Pirate Bay: Camboja recebe US$ 59 milhões após prisão

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: CNet
Enviar Correções  

Logo após a prisão do co-fundador do Pirate Bay no Camboja, junto com pedidos do governo sueco de sua extradição - saiu hoje a notícia que o país do Sudeste Asiático irá receber 59,4 milhões dólares em ajuda da Suécia, de acordo com The Next Web.

Embora nenhum dos dois países aponte a prisão de Gottfrid Svartholm Warg como uma razão para a ajuda, a coincidência é grande.

publicidade

A polícia do Camboja prendeu Warg na semana passada na capital do país. Mais sobre a prisão de Warg, na matéria abaixo, no Whiplash.net.

The Pirate Bay: fundador do site é preso no CambojaThe Pirate Bay
Fundador do site é preso no Camboja

Foi anunciado ontem que oficiais do governo sueco viajaram para o país para discutir a extradição de Warg junto às autoridades cambojanas. Embora o Camboja tenha autorizado a extradição, como os dois países não têm um acordo de extradição, Warg não pode ser enviados para a Suécia. Os oficiais cambojanos disseram que a Suécia pode decidir para onde ele será enviado.

publicidade

Então, hoje, em mais uma reunião entre os dois países, foi anunciado que o Camboja receberá quase 60 milhões de dólares em ajuda a "causas de desenvolvimento democrático, direitos humanos, educação e mudança climática", de acordo com o serviço estrangeiro de notícias Xinhua.

"O Camboja considera a Suécia um valoroso parceiro em seu desenvolvimento e faremos os melhores esforços para assegurar que a ajuda seja utilizada de forma eficaz e transparente", disse em uma cerimônia o vice-premiê cambojano Keat Chhon, segundo a Xinhua.

publicidade

Se Warg finalmente voltar para a Suécia, ele provavelmente terá que cumprir a sua pena. Em 2009, depois de serem considerados culpados de pirataria, por distribuir 33 (isso mesmo, 33) arquivos protegidos por direitos autorais, quatro co-fundadores do Pirate Bay (Peter Sunde, Gottfrid Svartholm Warg, Fredrik Neij e Carl Lundström) foram condenados a um ano de prisão. O tribunal também multou Warg em $1,1 milhões em danos.

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Gene Simmons: Os fãs estão matando aquilo que mais amamGene Simmons
"Os fãs estão matando aquilo que mais amam"

Simmons: Falta coragem para processar quem faz downloads!Simmons
"Falta coragem para processar quem faz downloads!"


Ultimate Classic Rock: as 25 músicas mais tristes da históriaUltimate Classic Rock
As 25 músicas mais tristes da história

System of a Down: casamento vai abaixo com Toxicity, vídeo viraliza e Serj divulgaSystem of a Down
Casamento vai abaixo com "Toxicity", vídeo viraliza e Serj divulga


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin