Anthrax: Scott Ian esclarece desejo de falência da indústria

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Luciano Correa, Fonte: Blabbermouth
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 27/01/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


1829 acessosManowar, Joan Jett e outros: gravando Rap antes do New Metal?5000 acessosSonho de Consumo: os 10 palcos de shows mais desejados

O guitarrista SCOTT IAN do ANTHRAX informou que, quando disse recentemente em uma entrevista que "nada o faria mais feliz" do que ver a falência da indústria musical, ele não se referia as gravadoras independentes que ajudam o cenário da música underground há mais de 30 anos.

Conversando com a revista australiana Loud, SCOTT IAN foi questionado sobre o futuro da indústria da música. "Eu não sei mesmo - Eu não me importo; Eu não tenho ideia," ele respondeu. "Eu realmente não dou a mínima para a indústria. (...) Eu só tenho esperanças de que toda a indústria entre em colapso e vá à falência, ou algo do tipo, porque eu realmente não tenho nada de bom para dizer sobre a indústria musical."

Ele continuou: "Quando você pensa sobre os bilhões e bilhões de dólares que as gravadoras roubaram das bandas desde a década de 40 até meados da década de 90, e agora se queixam que ninguém compra mais discos. Bem, de quem é a culpa, você sabe? Essas companhias, corporações e indivíduos literalmente roubaram bilhões de dólares e voce teve artistas, bandas que já não existem mais e literalmente são como, há um passo de ser um sem-teto ou viver em abrigos, ou o que seja. Mas você não vê a maioria dos músicos se aposentando e vivendo o resto de suas vidas com milhões e milhões de dólares, apenas por ter deixado uma gravadora. Esta grande porcaria é insana, a forma como as gravadoras atuavam. Especialmente nos anos 40, 50, 60 e 70, quando as bandas era realmente roubadas."

Em uma série de mensagens enviadas pelo seu Twitter na última noite (Sexta, 25 de Janeiro), SCOTT IAN elaborou em seus comentários: "Apenas para esclarecer o que eu disse sobre a falência da indústria musical em uma entrevista recente... Eu não estava falando de selos independentes como o Megaforce, Nuclear Blast, Metal Blade, etc. etc. Esses selos mudaram os negócios e acharam um meio que funciona e não são apenas justos com as bandas, mas vão atrás de desenvolver a banda do jeito que era feito quando começamos. Os grandes selos já não tem mais lugar no rock/metal e se você é uma grande banda, é melhor fazer as coisas por voces mesmo. Este era o ponto que eu queria dizer."

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 27 de janeiro de 2013

Manowar, Joan Jett e outrosManowar, Joan Jett e outros
Gravando Rap antes do New Metal?

2065 acessosLoudwire: as 10 melhores bandas americanas de Metal0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Anthrax"

John BushJohn Bush
Recusar o Metallica foi um acerto; aceitar o Anthrax também

AnthraxAnthrax
"Não sinto a mão, mas consigo tocar", diz baterista

AnthraxAnthrax
Spitz afirma que Jesus é a razão de ele ainda respirar

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Anthrax"

SonhoSonho
Os 10 palcos de shows mais desejados

PanteraPantera
"Odiei gravar Cowboys From Hell", diz Phil Anselmo

BaixosBaixos
Como conservar e recuperar as cordas do instrumento

5000 acessosMetal: adolescentes que ouvem o gênero fazem mais sexo?5000 acessosHeavy Metal: as trinta maiores bandas de países diferentes5000 acessosNinguém é perfeito: os filhos "bastardos" de pais famosos5000 acessosZakk Wylde: guitarrista quer funeral Viking4152 acessosOzzy Osbourne: entre artistas com letras mais mal interpretadas5000 acessosHeavy Metal: os 11 melhores álbuns da década de 70

Sobre Luciano Correa

Colaborador do Whiplash e apreciador de várias vertentes do Rock/Metal. Começou cedo ouvindo Queen, Nazareth e RPM no velho toca discos dos pais. Escutou muito Guns N' Roses, Bon Jovi, Scorpions, Metallica, Iron Maiden e Sepultura até descobrir Helloween, Blind Guardian e Gamma Ray. Ainda nesse meio tempo começou a ouvir Ramones, Misfits, Offspring, Angra, Rhapsody, Hammerfall, Stratovarius, Manowar, Motörhead, Pantera e Slayer para fechar a década de 90. No começo dos anos 2000, incluiu em sua lista bandas como Nightwish, Sonata Arctica, Within Temptation, System Of A Down, Rammstein, Dimmu Borgir, Cradle of Filth e atualmente - últimos 5 anos, tem escutado muito Children Of Bodom, Katatonia, Alestorm, Eluveitie, entre tantas outras. Rock/Metal é barulho para alguns e estilo de vida para tantos outros!

Mais matérias de Luciano Correa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online