Duff McKagan: ele não quer ser frontman do Velvet Revolver

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O Hayley Leggs do TotalRock Radio, conduziu uma entrevista com Duff McKagan (WALKING PAPERS, LOADED, GUNS N' ROSES, VELVET REVOLVER), no Hellfest desse ano, que aconteceu entre 20 e 22 de junho na França. Você pode ver o vídeo abaixo e alguns trechos estão transcritos abaixo.

Guns N' Roses: Slash diz que se não estivesse sóbrio, não estaria onde está hojeVocalistas: cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy Metal

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Sobre se ele considerou ser o frontman do VELVET REVOLVER em substituição a Scott Weiland, que foi demitido do grupo em 2008:

Duff: "Eu considerei, mas eu acho que é o tipo de banda que que é melhor ter um lead singer. Eu gosto de fazer música com SLASH [VELVET REVOLVER/ex-GUNS N' ROSES]. Quando nós tocamos, eu gosto de tocar com os guitarristas e com o baterista e poder me movimentar pelo palco. Quando eu canto com o LOADED, eu não posso me mover. Eu estou tocando guitarra e estou cantando. Eu escrevi muitas letras nas músicas, há muitas letras, e eu não posso me afastar do microfone - raramente - exceto quando eu pulo na plateia, e então a banda começa a tocar e eu preciso cantar mais."

Sobre a atual procura de vocalista do VELVET REVOLVER:

Duff: "Nós testamos um cara, na verdade, algumas semanas atrás. Um cara realmente bom, bom vocalista, mas eu não sei se é a combinação certa. Eu recebo e-mails todo momento: 'Ei, veja esse cara.' E então nós temos os e-mails internos rodando também. Slash tem um novo disco saindo, ele vai fazer turnês do jeito que ele faz. Ele gosta de sair por aí."

Sobre seu próximo livro:

Duff: "Estou escrevendo um novo livro: Eu tenho um novo contrato, então eu voltei a escrever bastante. Eu tenho uma coluna no Seattle Weekly há cinco anos, e havia uma coluna que foi chamada: 'Como ser um homem', e é realmente algo engraçado, era realmente uma palhaçada, e eu consegui um contrato desta coluna. É um guia de como fazer coisas que eu aprendi na vida - ser um pai, ser um marido e estar em uma banda de rock. E é como um guia na cidade, mas um guia bem sarcástico. Tem todos os tipos de coisas e histórias e com sorte vai ser um livro engraçado."

Sobre o documentário previamente anunciado que será baseado em suas memórias: "It's So Easy (And other Lies)":

Duff: "Sou um Nerd literário e tenho autores que eu amo [...] E eles queriam que eu fizesse essa turnê de leitura e eu achei que seria algo tedioso e bem pequeno... e eles criaram essa coisa de ter música e vídeo por trás disso e eu lendo... mas algo mais dramático, lendo partes de uns livros, e então há música por trás disso, música ao vivo, parecida com a música do WALKING PAPERS. E eu fiz alguns shows - fiz um em Londres, e fiz um no Rock and Roll Hall Of Fame, uma noite antes, e fiz um em L.A. e Seattle, em um grande teatro e esse diretor disse: 'Eu Adoraria filmar esse show e fazer um documentário'. Não somente sobre mim, mas sobre ascendências, pessoas que ascenderam, que superaram as merdas. Então trouxemos coisas incríveis. Randy Blythe [LAMB OF GOD] estará lá, e esse cara, Steve Gleason, que costumava jogar pela NFL e ele tem ALS [Esclerose Lateral Amiotrófica], então ele só fala com seus olhos agora, mas eu você não saberia disso se o seguisse no Facebook e Twitter, porque ele está sempre fazendo algo para os outros. E ele tem uma esposa e um filho pequeno. Ele gravou sua voz antes de ela ir embora, para seu filho crescer ouvindo-o. Então temos algumas pessoas bem legais e fascinantes no filme. Espero que todos vocês saiam de lá dizendo: 'Porra, eu posso fazer qualquer coisa.'




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Duff McKagan"Todas as matérias sobre "Loaded"Todas as matérias sobre "Velvet Revolver"Todas as matérias sobre "Guns N' Roses"


Guns N' Roses: Slash diz que se não estivesse sóbrio, não estaria onde está hojeGuns N' Roses
Slash diz que se não estivesse sóbrio, não estaria onde está hoje

Guns N' Roses: Deathstroke toca "November Rain" no piano

Gugu Liberato: relembrando encontro com Slash em homenagem ao apresentadorGugu Liberato
Relembrando encontro com Slash em homenagem ao apresentador

Ozzy Osbourne: é de Slash a guitarra da nova música - ouçaOzzy Osbourne
é de Slash a guitarra da nova música - ouça

Guns N' Roses: Not In This Lifetime Tour rendeu mais que meio bilhão de dólaresGuns N' Roses
"Not In This Lifetime" Tour rendeu mais que meio bilhão de dólares

Guns N' Roses: e se Welcome to the Jungle fosse do Rammstein?Guns N' Roses
E se "Welcome to the Jungle" fosse do Rammstein?

Slash: com visual rebelde, filhão completa 17 com carrão na mãoSlash
Com visual rebelde, filhão completa 17 com carrão na mão

Guns N' Roses: Slash parabeniza Neil Young (com certo atraso) pelo InstagramGuns N' Roses
Slash parabeniza Neil Young (com certo atraso) pelo Instagram

Myles Kennedy: quais as semelhanças e diferenças entre Slash e Mark TremontiMyles Kennedy
Quais as semelhanças e diferenças entre Slash e Mark Tremonti

Guns N' Roses: Taylor Hawkins foi aconselhado por Roger Taylor a não entrar na bandaGuns N' Roses
Taylor Hawkins foi aconselhado por Roger Taylor a não entrar na banda

Axl Rose: o que ocorreu quando o confundiram com Bon JoviAxl Rose
O que ocorreu quando o confundiram com Bon Jovi

Guns N' Roses: Steven Adler e o alfinete que faltou antes do showGuns N' Roses
Steven Adler e o alfinete que faltou antes do show


Vocalistas: cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy MetalVocalistas
Cantora clássica analisa cinco ícones do Heavy Metal

Metallica: ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicosMetallica
Ouça apenas o baixo de Cliff Burton em clássicos


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

adGoo336