AC/DC: Bon Scott completando sua ''Rota 66''

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

Por Cauê Del Valle, Fonte: Texto Pessoal
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 09/07/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Sir. Ronald Belford Scott, que completaria 66 anos neste dia 9 de julho, foi sem dúvida um dos maiores ícones do Rock & Roll. No seu alistamento militar, Scott foi dispensado por ser “socialmente desajustado”. Antes de integrar uma das maiores bandas da história, Bon participou de outras como The Fraternity, Valentines e antes ainda a The Spektors.

203 acessosMalcolm Young: homenageado em evento beneficente em fevereiro5000 acessosSlash: o que ele pensou quando ouviu o "Chinese Democracy"

Nesse meio tempo Bon trabalhava como motorista do AC/DC, quando foi chamado pra ser baterista. Mas logo se tornou o vocalista. E desde essa época ele era o cara que se dava melhor quanto o assunto era mulher.

A música sempre esteve presente em sua vida, Scott tocava além de bateria, gaita de foles e flauta doce. Entre tantos "dotes" Scott também foi um compositor incrivél, suas letras retratavam basicamente sua vida regada sempre a mulheres, carros e bebida.

A morte de Bon Scott é mais uma do grupo de "mal explicadas" da música. O atestado de óbito dizia que Scott faleceu de overdose. Nos jornais da época foi noticiado que o músico teria sufocado com o próprio vômito e que o frio intenso durante a madrugada e suas crises de asma, contribuíram para a tragédia daquela fria manhã de 19 de fevereiro de 1980. Com certeza, um dos dias mais tristes do Rock n’ Roll.

Não é por acaso que em 2006, a Hit Parader colocou Scott como o 5º melhor vocalista de heavy metal de todos os tempos em uma lista divulgada pela Kerrang, está em 62° lugar entre os maiores ícones do Rock. Parabéns, eterno Rocker!

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Seguir Whiplash.Net

YouTubeYouTube
As 10 bandas mais acessadas da plataforma.

203 acessosMalcolm Young: homenageado em evento beneficente em fevereiro3731 acessos1978: 70 discos de rock e metal lançados há 40 anos1310 acessosAC/DC: estúdio e ao vivo, expectativa e realidade407 acessosJoe Elliott: em texto, fazendo justa homenagem a Malcolm Young0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "AC/DC"

MetallicaMetallica
James Hetfield revela seus guitarristas base preferidos

AC/DCAC/DC
Faixas da banda sincronizadas com iluminação de Natal

AC/DCAC/DC
Clássico com Myles Kennedy (Slash) e Steel Panther

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "AC/DC"


SlashSlash
O que ele pensou quando ouviu o "Chinese Democracy"

AngraAngra
A carta aberta de Edu Falaschi sobre a sua saída da banda

AC/DCAC/DC
Bandas similares, algumas mais, outras menos

5000 acessosHistória do Rock: dos primórdios aos anos 705000 acessosKiss: Vinnie Vincent é o maior filho da puta da história do rock?5000 acessosMas afinal... o que é rock progressivo?5000 acessosRadiohead: O que Lars Ulrich pensa da banda? E Kirk Hammett?5000 acessosEddie Van Halen: falando sobre o solo de "Beat It"5000 acessosMike Portnoy: ensinando filho de 14 anos a tocar música do Rush

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 10 de julho de 2012


Sobre Cauê Del Valle

Desde 1994 na estrada! Paulistano, boêmio, estudante e agnóstico. Escrever sempre foi algo presente, escrever sobre música e grandes ídolos têm se tornado cada vez mais sua possivél profissão. Música? Sim, desde a trilha sonora daquele filme de infância até a que lembre um bom momento. Devoto de Janis Joplin, AC/DC, Johnny Cash e Motörhead, mas vamos acrescentar doses de Blues, R&B, Southern, Punk, N.W.O.B.H.M., Hard Rock, Thrash, Crossover, Progressivo, Country entre outras. Mais detalhes não posso dar, como diria Erasmo: "tenho que manter minha fama de mau." Mas ser surpreendido, ter bons amigos e Rock & Roll ao fundo, essa é a receita.

Mais matérias de Cauê Del Valle no Whiplash.Net.