PEsado: o metal de Pernambuco como nunca visto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva
Enviar Correções  

A Região Nordeste do Brasil é berço para um sem-número de bandas que adotam o heavy metal como estilo musical. Enumerar os destaques uma região tão rica em cultura em uma simples matéria seria um absurdo. Mesmo se tomássemos, a título de exemplo, apenas um entre os nove estados, ainda incorreríamos no erro. O jornalista Wilfred Gadelha foi além.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Vocalista da banda CRUOR e CÂMBIO NEGRO e editor do caderno "Cidades" do Jornal do Commercio, Wilfred escreveu e lançou esta semana o livro PEsado, abordando a cena cultural de Recife, capital de seu estado natal, remontando as origens e discutindo o heavy metal em Pernambuco. Leia abaixo a release do livro:

"Uma publicação inédita, que revisita os primórdios e estabelece as conexões da cena metal de Pernambuco com outros gêneros, como o punk e o mangue. Em 352 páginas, o autor Wilfred Gadêlha relembra fatos, esclarece lendas e confronta opiniões no livro PEsado – Origem e consolidação do metal em Pernambuco. Mais do que apenas contar uma (s) história (s), PEsado lança luz sobre o underground do Estado em suas contradições e conquistas ao longo de pelo menos cinco décadas.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Patrocinado pelo Fundo Pernambucano de Incentivo à Cultura (Funcultura), mecanismo de financiamento de produtos culturais do governo do Estado, PEsado é fruto de um trabalho iniciado em 2009, por intermédio dos pesquisadores pernambucanos Amílcar Bezerra e Daniela Maria Ferreira e o franco-lusitano Jorge de la Barre, além de Gadêlha. Após duas pesquisas culturais (Transformações – A cena metal no Recife pós-mangue-2011 e Além da capital: música pesada no interior de Pernambuco-2012), ambas via Funcultura, o grupo resolveu transformar as informações obtidas em um livro.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Mais de 150 entrevistas foram feitas para a produção de PEsado. De produtores de eventos, músicos, fanzineiros e designers a donos de loja, fotógrafos e jornalistas, passando por proprietários de bares e casas noturnas. Além dos protagonistas e coadjuvantes da cena local, foram ainda entrevistados nomes como Max Cavalera (SOULFLY, CAVALERA CONSPIRACY), Andreas Kisser (SEPULTURA, DE LA TIERRA), Carlos "Vândalo" Lopes (DORSAL ATLÂNTICA), Cláudio Bezz (TAURUS) e Marcelo Laranja (CHAKAL), entre outros personagens importantes para o desenvolvimento do movimento headbanger no Estado.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Com projeto gráfico assinado pelo designer Alcides Burn, PEsado não aborda a cena de maneira cronológica. Em vez disso, estabelece três eixos de discussão por onde os debates trilham: Espaço (onde se ouvia música pesada, onde se comprava disco, onde acontecia show), Som (as bandas em suas peculiaridades estéticas e sonoras, em uma geral que tem início com os pioneiros da psicodelia pesada no Estado, como o Phetus de Zé da Flauta, Laílson e Paulo Rafael) e Imagem (como o metal era retratado na mídia, como os próprios headbangers assumiram a tarefa de contar suas histórias via fanzines, fotos, cartazes e ilustrações).

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Assuntos como o popularização do metal pós-Rock in Rio (1985), a convivência (quase) harmoniosa entre metaleiros e punks, o avento do mangue (o grunge pernambucano, na visão dos bangers locais), as novas tecnologias, o festival Abril Pro Rock, o primeiro show do SEPULTURA (no longínquo 30 de maio de 1987, em Caruaru) – uma gama de assuntos que interessa até a quem nunca ouviu um acorde pesado e que vai fascinar os aficionados do estilo Brasil afora.

publicidade

SERVIÇO
PEsado – Origem e consolidação do metal em Pernambuco
352 páginas
Edição do autor
Preço: R$ 25

LANÇAMENTOS
- 11 de março, 19h, no Rocket 48 (Rua Carneiro Vilela, 304, Espinheiro, Recife-PE)
- 27 de março, 19h, na Saraiva Shopping Recife (Rua Padre Carapuceiro, 777, 1º Piso, Boa Viagem, Recife-PE

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Foto: Sérgio Torres
Foto: Sérgio Torres
Foto: Sérgio Torres
Foto: Sérgio Torres
Foto: Sérgio Torres
Foto: Sérgio Torres

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Sabaton: Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda suecaSabaton
Exército brasileiro retribuiu homenagem da banda sueca

Gigwise: as capas mais polêmicas dos anos 2000Gigwise
As capas mais polêmicas dos anos 2000


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

Goo336 Cli336 Goo336 Goo336 Cli336 WhiFin Goo336 Goo336