Matérias Mais Lidas

imagemEngenheiros do Hawaii e as tretas com Titãs, Lulu Santos, Lobão e outros

imagemEdu Falaschi descobriu que seu primo famoso tem mais seguidores que ele no Instagram

imagemIggor Cavalera diz que reunião da formação clássica do Sepultura seria incrível, mas...

imagemGregório Duvivier: "Perto de Chico Buarque, Bob Dylan é uma espécie de Renato Russo!"

imagemTravis Barker, do Blink-182, é hospitalizado às pressas e filha pede orações

imagemJoão Gordo diz que não torce pela seleção brasileira de futebol

imagemNovo clipe do Megadeth foi filmado no litoral de São Paulo, veja fotos

imagemQuando Jimi Hendrix chamou Eric Clapton para subir no palco e afinar sua guitarra

imagemCinco nomes do heavy metal que já gravaram músicas do ABBA

imagemAvenged Sevenfold e o álbum do Guns N' Roses que deveria ser mais valorizado

imagemNergal diz que Behemoth é mais que anti-religião e emociona-se com LGBTQ e aborto

imagemVeja diz que David Coverdale só passa vergonha nas redes sociais

imagemMike Portnoy e a música do Rush que virou um grande sucesso do Guns N' Roses

imagemKerry King explica por que não assumiu o posto de guitarrista do Megadeth

imagemMustaine diz que novo álbum tem uma das músicas mais rápidas que o Megadeth escreveu


Stamp

K. K. Downing: Seria muito difícil voltar ao Judas Priest

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 04/03/14

O site METAL TALK conduziu recentemente uma entrevista com o ex-guitarrista do JUDAS PRIEST, KENNETH ‘K.K.’ DOWNING. Alguns trechos traduzidos da conversa podem ser lidos abaixo.

Sobre se ele sentia falta de estar em turnê e tocar para os fãs:

Downing: "As pessoas me dizem o tempo todo, ‘Bem, você sente falta? Pode falar, eu sei que você sente. ’ E minha resposta é fato de que, após 40 anos de uma carreira plena a todo vapor, então eu não vou sentir falta na primeira semana ou mês ou até mesmo um ano. Mas eu acho que chegará o momento quando eu provavelmente eu pensarei…"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Eu acabo de receber uma carta muito gentil de um cara na Costa Rica. E foi realmente bom ler a carta, dizendo que ele meio que sentia minha falta no Priest e coisa e tal. E quando isso acontece, daí torna-se um pouco mais difícil para que eu aceite o fato de que não sou mais parte de tudo aquilo. E quem sabe o que o futuro trará? Quer dizer, eu não sei."

"Eu acho que, no esquema das coisas, eu ainda me considero relativamente jovem e forte, ouso dizer isso. E, como dizem, talvez ainda haja muita lenha pra eu queimar. Quem é que sabe? Mas foi uma carreira longa, e o modo que a indústria musical se transformou, certamente sem melhorar, mas obviamente, como todos sabem, as apresentações ao vivo ainda são fantasticamente…"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"No fim das contas eu acho que o valor de sair em turnê e tocar ao vivo é mais forte e mais popular do que jamais foi, na real. Então isso é muito, muito saudável. Pelo menos todo mundo pode ir lá e apresentar-se ao vivo. E é disso que as bandas mais gostam, de qualquer modo."

Sobre se ele mantém contato com seus antigos colegas de banda:

"Um pouco, ocasionalmente. Foi uma daquelas situações. Foi muito tempo – 40 anos é um tempo muito, muito longo…"

"Com certeza seria difícil voltar pro modo ‘compor e gravar’, creio, porque… eu penso no quanto, quando eu olho pra trás, e sobre o quanto foi conseguido nesse montante de tempo, a tarefa de tentar ficar maior e melhor e mais único torna-se um dever cada vez mais monumental. E eu devo dizer que quando eu vou ver minhas bandas favoritas, eu quero que elas toquem as músicas que eu conheço e amo, não as músicas que eu ainda não ouvi. Vou conseguir gostar dessas músicas novas? Bem, talvez sim. Mas com certeza, em uma apresentação ao vivo, você quer mandar ver e cantar junto."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Judas Priest: 10 composições que merecem mais atenção, pela Ultimate Guitar


Roger Glover: como foi ter produzido Sin After Sin, do Judas Priest



Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.