O futuro: maioria das pessoas será parcialmente surda

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Você não ficaria próximo a uma britadeira e balançaria sua cabeça ao ritmo dela, ainda que milhões de fãs de música estejam fazendo algo equivalente a isso, de acordo com a última pesquisa sobre o tema. Ou seja, ouvir música a volumes superiores a 100dB, com graves amplificados para melhorar, graças parcialmente a um massacre de headphones maiores e mais comuns. E relatórios contínuos sempre apontam para perda auditiva quase certa em massa.

publicidade

Os pequenos fones de ouvido branco começaram a dominar alguns anos atrás, e é aí que a coisa fica feia. De acordo com a última pesquisa, recém-divulgada pela ONG Action on Hearing Loss, sediada no Reino Unido, OITENTA POR CENTO das pessoas não tinham idéia de que música alta pode levar a problemas auditivos ou tínito. E, 83 por cento apontaram para os sintomas de tínito e um ‘zumbido no ouvido’.

publicidade

O que quer dizer que estamos criando uma geração de adultos parcialmente surdos. E a apatia parece ser o maior inimigo. Mesmo mais dramaticamente, quase 20 por cento disse que eles só ficariam ‘um pouco preocupados’ se desenvolvessem tínito permanente. "Ano que vem, teremos uma lei que regulamentará que os novos players de MP3 tenham capacidade máxima de amplitude de 85dB", disse a diretora de conscientização pública da Action On Hearing Loss EMMA HARRISON. "Mas a pesquisa revelou que UMA A CADA TRÊS PESSOAS excluiriam tal ajuste mesmo que isso pudesse resultar em dano à sua audição".

publicidade

Matéria completa:
http://playadelnacho.wordpress.com/2012/05/22/o-futuro-maior...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Separados no nascimento: Sebastian Bach e Fernanda LimaSeparados no nascimento
Sebastian Bach e Fernanda Lima

Slayer: fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela bandaSlayer
Fãs hardcore dão (literalmente) o sangue pela banda


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin