Grave Digger: show em São Paulo começa antes do horário

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Carlos Eduardo Corrales, Fonte: Delfos
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 24/04/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Notícia originalmente publicada no site DELFOS -
http://www.delfos.jor.br

666 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?5000 acessos50 a menos: Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

No ingresso do show conjunto do Blind Guardian e Grave Digger constavam os nomes das duas bandas e horário de início marcado para as 21 horas. Aparentemente o Grave Digger começou a tocar para uma casa quase vazia.

Quando cheguei ao local, às 20:45, casa ainda vazia, a banda estava tocando "Twilight of the Gods". A julgar por um setlist do show anterior dos alemães, que ocorreu em janeiro, essa seria a sexta música.

Tentei conversar com os fãs presentes ao local para descobrir quanto tinha perdido, mas ninguém sabia. Todo mundo falava "véio, quando eu cheguei, eles já estavam tocando".

Até o sempre rápido Setlist.fm, no momento da redação dessa notícia, apresenta o aviso: "faltam as primeiras músicas pois o show começou antes do esperado".

Entre o show do Grave Digger e do Blind Guardian, por volta das 21:15, ouvi por alto uma conversa de um cara falando "cara, estou empolgado para ver o Grave Diggger", ao que o outro respondeu "mas o Grave Digger já tocou". O fã quase chorou. E ninguém sabia dizer a que horas a banda de Chris Boltendahl subiu ao palco.

É normal fazerem esse tipo de coisa com as bandas de abertura, e já reclamei disso muitas vezes em minhas resenhas de shows (só Odin sabe o horário que o Shaman subiu ao palco e quantos estavam lá para o show deles), mas colocar uma banda que está com o nome no ingresso, e com muitos fãs que estão lá para vê-los, para tocar ANTES do horário marcado, é um enorme cuspe na cara dos fãs.

Leia a nota completa no site Delfos.

http://www.delfos.jor.br

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

666 acessosGrave Digger: tradição ou acomodação?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Grave Digger"

Anos 90Anos 90
10 shows pouco comentados

Mascotes do MetalMascotes do Metal
Os dez maiores segundo The Gauntlet

Metal AlemãoMetal Alemão
About.com elege as melhores bandas

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Grave Digger"

50 a menos50 a menos
Cientistas descobrem que o Número da Besta é 616

NirvanaNirvana
Krist Novoselic comenta o suicídio de Cobain

Heavy MetalHeavy Metal
Diagrama explica a origem dos nomes de bandas

5000 acessosMotorhead: Lemmy fala sobre ser solteiro para sempre5000 acessosSlayer: Kerry King fala sobre sua relação com religiões5000 acessosÁlbuns: os vinte piores discos de todos os tempos5000 acessosGuitarpedia: os 5 erros mais comuns do guitarrista3987 acessosKerrang: Os 12 melhores covers feitos por crianças5000 acessosUltimate Classic Rock: as dez melhores duplas de guitarristas

Sobre Carlos Eduardo Corrales

Carlos Eduardo Corrales é jornalista e fotógrafo há oito anos. É editor-chefe do Delfos - www.delfos.jor.br - o maior site nerd de jornalismo parcial reflexivo humorístico do mundo. Sua principal característica é não levar nada a sério, até mesmo quando fala sério. A única exceção, claro, são os ensinamentos do Deus Metal. Com esse ele não brinca, pois não quer que o Vento Preto venha tirar satisfação.

Mais matérias de Carlos Eduardo Corrales no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online