Dave Mustaine: Super Collider veio do coração e não da cabeça

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Samuel Coutinho, Fonte: Metal da Ilha
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 14/06/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Dave Mustaine é amado pelos fãs de metal por álbuns clássicos e músicas que ele lançou como frontman do MEGADETH ao longo dos anos, bem como a sua incrível musicalidade como guitarrista. No entanto, o titã do thrash também experimentou as reações de algumas declarações polêmicas que ele fez ao longo dos anos.

786 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa5000 acessosSilverchair: a história por trás da capa de Freak Show

Quando o site Loudwire teve a oportunidade de falar com Mustaine recentemente, ele foi perguntado sobre o novo álbum do Megadeth "Super Collider", e não demorou muito para que a lenda do metal reconhecesse que suas opiniões políticas e observações sociais, não tinham despertado apenas debates entre seus fãs, mas também provocou uma bagunça dentro de sua própria mente. Em vez de ter que engolir isso, ele canalizou essa energia através das canções que aparecem em "Super Collider".

Loudwire: Eu ia dizer que a música "Super Collider" tem um pouco do começo do Megadeth e ao mesmo tempo uma qualidade mais mainstream nela...

Dave: Não quero constestar a sua opinião, porque eu concordo totalmente com você que tenha um pouco do início do Megadeth, mas temos músicas que eram mais ou menos como aquelas. "Symphony Of Destruction" é um exemplo simples, "Foreclosure Of a Dream" é um exemplo simples, "A Tout Le Monde" é um exemplo simples e para um guitarrista intermediário é um pouco mais difícil por causa da propagação nos acordes e coisas assim - sendo provavelmente, um pouco mais pop que "Black Friday", ou algo assim.

Dave: Acho que, como um todo, a vibe em "Super Collider", o disco, todas as músicas dele, são muito expansivas. Eu realmente me aprofundei bastante e pude diferenciar tipos de canções e diferentes temas - seja falando de Alzheimer, falando de depressão, falando de traição, gravidez na adolescência, todos os tipos de coisas. Eu não tinha nenhuma intenção dessas coisas acontecerem, eu fiquei tão cansado de assistir ao noticiário e a maneira que isso me fazia sentir, as coisas que eu dizia, as coisas que eu postava no twitter, o material que eu estava lendo e escrevendo - fez realmente um efeito negativo em mim.

Dave: Eu percebi que eu só precisava escrever do meu coração e não da minha cabeça; minha cabeça está no jogo e eu comecei a pensar: "Eu gosto disso, eu não gosto disso, e se você não gosta então eu preciso te dizer o que está acontecendo. Eu sei melhor, porque eu assisto ao noticiário na TV e você não tem idéia, porque você não fica sentado em um quarto de hotel 24 horas por dia vendo notícias. Eu acho que é preciso apenas se afastar de tudo isso e voltar para o Megadeth. O "Megadeth" - é uma banda de metal para as pessoas, pelas pessoas, das pessoas, onde nós cantamos sobre o que temos em comum e não sobre o que eu vejo no noticiário e o quanto isso me deixa louco.

Trecho retirado da fonte original desta matéria:
http://loudwire.com/megadeth-dave-mustaine-super-collider-fr...

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

MegadethMegadeth
Dave Mustaine classifica os guitarristas da banda

786 acessosHeavy Metal: os 10 melhores riffs dos anos noventa477 acessosMarty Friedman: ouça "Miracle", single do novo álbum solo3397 acessosMetallica: e se James Hetfield cantasse no Megadeth?0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Megadeth"

MegatallicaMegatallica
Mashup do Iron Maiden com Judas Priest

MegadethMegadeth
Dave Mustaine enaltece a grande obra do Mötley Crüe

Dave MustaineDave Mustaine
Por que ele perdeu seu emprego no Metallica?

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Megadeth"

SilverchairSilverchair
A triste história por trás da capa do álbum Freak Show

AerosmithAerosmith
Steven Tyler e três mulheres nuas no chuveiro

Iron MaidenIron Maiden
O pior momento de Bruce Dickinson no palco

5000 acessosRobert Plant: "quase saí do Led quando meu filho morreu"5000 acessosMetromix: a lista dos vocalistas mais irritantes do rock5000 acessosGuitar World: revista elege os 50 guitarristas mais rápidos5000 acessosSolos de guitarra: os 100 melhores segundo a Classic Rock Magazine5000 acessosRaul Seixas: contando sobre tortura durante a ditadura militar4520 acessosJoão Gordo: "Você não pode peidar na Olimpíada que te prendem"

Sobre Samuel Coutinho

Nascido no interior de SP no dia 15/12/1986, em uma cidade chamada Ilha Solteira, Samuel Coutinho se entregou ao heavy metal logo na adolescência. Seu forte sempre foi o heavy metal melódico, variando desde o prog-metal até ao power-metal.

Mais matérias de Samuel Coutinho no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online