Phil Anselmo: sem treta com Rex & Vinnie, reedição de Far Beyond

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Em uma nova entrevista com o site ROLLING STONE, o ex-vocalista do PANTERA e atual frontman do DOWN, PHILIP ANSELMO, foi perguntado sobre como o catálogo do Pantera tem sido administrado e se ele gostaria que mais DVDs ao vivo ou gravações fossem lançados, ou quem sabe, um documentário.

"Eu acho que o PANTERA é um tipo de banda que foi muito, muito bem documentada ao longo dos anos", respondeu Phil. "Com os relançamentos passados, fomos afortunados o suficiente para ter demos antigas e coisas que nunca haviam de fato visto a luz do dia. Mas o Pantera não era o tipo de banda que desperdiçava muitos riffs ou muitos trechos de músicas. Com a vindoura reedição de ‘Far Beyond Driven’ – que sai ano que vem – você vai ver mais material ao vivo de shows épicos e shows realmente inovadores, ao invés de demos perdidas. Eu acho que nem há nenhuma demo que sobrou, cara. Tudo a partir de ‘Far Beyond Driven’, eu realmente acho que usamos tudo que tínhamos disponível."

publicidade

Ele continuou: "O Pantera é uma empresa muito complexa agora. Vinnie Paul, o baterista, não se comunica comigo de modo algum, tampouco com Rex Brown. Somos intermediados pelo que restou de nosso empresariamento – Kimberly Zide Davis – e ela é uma mediadora fantástica ente nós três. E Deus sabe que ela tem que ser, porque o Pantera não está mais junto desde 2001, mas ainda é uma empresa próspera. Nós vendemos camisetas, nós vendemos merchandise, e ainda tem saída. E as pessoas compram os relançamentos. Então há de se haver algum tipo de etiqueta de negócios pela qual nos conduzimos e a relação corporativa com a qual temos que concordar."

publicidade

"Pra mim, se Vince e Rex estão felizes com o que está rolando, então eu não vou discutir muito, porque sinceramente, eu não tenho tempo ou espaço em meu coração para discutir com aqueles caras. Eu quero que as coisas funcionem tão suavemente quanto possível. Eu acho que a coisa tem sido administrada bem pra caralho. Eu realmente não tenho muito mais argumentos ou muito mais a dizer sobre isso."

publicidade

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Traduções: Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismoTraduções
Letras de rock relacionadas a ocultismo e satanismo

Mick Jagger: em cerimônia na escola do filho em São PauloMick Jagger
Em cerimônia na escola do filho em São Paulo


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin