo

2525 acessosSepultura: Jean Dolabella comenta sobre documentário da banda0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Sepultura"

SepulturaSepultura
Os álbuns da banda, do pior para o melhor

Igor Cavalera sobre SepulturaIgor Cavalera sobre Sepultura
"Não gosto de falar de gente morta"

SepulturaSepultura
O que aconteceria se Max não tivesse saído em 1996?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Sepultura"0 acessosTodas as matérias sobre "Soulfly"0 acessosTodas as matérias sobre "Cavalera Conspiracy"0 acessosTodas as matérias sobre "Foo Fighters"

MetallicaMetallica
Kirk Hammet fala sobre Dave Mustaine e solos

AngraAngra
Banda errou na escolha de Fabio Lione?

ShamanShaman
Fernando Quesada desabafa sobre cena brasileira

5000 acessosHeadbangers: o preconceito mostrado em vídeo bem-humorado5000 acessosSlipknot: 12 histórias que retratam o quão insana a banda é5000 acessosCretin: transexual rompe barreiras no metal extremo4976 acessosArch Enemy: Jeff Hanneman nunca será esquecido, diz Gossow5000 acessosDave Mustaine: estou ficando melhor na guitarra graças a Kiko4572 acessosIron Maiden: vídeo dos bastidores da remasterização dos 15 álbuns

Sobre Victor Barros

Cearense, 16 anos, ator, ex-músico (por falta de talento), roqueiro de berço, influenciado pela mãe a ouvir o Hard Rock do Bon Jovi e Guns N' Roses. É diretor da Cia de Teatro de sua cidade. Fundou o V. B. Communities e o atual Falando D Rock.

Mais matérias de Victor Barros no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online