Black Sabbath: a polêmica capa do polêmico Born Again

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Flávio Pontes, Fonte: Minuto HM
Enviar correções  |  Comentários  | 

Leia a matéria original no Minuto HM

1111 acessosBlack Sabbath: Assista trailer de The End Of The End5000 acessosAs novas caras do metal: + 40 bandas que você deve conhecer



Em 1983, após a saída de Dio do Black Sabbath, levando a tiracolo o baterista Vinnie Appice, havia uma grande interrogação sobre o futuro da banda, e esta não foi a primeira, nem a última vez que isso aconteceu. Quem teria o cacife de substituir Ronald Padavona (Dio) ou Ozzy, como front-man da Banda Mãe do Heavy Metal? A solução foi encontrada em grande estilo: Ian Gillan! O Resultado foi um album sombrio, que manteve a reputação da banda intacta, além de providenciar uma mistura de estilos interessantes entre duas grandes bandas: Black Sabbath + Deep Purple. Ainda sobre o álbum vale dizer que ele pode ter agradado a vários fãs das duas bandas, mas não agradou ao principal personagem dele: Ian Gillan. Gillan se considera o pior vocalista do Black Sabbath, além de ser totalmente incompatível com o estilo dos outros membros (principalmente Iommi e Butller). Só para melhor exemplificar, as gravações foram feitas em separado, isto é: Gillan gravava na manhã e Iommi, Butler utilizavam a noite e madrugada para gravar.

Vamos então à capa – inicialmente se supôs que ela era baseada na capa do album "New Life" do Depeche Mode (1981), mas a história é outra. Criada por Steve Joule, ela (segundo o próprio) apareceu em circunstâncias nada habituais.

Basicamente o que houve foi que Sharon (Esposa de Ozzy) e Ozzy haviam brigado com a gravadora e o seu Manager Don Arden (Pai de Sharon) na época. Don resolveu se vingar decidindo fazer o Black Sabbath reconquistar a posição de melhor banda de Heavy Metal do mundo. Na época a banda não exibia a mesma forma dos anos 70. Após recrutar Ian Gillan e trazer de volta Bill Ward para o álbum, Don resolveu roubar o máximo do time que trabalhava para Ozzy e Sharon. Steve Joule fazia as capas de Ozzy naquela época e foi convidado para criar esboços para Born Again. Como Steve não queria perder seu trabalho e se indispor com Ozzy, resolveu criar um esboço óbvio e ridículo, e mostrar para os membros da banda, que o rejeitariam, mas...

Quatro ideias foram enviadas e uma delas era baseada no bebê da capa de uma revista chamada Mind Alive (1968). Steve fez fotocopia em preto e branco da capa, criou os chifres, unhas, dentes e utilizou a mais estranha combinação de cores que achava possível.

A história se segue com uma reunião onde Tony Iommi e Geezer Butler estavam presentes, mas Gillan e Ward não participaram. Tony adorou a capa e Geezer, conforme nos é informado, olhou para ela e disse, “É uma merda, mas é boa para caralho!” O Empresário Don não somente adorou mas também decidiu fazer uma fantasia do bebê para um anão utilizar na turnê. De repente Steve foi forçado a fazer uma capa que detestava e por uma grande quantia de dinheiro (mais do que o dobro do que era pago por Ozzy) se entregasse na data marcada. Após enrolar durante algum tempo, pois não queria fazer a capa, Steve juntou-se ao seu vizinho, uma garrafa de Jack Daniels, e em uma noite rapidamente fez a capa, incluindo os títulos e encarte com letras (N.R: praticamente ilegível), para receber o combinado.

Quando Ian Gillan finalmente resolveu ver a capa, ele detestou e afirmou ter jogado uma caixa com 25 cópias do álbum pela janela, de tanta raiva. Gillan pode ter detestado, mas Max Cavalera (Sepultura, Soulfly, etc..) a considera a sua capa favorita.

Após o lançamento do album, Bill Ward se recusou a realizar a turnê, sendo substituido por Bev Bevan…

Agradecimentos: Eduardo Bianchi Rolim

Por que destacamos matérias antigas no Whiplash.Net?

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, nos links abaixo:

Post de 28 de dezembro de 2012
Post de 27 de março de 2014
Post de 27 de março de 2014
Post de 17 de setembro de 2014
Post de 04 de outubro de 2015
Post de 08 de setembro de 2016
Post de 09 de janeiro de 2017

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

1111 acessosBlack Sabbath: Assista trailer de The End Of The End1019 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?187 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Black SabbathBlack Sabbath
Influenciando bandas até no nome

LoudwireLoudwire
As dez melhores faixas Metal de 2013 na escolha do site

Black SabbathBlack Sabbath
Iommi relata últimos momentos com Dio em livro

0 acessosTodas as matérias da seção Curiosidades0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

As novas caras do metalAs novas caras do metal
Mais 40 bandas que você deve conhecer

LoudwireLoudwire
As dez melhores bandas da era Grunge

Iron MaidenIron Maiden
Bruce Dickinson diz não haver muito diálogo na banda

5000 acessosSeparados no nascimento: Steven Tyler e Márcia Goldsmich5000 acessosNoisecreep: dez melhores canções de Metal (e Hard) dos 80s5000 acessosVelocidade: Top 10 de músicas de Metal para ser multado5000 acessosIron Maiden: "Eddie precisa de um quiroprático"5000 acessosThe Voice Brasil: candidato arrebenta com Queen e vai pra final5000 acessosHistória do Rock

Sobre Flávio Pontes

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online