Saxon: O Rush era meio que intocável nos anos 80

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Roberto Ferreira Jr., Fonte: Brave Words & Bloody Knuckles, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

BIFF BYFORD, líder do SAXON, é destaque em uma nova entrevista com Greg Prato na Songfacts. Um trecho está disponível abaixo:

Maquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black MetalOzzy Osbourne: "o morcego era quente e crocante"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

SONGFACTS: "Quais foram as suas impressões iniciais da América quando o SAXON tocou aqui pela primeira vez?"


BIFF: "A primeira turnê que fizemos foi com o RUSH na década de 80. O que foi muito bacana porque nós éramos muito fãs do RUSH. Era um lugar fantástico para vir. Ainda é, atualmente. Nós estávamos muito ocupados naquela época. Nós estávamos tocando com o RUSH, estávamos tocando no "Whisky a Go Go" e estávamos em todos os lugares. Estávamos fazendo apresentações na costa oeste dos Estados Unidos. Estávamos voando pra lá e pra cá. Então foi uma época muito bacana, o início dos anos 80."

SONGFACTS: "Existe alguma lembrança de destaque sobre esta turnê com o RUSH?"

BIFF: "Não especificamente com o RUSH. Nós os conhecíamos e nós comíamos com eles e nós nos encontramos bastante, mas nós não tínhamos realmente muito o que fazer com eles. Eles eram meio intocáveis naqueles dias. Mas sim, nós tivemos grandes momentos juntos. Uma vez eles me convidaram pra viajar no ônibus com eles, mas não achei que seria justo que o resto dos caras não estivessem juntos. Meio que deixei quieto... Eu deveria ter ido!"




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Saxon"Todas as matérias sobre "Rush"


Rush: Fatos sobre o Roll The Bones que talvez você não conheça em detalhesRush
Fatos sobre o Roll The Bones que talvez você não conheça em detalhes

Top 20: discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigosTop 20
Discos recentes de bandas clássicas tão bons quanto os antigos


Maquiagem, spikes e sorrisos: conheça o Happy Black MetalMaquiagem, spikes e sorrisos
Conheça o Happy Black Metal

Ozzy Osbourne: o morcego era quente e crocanteOzzy Osbourne
"o morcego era quente e crocante"


Sobre Roberto Ferreira Jr.

Nascido na cidade de São Paulo, mudou-se para o interior ainda pequeno. Baterista há 20 anos, teve seu primeiro contato com a bateria aos 11 e aos 15 já tocava no no circuito underground. Atuando profissionalmente como fotógrafo e câmera man, participou da cobertura de vários shows e festivais. Algumas de suas influências musicais: Jethro Tull, Kansas, Pink Floyd, Motörhead, Black Sabbath, Rolling Stones, Iron Maiden, Rainbow, Deep Purple entre outras. Atualmente está mais focado no som setentista, mais progressivo, mas sem perder o peso do metal.

Mais matérias de Roberto Ferreira Jr. no Whiplash.Net.

adGoo336