Morrissey: "Margaret Thatcher odiava as artes e os pobres"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Breno Airan, Fonte: Rock na Velha
Enviar correções  |  Ver Acessos

O ex-líder do THE SMITHS, o vocalista MORRISSEY, abriu o verbo em desfavor da ex-primeira-ministra britânica Margaret Thatcher, que morreu nesta segunda-feira (8), em decorrência de um derrame: ela "foi um terror sem um átomo de humanidade".

A assertiva foi feita por ele em um artigo publicado no portal The Daily Beast. Leia na íntegra no link abaixo.

http://www.thedailybeast.com/articles/2013/04/08/morrissey-t...

Ele comenta que "tudo que ela fazia era carregado de negatividade. Ela acabou com a indústria manufatureira britânica, ela odiava os mineiros, ela odiava as artes, ela odiava os que lutavam pela liberdade da Irlanda do Norte e permitiu que eles morressem, ela odiava os pobres da Inglaterra e nunca fez nada para ajudá-los, ela odiava o Greenpeace e os ativistas ambientais, ela foi a única líder europeia que foi contra a proibição do comércio de marfim, ela não tinha perspicácia nem calor humano e seu próprio gabinete a expulsou".

Thatcher era conhecida como "a Dama de Ferro" por seu pulso forte.

E, em 1988, à época do terceiro mandato consecutivo da premiê, ele lançou a canção "Margaret on the Guillotine" (algo como Margaret na Guilhotina), presente no álbum "Viva Hate", onde ouvia-se de novo e de novo: "Quando você vai morrer?". E assim se fez.


Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal


GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Smiths"Todas as matérias sobre "Morrissey"


The Smiths: balada macabra Suffer Little Childreen foi censuradaThe Smiths
Balada macabra "Suffer Little Childreen" foi censurada

New York Times: os 100 melhores covers de todos os temposNew York Times
Os 100 melhores covers de todos os tempos


Uncut Magazine: fãs elegem as 10 melhores músicas do Pink FloydUncut Magazine
Fãs elegem as 10 melhores músicas do Pink Floyd

Entrevistas: Coices e tretas entre artista e entrevistadorEntrevistas
Coices e tretas entre artista e entrevistador


Sobre Breno Airan

Acima de tudo, um forte. Ser roqueiro no Nordeste é estar cercado de olhares de soslaio. Mas ele sabe ser simpático. Começou a escutar Heavy Metal ainda na barriga da mãe. A seu pai, uma verdadeira enciclopédia do estilo, deve tudo. Aos 14 anos, pediu para uma tia R$ 12 de presente de Natal, foi a uma loja de CDs usados e catou logo o "Rust in Peace", do Megadeth - em perfeito estado, inclusive. Daí por diante, a paixão só vem aumentando. É editor do blog Rock na Velha, integrante do blog Combe do Iommi e colaborador da revista alagoana Rock Meeting. Ainda tem tempo para ser jornalista e de tocar baixo em sua banda de Hard Rock, a Azul Manteiga.

Mais matérias de Breno Airan no Whiplash.Net.

adClio336|adClio336