Pantera: Anselmo comenta seu afastamento de Vinnie Paul

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Em uma nova entrevista com o site estadunidense Loudwire.com, o ex-frontman do PANTERA e atualmente no DOWN, Phillip Anselmo foi perguntado sobre ter algum contato com o ex-baterista do Pantera, Vinnie Paul Abbott enquanto eles trabalharam na reedição de aniversário de 20 anos tanto de ‘Cowboys From Hell’ como de ‘Vulgar Display of Power’, assim como com o ex-baixista da banda, Rex Brown.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu ainda converso com Rex", ele disse. "O lance com Vinnie é triste. Eu não sei como está a cabeça dele. Qualquer um que tenha testemunhado seu irmão ser assassinado a tiros, você não pode… eu não vou julgar ele ou o que ele pensa. Eu lido com isso. Eu não posso e não vou viver nesse passado. Eu tenho que seguir em frente. Como todos nós fazemos, para nossa sanidade mental. De qualquer modo, eu não vou julgar Vince. Mas respondendo à pergunta, essa senhora [empresária] é o elo entre todos nós. A única vez em que eu e Vince estamos perto um do outro é através de e-mails circulares. Nós todos recebemos o mesmo e-mail sobre o que vai ser relançado, isso e aquilo, e damos nossas opiniões e ela trabalha em cima disso. É o mais próximo que chego de Vince, mas Rex e eu ainda somos chegados."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Matéria completa no link abaixo.

http://playadelnacho.wordpress.com/2012/05/11/pantera-o-mais...




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Raul Seixas: Perguntas e respostas e curiosidades diversasRaul Seixas
Perguntas e respostas e curiosidades diversas

Slipknot: Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey TaylorSlipknot
Ozzy quis entrar pra banda segundo Corey Taylor


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Cli336 Cli336