Phil Anselmo: novo álbum pode ser um anti-Walk Through Exits Only

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 06/08/13. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

O jornalista JOHN SERBA do site MLive.com conduziu recentemente uma entrevista com o ex-vocalista do PANTERA e atual líder do DOWN, PHILIP ANSELMO. Um trecho traduzido da entrevista pode ser lido abaixo.

311 acessosRex Brown: ouça "Buried Alive", do seu primeiro álbum solo5000 acessosRatos de Porão x Iron Maiden: resposta de Jão à entrevista de Bruce Dickinson

MLive.com: 15, 20 anos atrás, o PANTERA estava levando o NEUROSIS e outras bandas mais desconhecidas em turnê e colocando-a em frente de grandes plateias. Isso tinha o seu dedo, certo?

Anselmo: É bem verdade que eram decisões minhas… sempre foi decisão minha, ou ideia minha que trouxe o SOILENT GREEN, EYEHATEGOD, CROWBAR e o quando o PANTERA estava no auge nós levamos o MORBID ANGEL e o SATYRICON. Eu adoro o underground. Eu adoro procurar bandas novas dentro do underground. O heavy metal sempre foi tão bondoso comigo de um modo ou de outro, e na real, eu sou apenas um fã de música, muito fã. Eu não consigo explicar o tanto que sou. Sou tarado por música, cara. Me empolga trazer bandas com as quais o povão não está acostumado e nunca viu ao vivo.. trata-se de eu retribuindo ao gênero que foi fantástico comigo. Ajudar uma banda em ascensão como o AUTHOR & PUNISHER – fico animado em vê-los toda noite. Me deixa ligadão também.

MLive.com: O consenso geral parece ser, ”Phil Anselmo tem bom gosto musical”

Anselmo: Não sei não. Eu adoro música terrível também, cara. Eu sou um caçador de músicas horríveis. Depende de quem diga, depende de qual banda você está ouvindo. Tudo está nos olhos de quem vê.

MLive.com: Eu entendo. Há algumas bandas de Black Metal por aí – desde o Venom – que não sabem tocar seus instrumentos, mas o que elas estão fazendo é tão bizarro que você não tem como não gostar.

Anselmo: A beleza da música é, você pode fazer o que você quer com ela. Nem sempre precisa ser algo bonito. Não tem que ser esse produto bonitinho, encapado e brilhante. Pode ser feia. Pode ser ritmicamente diferente. Pode pulsar em um tempo diferente, mas ainda extremamente eficaz. A música é um mundo enorme. É história. Sabe, cara, como músico, eu sou o tipo de cara que gosta de fuçar o máximo possível com seja lá o que for que soe bem a meus ouvidos. Eu amo experimentar com diferentes estilos de música. Eu me sentiria, acho, enganado se eu tivesse que tocar a mesma coisa o tempo todo. Essa é a beleza de ter uma banda solo, porque eu posso ir pra onde eu quiser ir. O próximo disco pode ser o anti-“Walk Through Exits Only”. Pode ser todo acústico. É ter essa liberdade. É uma sensação maravilhosa, realmente. [...]

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

PanteraPantera
Não vai rolar reunião alguma, esqueça

311 acessosRex Brown: ouça "Buried Alive", do seu primeiro álbum solo475 acessosResenha - Great Southern Trendkill - Pantera1361 acessosPantera: Apenas Demonstração Vulgar0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Pantera"

Vinnie PaulVinnie Paul
"Nunca vi Axl Rose tão bem quanto agora"

Phil AnselmoPhil Anselmo
Ele viu a tristeza nos olhos de Lemmy

DimebagDimebag
Como ele transformou Dave Grohl no cara mais legal

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Phil Anselmo"0 acessosTodas as matérias sobre "Pantera"0 acessosTodas as matérias sobre "Down"

Ratos x MaidenRatos x Maiden
Resposta de Jão à entrevista de Bruce Dickinson

Futebol e rockFutebol e rock
As paixões de Harris, McCartney, Daltrey e outros

Heavy MetalHeavy Metal
Os maiores álbuns da história para os gregos

5000 acessosNirvana: "Teoria é um desperdício de tempo", dizia Kurt5000 acessosZakk Wylde: O assassinato atribuido à "seita" do guitarrista5000 acessosRede Globo: em 1985, explicando o que são os metaleiros4565 acessosJames Hetfield: ele se mudou da Bay Area para poder caçar em paz1451 acessosThe Beatles: liderando lista de artistas mais pirateados do mundo5000 acessosBruno Sutter: tocando música do Death no baixo

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online