Black Sabbath: mostrando os dentes em "The Writ"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Paulo Severo da Costa
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 10/04/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

“Sabotage” de 1975, sexto álbum de estúdio do SABBATH, mostrou o final de um ciclo criativo que se iniciara cinco anos antes e, na opinião desse resenhista, representou a melhor sequência de álbuns da história do metal. Escoltado por clássicos como “Hole In The Sky” e “Sympton of The Universe”, o registro foi gravado em meio ao desgaste iminente entre a banda e sua área empresarial.

1272 acessosBlack Sabbath: Assista trailer de The End Of The End5000 acessosMarilyn Manson: é do cantor o vídeo mais assustador

Com problemas anteriores quando da dispensa de JIM SIMPSON, que resultariam em um árida disputa judicial que só terminaria no Tribunal Superior de Londres em março de 1976, a banda se encontrava em meio a todo tipo de entulho fraudulento por parte de uma indústria musical que, à época, se misturava com a máfia e a lavagem de dinheiro.

“Estávamos sendo roubados por todos os lados, e esse foi um período terrível para nós porque estávamos recebendo processos judiciais até no estúdio” declarou IOMMI para o biógrafo JOEL MCIVER. O epicentro do problema, na época, estava na atuação de PATRICK MEEHAN, manager da banda que, não coincidentemente foi chutado da banda no mesmo ano. Ainda segundo o guitarrista, “as pessoas não paravam de nos entregar mandados judiciais e coisas do tipo; por isso a canção é chamada 'The Writ'". A tradução abaixo mostra que o recado foi bem claro:

A ESCRITA

A maneira como me sinto é a maneira como eu sou
Eu gostaria de ter andado antes que eu corresse para você
Só para você

Que tipo de pessoas você acha que somos?
Outro palhaço que é uma estrela de rock and roll por você
Só por você

A imagem fiel de outro homem
O oceano infinito de emoção que eu nadei por você
Sim por você

Os cavaleiros da tropa, deitados no chão
Gostaria que eles pusessem um fim
Ao meu movimento de guerra com você
Sim com você

Você é metal, você é homem?
Você mudou na vida desde que nasceu
Sim nasceu

Mulheres que extraem o ouro de você
Elas ainda irão cavar, agora que você está acabado?
Sim você está acabado

Você comprou e me vendeu com suas palavras mentirosas
As vozes no convés
Que você nunca ouviu, passaram
Sim passaram

Sua estupidez finalmente conseguiu se divertir com uma arma
Um pai envenenado que envenenou o próprio filho
Que é você, sim que é você

Eu te imploro por favor não deixe isto ficar ainda pior
A raiva que eu tive uma vez, virou uma maldição em você
Sim uma maldição em você

Todas as promessas que nunca foram cumpridas
Você vai ter o que merece, é verdade
Ah é verdade

Você é Satanás, você é homem?
Você mudou na vida desde que ele nasceu
Nasceu

Abutres que chupam o ouro de você
Eles ainda irão chupar, agora que você está acabado?

(Ratos, Ratos)

A busca continua, então é melhor você correr
E encontrar a si mesmo de outra maneira
Provavelmente mortos, eles não sentem uma coisa
Para mantê-los vivos durante outro dia

(Ratos, Rato)

Você é um insignificante, você não tem nenhum destino
Você é uma vítima de uma coisa desconhecida
Um retrato de um manto de uma alma roubada
Uma fornicação do seu trono de ouro

Um rosto sorridente, significa o mundo para mim
Tão cansado de tristeza e miséria

Minha vida começou há um tempo atrás
Onde ela terminará, eu não sei
Eu achava que estivesse bem
Eu achava que estivesse legal
Eu sinto o meu mundo fora do tempo

Mas tudo acabará bem
Caso contrário, acho que perderei minha mente

Eu sei, eu sei, eu sei, sim eu sei
Escute-me enquanto eu canto esta canção
Você poderia pensar que as palavras estão erradas
Muitas pessoas me aconselham
Mas elas não sabem o que meus olhos vêem

Mas tudo acabará bem.

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Kerry KingKerry King
O Deep Purple influenciou mais o Thrash que o Black Sabbath

1272 acessosBlack Sabbath: Assista trailer de The End Of The End1067 acessosBanda dos sonhos: qual seria a sua?198 acessosMarcos de Ros: Tony Iommi, Dois Dedos de Prosa0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Black Sabbath"

Heavy MetalHeavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados no ano de 1980

Sabbath e PurpleSabbath e Purple
A genealogia intercalada das 2 bandas inglesas

Jesus CristoJesus Cristo
Algumas canções que levam o seu nome como tema

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Black Sabbath"

Marilyn MansonMarilyn Manson
Segundo a Billboard, é dele o vídeo mais assustador

Heavy MetalHeavy Metal
Estressante, perturbador e faz mal ao coração

Marilyn MansonMarilyn Manson
7 coisas que você não sabia sobre ele

5000 acessosQueen: novas fotos do recluso John Deacon5000 acessosZakk Wylde: foto do arsenal de guitarras do músico5000 acessosSlash: chapação, a louca e atraente Fergie e Axl Rose5000 acessosUltimate Classic Rock: as filhas mais belas dos rockstars3873 acessosTina S: um cover magistral de Master Of Puppets aos 16 anos5000 acessosJim Morrison: ele está vivo e criando cavalos nos EUA?

Sobre Paulo Severo da Costa

Paulo Severo da Costa é ensaísta, professor universitário e doente por rock n´roll. Adora críticas, mas não dá a mínima pra elas. Email para contato: joaopsevero@bol.com.br.

Mais matérias de Paulo Severo da Costa no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online