Megadeth: Drover comenta Obama, Big Four e novo CD

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 16/11/12. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


3823 acessosMegadeth: Dave Mustaine conta qual o seu riff favorito5000 acessosGuitarristas: os maiores do Hard & Heavy segundo a revista Burnn

Robert DiGiacomo do Atlatic City Insiders.com recentemente conduziu uma entrevista com Sawhn Drover, baterista do MEGADETH. Alguns trechos desta entrevista podem ser vistos abaixo.

Sobre a performance da íntegra de “Countdown to Extinctiion” na atual turnê:

Drover: “Como um fã do MEGADETH este é um dos meus álbuns favoritos. É um disco bem coeso, bem sólido e é bem divertido de tocar estas músicas.”

“É muito divertido voltar ao passado e me reencontrar com músicas que eu não ouvia há um tempo.”

Sobre o frontman do MEGADETH, Dave Mustaine, se recusar a tocar a música “The Conjuring” ao vivo por não mais se encontrar com seu estado de Cristão Convertido:

Drover: “O teor destas letras é bem sombrio e ele não está confortável ao cantá-las. Ironicamente é uma das minhas faixas favoritas. Você tem que respeitar se alguém não está confortável com isso. Praticamente tudo em nosso catálogo pode ser tocado.”

Sobre sua concordância com as visões políticas de Mustaine incluindo a crença de que o presidente Barack Obama não nasceu nos EUA.

Drover: “Ele não fala em nome da banda.”

Sobre o progresso da gravação do sucessor de “TH1RT3N”, de 2011.

Drover: “Se o disco sair no verão de 2013, vai fazer um pouco mais de 2 anos. Nós não queremos esperar tanto tempo. Tentamos manter tudo bem amarrado, em termos de lançamento de novos materiais.”

“Há várias ideias rodando por aí. Nós estamos no meio somente ouvindo o que nós já temos e vendo quais riffs e músicas podemos juntar. Nós não entramos com nenhuma noção preconcebida de como a música deve ser. Nós criamos o melhor material possível e esperamos que os fãs gostem tanto quanto nós. [...].”

Sobre fazer parte da turnê mundial “Big Four”, com SLAYER, ANTHRAX e METALLICA em 2010 e 2011:

Drover: “O companheirismo foi fantástico. Nós somos amigos desses caras agora. Certamente, com o Big Four, foi uma grande celebração da união das bandas. A reação era maravilhosa. Toda a energia foi positiva. Eu adoraria fazê-lo de novo. Ainda temos que ver quando isso vai acontecer novamente. Tudo é possível em seu devido tempo”.

Leia a entrevista completa, em inglês, em:
http://www.atlanticcityinsiders.com/headliners/megadeth-revi...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 16 de novembro de 2012

MegadethMegadeth
Dave Mustaine conta qual o seu riff favorito

3144 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa535 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

20072007
15 discos de rock/metal que completam 10 anos de lançamento

Lars UlrichLars Ulrich
Atrito entre Metallica e Megadeth nunca existiu?

MegadethMegadeth
Mustaine diz que havia "estranheza" entre ele e Friedman

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

BurnnBurnn
Os maiores guitarristas Hard & Heavy da história

Lars UlrichLars Ulrich
O motivo pelo qual o Big Four tocou "Am I Evil"

PoisonPoison
Bret Michaels passa o cambão na mãe da Hannah Montana?

5000 acessosDébil Metal: quando os fãs assustam os ídolos5000 acessosCapas de álbuns: algumas curiosidades e histórias5000 acessosZakk Wylde e Dave Grohl: A treta por causa de canções para Ozzy5000 acessosIsto sim é ser fã: homem muda nome para "Led Zeppelin II"5000 acessosIron Maiden: O porquê das críticas aos últimos álbuns da banda4690 acessosKerry King: guitarrista comenta as novas músicas do Slayer

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online