Censura: 53 nomes que você não pode dizer em uma rádio

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Carlos Henrique Schmidt, Fonte: Gawker
Enviar Correções  

De acordo com uma nota afixada no quadro de avisos de funcionários da estação de rádio WSOU da Seton Hall University em fevereiro de 2013, qualquer nome de banda ou músicas proferindo as palavras "demônio", "Satanás", "Deus", "Jesus", ou "qualquer outras referências católicas retratados de uma forma ruim" resultaria em suspensão.

Solos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NME

Pilares: O início do Heavy Metal em 1969

Mas, para tirar qualquer trabalho de adivinhação de que nomes de banda não são adequados para as ondas de rádio da Seton Hall's Pirate Radio a gestão elaborou uma lista dos 53 nomes mais sujos de banda que você nunca pode dizer na rádio.

A lista inclui bandas como Cradle of Filth, Cannibal Corpse, Anal Cunt, Morbid Angel, Deicide e Rotting Christ, além de outras divertidas como Adolf Satan, Baby Jesus Hitler, Crucifucks, Jesus Chrysler, Smother Theresa e é claro, Hell-O.

Confira a lista abaixo:

É a velha máxima: quando está ruim a coisa, lembre-se que pode piorar. Ainda bem que isto acontece no país da liberdade, já viu se fazem uma beleza dessas em nossas rádios?

Comente: Existe censura justificável?



Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Censura: A história da Parents Music Resource Center (PMRC)Censura
A história da Parents Music Resource Center (PMRC)

System of a Down: propaganda com baixista foi banida nos EUASystem of a Down
Propaganda com baixista foi banida nos EUA


Solos de guitarra: lista dos 50 melhores segundo a NMESolos de guitarra
Lista dos 50 melhores segundo a NME

Pilares: O início do Heavy Metal em 1969Pilares
O início do Heavy Metal em 1969


Sobre Carlos Henrique Schmidt

Graduado em Computação e Administração, a paixão pela música pesada surgiu nos primeiros anos da adolescência e permanece até os dias de hoje. Apesar da preferência pelos estilos mais x-tremos da música pesada (Black, Death, Grind), o seu universo musical não limitado por estes rótulos, mas pelo que a música em si transmite.

Mais informações sobre Carlos Henrique Schmidt

Mais matérias de Carlos Henrique Schmidt no Whiplash.Net.

adWhipDin adWhipDin adWhipDin