Velvet Revolver: Jimmy Gnecco pode ser o novo vocalista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Samuel Coutinho, Fonte: blabbermouth.net, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Matt Shea do The Vine da Austrália conduziu uma entrevista com o baterista Matt Sorum (ex-GUNS N'ROSES, VELVET REVOLVER, THE CULT). Alguns trechos da conversa seguem abaixo.

Scott Weiland: documentário sendo produzido para o fim de 2019Lars Ulrich: "Eu era o maior fã do Iron Maiden"

The Vine: No Velvet Revolver, é a primeira vez que você está na frente de uma banda. Não apenas no palco, é claro, mas em termos de assumir o papel de liderança nos assuntos do grupo. Foi algo natural para você?

Sorum: Não. Essa banda em particular, foi baseada na morte de um amigo. Um amigo meu faleceu. Eu queria fazer um show em tributo. Mas não consegui, porque Ozzy não estava disponível, este falecido amigo era um baterista (que tocou com Ozzy Osbourne em meados dos anos 1980 a 1990), seu nome era Randy Castillo, então chamei Slash e Duff e perguntei se eles poderiam tocar. Nós nos reunimos, Steven Tyler veio, Josh Todd do BUCKCHERRY cantou. E até os caras do CYPRESS HILL. O público adorou, e no dia seguinte, Slash e Duff vieram a mim e disseram, "Ok, vamos fazer alguma coisa". Esse foi o começo do Velvet Revolver. Em seguida, passamos dois anos construindo este projeto. Eu era realmente o líder da banda. Slash e Duff sempre me ouviram, mesmo que eu nunca tenha feito isso no passado com o Guns. Eu sempre fui aquele cara por trás dos bastidores. Quando veio o Velvet Revolver, eu senti que precisávamos fazer um álbum de rock'n'roll. Eu estava ajudando o produtor nas seleções, na mixagem, e etc. Acho que foi um pouco paranóico de certo modo. Eu não queria estragar tudo.

The Vine: Alguma notícia sobre um novo álbum do Velvet Revolver? ou sobre o novo vocalista da banda?

Sorum: Sim, eles estão em casa testando um cara agora. Estão em uma sala de olho em um vocalista chamado Jimmy Gnecco (do OURS). Então vamos ver no que vai dar, mas nós temos outras idéias. Parece que Slash vai fazer outro álbum, mas eu não tenho certeza sobre sua turnê e outras coisas ainda. Então vamos ver como acontece. Mas todos nós estamos abertos e interessados ​​em tentar fazer algo juntos.

The Vine: Sobre o Guns N' Roses, quantas vezes as pessoas te perguntam se a banda vai voltar?

Sorum: Eu simplesmente não tenho uma resposta. É o seguinte: Eu não sou o cara certo pra responder isso. Eu gostaria de saber, eu seria a última pessoa a saber. Você saberia sobre isso antes de mim. Até minha avó me chamaria para me avisar (risos). Eu seria um cara rico, se toda vez que eu respondesse essa pergunta eu ganhasse um dólar. Eu seria um cara bem rico.

The Vine: Você anda fazendo muitas coisas ultimamente - DIAMOND BABY, DARLING STILETTOS, o seu trabalho como produtor - você ainda teria tempo para uma reunião?

Sorum: Não, sabe porque? Eu adoro criar música. Quando saí do GN'R, eu pensei que eu estava começando a perder a minha alma. Por que eu entrei neste negócio? Porque eu amo música, e eu quero fazer mais músicas. Eu não quero apenas ficar sentado e preso em dramas. Se eu me sentir desconfortável ou não muito bem espiritualmente, o que importa? "Vamos fazer música, cara". Eu me importo muito com os fãs. E a única coisa que eu aprendi na minha vida é que várias pessoas se sentem felizes com isso. Então, se essa é a única razão para fazer isso, eu acho que é um grande motivo. Se todo mundo pudesse colocar todas as suas diferenças de lado. Mas se isso nunca acontecer, eu não tenho certeza. Eu estou bem de qualquer forma.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Velvet Revolver"


Scott Weiland: documentário sendo produzido para o fim de 2019

Slash: guitarrista escolhe os seus riffs preferidosSlash
Guitarrista escolhe os seus riffs preferidos

Guns N' Roses: o timbre de Slash ao vivoGuns N' Roses
O timbre de Slash ao vivo

GNR: ideia de tocar Slither, do Velvet Revolver, foi de Axl RoseGNR
Ideia de tocar "Slither", do Velvet Revolver, foi de Axl Rose


Lars Ulrich: Eu era o maior fã do Iron MaidenLars Ulrich
"Eu era o maior fã do Iron Maiden"

Antes da fama: Atores que apareceram em clipes clássicosAntes da fama
Atores que apareceram em clipes clássicos

Iron Maiden: as dez melhores músicas, segundo a LoudwireIron Maiden
As dez melhores músicas, segundo a Loudwire

Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou ReedMetallica
Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed

Creed: nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling StoneCreed
Nomeada pior banda dos anos 1990 pela Rolling Stone

Som de Peso: o primeiro grande show de rock no BrasilSom de Peso
O primeiro grande show de rock no Brasil

Marilyn Manson: de bigode e vestido em capa de revistaMarilyn Manson
De bigode e vestido em capa de revista


Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336