Meshuggah: música na trilha sonora do game Wolfenstein

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Jonathan Silva, Fonte: Metal Sucks, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O mais novo jogo da saga Wolfenstein, Wolfenstein: The New Order, foi lançado e com uma pequena contribuição do guitarrista Fredrik Thordendal (Meshuggah) na trilha sonora do game. A faixa intitulada Herr Faust composta pelo guitarrista foi disponibilizada gratuitamente pela Bethesda, produtora do jogo, e você pode ouvir logo abaixo:

Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1991Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Download da faixa:

http://cdn.bethsoft.com/wolfenstein/tno/audio/Fredrik%20Thor...

O enredo de Wolfenstein: The New Order se passa em 1960, em um universo alternativo na qual os nazistas vencem a 2ª Guerra Mundial e dominam o planeta. Foram divulgados alguns trailes de Wolfenstein: The New Order com versões teutônicas de músicas da época, como "House of Risin Sun", do Animals:




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Meshuggah"


Dave Mustaine: Comparando bandas antigas de metal com as atuaisDave Mustaine
Comparando bandas antigas de metal com as atuais

Meshuggah: A linda tatuagem nas costas da modelo russa Olga BellemorMeshuggah
A linda tatuagem nas costas da modelo russa Olga Bellemor


Heavy Metal: os dez melhores álbuns lançados em 1991Heavy Metal
Os dez melhores álbuns lançados em 1991

Metallica: Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou ReedMetallica
Lars Ulrich quase saiu no tapa com Lou Reed


Sobre Jonathan Silva

Jonathan Silva, freak de nascença, é um aspirante medíocre a jornalista e interessado em literatura marginal e vídeo games violentos. Começou a ouvir na infância bandas do mainstream do rock nacional até o momento em que descobriu o Iron Maiden. Daí, começou uma miscelânea de estilos, que vai desde o jazz erudito até o mais barulhento das bandas de grindcore, passando por várias esquisitices sonoras. EM pleno séc. XXI, ainda é um comprador de CDs e DVDs, só que gasta com isso um valor bem menor do que gostaria.

Mais matérias de Jonathan Silva no Whiplash.Net.

adGoo336