Deathstars: "Mal posso esperar para retornar ao Brasil"

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Gisela Cardoso, Fonte: Horns Up
Enviar correções  |  Ver Acessos

Em entrevista ao site brasileiro Horns Up, o guitarrista Nightmare Industries, do Deathstars, falou sobre a nova formação e o novo álbum, além de explicar o porquê da demora de cinco anos para lançar um novo material.

Horror Expo: site diz que fãs de metal fizeram grupo de k-pop cancelar; produtora negaMax Cavalera: "Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Matéria originalmente publicada em:
http://hornsup.com.br/v2/deathstars-mal-posso-esperar-para-r...

HORNS UP - Cat Casino não faz mais parte do line-up da banda e vocês não procuraram um substituto. Por que a banda decidiou continuar somente com 4 integrantes?

NIGHTMARE INDUSTRIES - Para começar, nós não queríamos outra pessoa na banda, pois o Cat é um grande amigo nosso e nós tivemos bons momentos. Também existiria todo o processo de encontrar alguém que trabalhe de forma profissional e privada, e seria trabalhoso encontrar, mesmo se não encontrassemos, acabaria sendo um imenso trabalho para nada. Então, testamos alguns shows somentes nós 4. No início foi estranho entrar no palco sem o quinto integrante, mas depois de um tempo tudo começou a se resolver melhor do que antigamente. Apenas achamos que não precisamos de um outro guitarrista.

HORNS UP - Em sua opinião, esse novo line-up influenciou a sonoridade do novo álbum, "The Perfect Cult"?

NIGHTMARE INDUSTRIES - Não alterou em nada nossa sonoridade, uma vez que Cat não fazia parte do processo criativo da banda. Mas claro que sentimos falta dele em um nível pessoal.

HORNS UP - Você lançaram o novo álbum, "The Perfect Cult", no dia 13 de junho - uma sexta-feira 13. A escolha da data foi intencional?

NIGHTMARE INDUSTRIES - Uma coincidência, o álbum deveria ser lançado uma semana antes, mas devido a alguns problemas, o lançamento foi atrasado em uma semana que acabou caindo na sexta-feira 13. Uma engraçada coincidência!

HORNS UP - "The Perfect Cult" foi gravado em vários estúdios, em Bohus Sound Recording em Kungälv, Gig Studios e Black Syndicate em Estocolmo. Por que vocês tomaram essa decisão?

NIGHTMARE INDUSTRIES - Nós simplesmente escolhemos para que atendesse nosso propósito, nós queríamos trabalhar com Roberto Laghi nas gravações da bateria/guitarras e baixo e ele reside no Bohus Sound Recording, então queríamos gravar os vocais em Estocolmo e geralmente leva um tempo, e por fim no Black Syndicate foram realizadas as edições e os teclados. É muito mais prático do que levar todo meu equipamento para outros estúdios.

HORNS UP - Novamente o álbum é produzido por você. Em sua opinião, quais são os desafios encontrados para produzir seu próprio álbum?

NIGHTMARE INDUSTRIES - O maior desafio é possuir uma mente transparente e fresca para trazer novas ideias, e este é o primeiro ponto que você deve manter quando você produz sua própria música. É muito mais fácil produzir o trabalho dos outros e trazer ideias de fora.

HORNS UP - "The Perfect Cult" é o seu primeiro álbum em cinco anos, sendo que o seu antecessor, "Night Electric Night", fora lançado somente em 2009. Por que houve essa demora para este novo lançamento?

NIGHTMARE INDUSTRIES - Nós estávamos realmente trabalhando duro de 2006 até o final de 2010 e basicamente era um vai e volta de turnês para o processo de criação de novo álbum. Acabamos chegando em um ponto em que quase perdemos a paixão pelo que estávamos fazendo. Nós precisávamos ter um descanso, pois não sabíamos para onde ir neste momento. O descanso não durou mais do que 6 meses, quando o Rammstein nos perguntou se queríamos entrar em uma turnê Europeia com eles. Então, em nosso retorno, voltamos ao estúdio e escrevemos algumas músicas novas e vídeos, e novamente saímos em turnê por mais 6 meses. Após essa turnê decidimos focar totalmente em nosso novo álbum. Com este álbum eu quis ter uma conexão e não somente ter a sensação de estar produzindo algo rápido e simples, por isso não nos apressamos, mas mantivemos a produção e criação do álbum em um bom ritmo. Eu posso ser extremamente perfeccionista quando se trata da produção, e isso pode tomar um tempo extra.

HORNS UP - Com este novo álbum, já podemos esperar um retorno ao Brasil logo?

NIGHTMARE INDUSTRIES - Estamos trabalhando com o nosso empresário e eu espero que logo possamos retornar ao Brasil. Nesse momento estamos tentando fazer algo acontecer para o final de 2014 ou inicio de 2015, mas fiquem ligados em nosso site para novidades. Logo será anunciado algo oficialmente. Muito obrigado pela entrevista, mal posso esperar para voltar ao Brasil!!!!




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Deathstars"


Horror Expo: site diz que fãs de metal fizeram grupo de k-pop cancelar; produtora negaHorror Expo
Site diz que fãs de metal fizeram grupo de k-pop cancelar; produtora nega

Industrial: bandas do gênero que merecem atençãoIndustrial
Bandas do gênero que merecem atenção


Max Cavalera: Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nomeMax Cavalera
"Deveríamos ter demitido aqueles dois e mantido o nome"

Ramones: Perguntas e respostas e curiosidadesRamones
Perguntas e respostas e curiosidades


Sobre Gisela Cardoso

Headbanger, Jornalista, Crítica de Metal, vocalista, instrumentista, anarco-comunista, vegetariana, apaixonada por Mitologia Nórdica e adoradora do Deus Metal. A música me move e as palavras constroem! @GisaGrind.

Mais matérias de Gisela Cardoso no Whiplash.Net.

adGoo336