Yngwie Malmsteen: Guitarrista se defende da pecha de arrogante

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar Correções  

Ruben Mosqueda, do site Oregon Music News falou com o guitarrista YNGWIE MALMSTEEN sobre sua vindoura turnê GUITAR GODS 2014, que percorrerá a América do Norte em Junho e Julho com um cast composto por ele, Ron "Bumblefoot" Thal, Uli Jon Roth [Scorpions] e Gary Hoey. Entre vários assuntos abordados na conversa, o neoclássico falou sobre sua reputação de arrogante. O que segue abaixo é um trecho traduzido dessa parte da conversa.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Oregon Music News: Eu sei que por muitas vezes sua autoconfiança e seu desejo de expor sua visão podem ter sido interpretadas como arrogância. Eu acho que aqueles que não conversaram com você ou conheceram você tirariam grande proveito de ler ‘Relentless’ [nota: autobiografia do músico], porque daí se darão conta de que você é um sujeito normal.

Malmsteen: Sim, desde que eu era muito jovem eu sempre levei muito a sério o que fazia. Eu tenho uma chance aqui, e eu tenho que fazer isso por mim mesmo. Eu sou como um pintor ou como um compositor clássico porque um compositor não deixaria que outra pessoa escrevesse suas frases de violoncelo ou trechos de sua música – eles a compunham toda por si próprios. Agora, isso pode soar arrogante, mas quando eu coloco meu nome em algo, tem que ser meu trabalho. Goste ou deteste, é minha visão e minha criação. Eu não trabalho no modo tradicional, do modo que a maioria das bandas de rock ou músicos trabalha. Eu gosto de me ver como um pintor. Eu acho que isso transparece no livro, porque, tal qual você disse, a maioria no passado veria isso como arrogância.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Iron Maiden: não daria certo se fossem três Yngwie Malmsteens na guitarraIron Maiden
Não daria certo se fossem três Yngwie Malmsteens na guitarra

Brian May: Bohemian Rhapsody com orquestra de guitarras de Vai, Malmsteen e maisBrian May
"Bohemian Rhapsody" com orquestra de guitarras de Vai, Malmsteen e mais

Jeff Scott Soto: você não trabalha com Yngwie Malmsteen; você trabalha para YngwieJeff Scott Soto
"você não trabalha com Yngwie Malmsteen; você trabalha para Yngwie"

B-sides: O piti no restaurante com Yngwie MalmsteenB-sides
O piti no restaurante com Yngwie Malmsteen

Yngwie Malmsteen: por que Mark Boals dubla Jeff Scott Soto em clipes dos anos 80 e 90Yngwie Malmsteen
Por que Mark Boals dubla Jeff Scott Soto em clipes dos anos 80 e 90


Jeff Scott Soto: cantor dá resposta afiada a Yngwie MalmsteenJeff Scott Soto
Cantor dá resposta afiada a Yngwie Malmsteen

Yngwie Malmsteen: se ele tocasse no Metallica, Queen, Ozzy e outrosYngwie Malmsteen
Se ele tocasse no Metallica, Queen, Ozzy e outros


Separados no nascimento: Edu Falaschi e Luciano HuckSeparados no nascimento
Edu Falaschi e Luciano Huck

AC/DC: os últimos dias do vocalista Bon ScottAC/DC
Os últimos dias do vocalista Bon Scott


Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Goo336 Goo336