Slash: "Highway To Hell" com Dom Casmurro do Country

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

O CAMP FREDDY, banda cover de luxo dos EUA que conta com um cast diverso e rotatório de músicos de diversas bandas notórias do cenário do pop, rock e hard rock, apresentou-se no último sábado, 21 de dezembro, na tradicional casa noturna angelena ROXY, onde, como de costume, deslanchou uma série de covers.

Roger Moreira: resposta bem humorada a "crítica" no Agora é Tarde

Rachel Sheherazade: uma bela versão de Iron Maiden a capella em novo vídeo

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Dentre os presentes da vez, o guitarrista SLASH [GUNS N’ ROSES, VELVET REVOLVER], que, no ápice de bizarrice da noite, tocou sua versão para o über-clássico "Highway To Hell", do álbum de mesmo título do AC/DC, lançado em 1979. Nos vocais, o ídolo caipira BILLY RAY CYRUS, conhecido dos leitores deste site por ter tido seus lóbulos frontais ornamentados pelo vocalista do POISON [banda pra qual Slash chegou a fazer um teste em idos de 1985], BRET MICHAELS e sua ex-esposa. Cyrus é também pai da ex-Hannah Montana e atual cachorra da mídia MILEY CYRUS, ou seja, ele tem motivos de sobra pra escutar a discografia completa do Matogrosso e Mathias [especialmente ‘De Igual Pra Igual’] por dias a fio.

Assista ao vídeo do ocorrido abaixo.




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Roger Moreira: resposta bem humorada a crítica no Agora é TardeRoger Moreira
Resposta bem humorada a "crítica" no Agora é Tarde

Rachel Sheherazade: uma bela versão de Iron Maiden a capella em novo vídeoRachel Sheherazade
Uma bela versão de Iron Maiden a capella em novo vídeo


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336x280