Matérias Mais Lidas

imagemBruno Valverde diz que preconceito contra ele veio mais da igreja do que dos metaleiros

imagemRegis Tadeu se garante e não retira uma palavra do que disse sobre Di'Anno e Iron Maiden

imagemDez ótimas músicas do Iron Maiden escritas pelo agitado guitarrista Janick Gers

imagem"A ingenuidade do fã do Iron Maiden é um negócio que beira o patético", diz Regis Tadeu

imagemPaul Di'Anno detona Regis Tadeu após vídeo em que critica seu encontro com Iron Maiden

imagemA "traumática" e "desagradável" experiência de ser preso, segundo Arnaldo Antunes

imagemA inesperada música do Whitesnake que serviu de inspiração para "Carry On" (Angra)

imagemQuando Chorão, do Charlie Brown Jr, quase levou porrada do Rick Bonadio

imagemGeezer Butler, Heavy Metal e a clássica canção do Black Sabbath inspirada por Jesus

imagemNando Reis: Como falta de luz e jogo de cartas inspiraram arranjo de "Malandragem"

imagemAC/DC: Angus Young recorda como fazia para ouvir rock em seus tempos de garoto

imagemEpisódio de Stranger Things 4 relembra Ozzy Osbourne e a "mordida do morcego"

imagemFãs protestam contra Claustrofobia após banda fazer versão de música do Pantera

imagemHelloween divulga vídeo de "Best Time", com participação de Alissa White-Gluz

imagemA estratégia usada por Mille Petrozza, do Kreator, para "reaprender" músicas antigas


Rudy Sarzo: "Devo minha carreira a Sharon Osbourne, Ozzy Osbourne e Randy Rhoads"

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Fonte: Guitar World
Em 03/09/12

Amelia Waters da GuitarWorld.com conduziu em setembro de 2012 uma entrevista com o lendário baixista RUDY SARZO (OZZY OSBOURNE, QUIET RIOT, WHITESNAKE, DIO, ANIMETAL USA e listado como membro da versão de GEOFF TATE para o QUEENSRYCHE). Uma parte da conversa segue abaixo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

GuitarWorld.com: Você era um bom amigo de RANDY RHOADS (ex-guitarrista de OZZY OSBOURNE/QUIET RIOT guitarist), que morreu em 1982. Você ainda o vê como uma influência hoje - e você ainda pensa sobre ele?

RS: Eu penso nele o suficiente para ter que sentar e escrever um livro para responder à questão que mais sou perguntado mundo afora: Como era tocar com Randy Rhoads? Ele ainda é um músico influente, até mesmo hoje, 30 anos depois de seu falecimento. O que eu afirmo é, em qualquer guitarrista que tenha vindo depois de Randy Rhoads, eu sempre vejo algum tipo de influência na performance, mesmo no estilo de compor. Toda vez que eu recebo um email, ou uma mensagem no Facebook ou o que quer que seja, de garotos, jovens guitarristas, de 10, 14 anos, eles dizem: "Cara, eu descobri o Randy Rhoads. Ele é o meu guitarrista favorito". Isso realmente me toca por que é muito bom ouvir uma nova geração dando a Randy o crédito que ele merece por ser a fonte onde a maioria dos guitarristas bebem. Ele influenciou gerações e ainda o faz. Então, se eu penso em Randy todos os dias? Claro que sim. Nós todos. Todos nós que chegamos a conhecê-lo e a tocar com ele. Nós temos isso em comum. Nós nunca perderemos essa cola, essa malha, nossa admiração por Randy como músico e como amigo.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

GuitarWorld.com: Há muito tempo atrás você teve algum desentendimento com OZZY e algumas outras pessoas. Está tudo no passado agora?

RS: Sim, sim. Coisas ruins acontecem. Se você olhar no geral, você vai olhar mais pra coisas que temos em comum do que o contrário. No fim do dia, isso é o que predomina. Na verdade, eu vou participar de um monte de entrevistas pro OZZY e pra SHARON devido ao recente lançamento do DVD "Speak Of The Devil". Tudo está realmente maravilhoso entre os Osbournes e eu, que é como tem que ser. Por que se você me perguntar qual a banda mais significante na minha carreira, eu tenho que dizer que foi o do OZZY OSBOURNE. Eles me deram uma chance, (eu, um completo desconhecido), baseados apenas na recomendação de Randy. Se não fosse por eles, nós provavelmente não estaríamos tendo esta conversa. Eu devo minha carreira a Sharon, OZZY e RANDY RHOADS.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp
publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Red Dragon Cartel: vocalista medíocre constrange Jake E. Lee

Ozzy Osbourne: "Sharon é má e trapaceira", diz ex-baterista

Ozzy Osbourne: "Minha esposa não me empurra para o palco"


Câncer na língua: entenda a doença de Bruce Dickinson


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva.