Mike Portnoy: "talvez seja a hora certa" para fazer biografia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em uma nova entrevista com o Dallas Observer, o ex-baterista do DREAM THEATER e atual THE WINERY DOGS, Mike Portnoy, foi perguntando se considera escrever uma autobiografia. "Na verdade sim", respondeu. "Logo após eu deixar o DREAM THEATER eu fui abordado por diferentes pessoas para fazer isso. Eu passei essa ideia porque tudo ainda era muito sensível. Estes primeiros meses foram muito sensíveis. Estes primeiros meses, o que quer que eu dissesse ia acabar virando manchete na internet e explodir nessa coisa grande e dramática. Então, eu estava realmente tímido neste estágio para fazer um livro. Mas agora que essa poeira baixou, está fazendo quatro anos desde que eu deixei a banda, talvez seja a hora certa. O co-autor que é meu amigo, que fez vários livros com outros músicos, continua me enchendo o saco para fazer um, então vamos ver."

Rolling Stone: Os 500 melhores álbuns da história em lista da revistaBruce Dickinson: punks não sabem tocar e tem inveja do metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Portnoy que co-fundou o DREAM THEATER mais de 27 anos atrás, deixou o abruptamente enquanto estava em uma turnê com o AVENGED SEVENFOLD em 2010. Ele foi substituído por Mike Mangini.

Ele tocou no álbum "Nightmare" de 2010, seguindo a morte do baterista Jimmy "The Rev" Sullivan, e esteve em turnês na segunda metade daquele ano.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Mike Portnoy"Todas as matérias sobre "Dream Theater"


Dream Theater: Jordan Rudess elege seus cinco álbuns preferidosDream Theater
Jordan Rudess elege seus cinco álbuns preferidos

Rock Progressivo: Como Mike Portnoy entende o estilo?Rock Progressivo
Como Mike Portnoy entende o estilo?


Rolling Stone: Os 500 melhores álbuns da história em lista da revistaRolling Stone
Os 500 melhores álbuns da história em lista da revista

Bruce Dickinson: punks não sabem tocar e tem inveja do metalBruce Dickinson
Punks não sabem tocar e tem inveja do metal


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336