Vinnie Paul: Jeff Hanneman, inéditas de Dime e reunião do Pantera

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O site francês L’Enôrme TV conduziu recentemente uma entrevista com o ex-PANTERA e atualmente no HELLYEAH, VINNIE PAUL ABBOTT, à ocasião do festival HELLFEST, realizado mês passado entre os dias 21 e 23 em Clisson, na França. Você pode assistir ao papo – no original em inglês- mais abaixo.

publicidade

Sobre o finado guitarrista do SLAYER, JEFF HANNEMAN:

Vinnie: "Todos nós sentimos a falta de Jeff. Jeff era um grande amigo e nos divertimos muito com ele. Eu só desejo tudo de bom aos caras do Slayer. E espero que Jeff esteja em um lugar melhor."

Sobre se há alguma possibilidade de gravações nunca antes lançadas de seu irmão, o falecido guitarrista do PANTERA e do DAMAGEPLAN, ‘Dimebag’ Darrell Abbott, verem a luz do dia no futuro:

Vinnie: "Eu estou tão ocupado com o HELLYEAH agora, e é realmente meu foco principal. Quando eu tiver tempo e achar que é o momento certo, eu com certeza vou dar um jeito de lançar isso pra que as pessoas ouçam, porque, com certeza, meu irmão ainda tem muitas grandes obras que as pessoas ainda não ouviram, e eu certamente quero que as pessoas escutem aquilo."

publicidade

Sobre a possibilidade de uma reunião do PANTERA com Zakk Wylde [BLACK LABEL SOCIETY, OZZY OSBOURNE] no lugar de Dime:

Vinnie: "Como é que o Pantera se reúne sem Dimebag Darrell? Ponto final. Nunca vai acontecer."

publicidade

publicidade




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Ghost: uma foto assustadora dos bastidores do Rock In RioGhost
Uma foto assustadora dos bastidores do Rock In Rio

Roadrunner: os dez melhores vídeo-clipes da gravadoraRoadrunner
Os dez melhores vídeo-clipes da gravadora


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

WhiFin WhiFin WhiFin WhiFin