Matérias Mais Lidas

imagemCinco discos de heavy metal para ouvir sem pular nenhuma faixa

imagemTitãs: traído, o baterista destruiu o quarto; Paulo Ricardo viu na TV a traição

imagemWandinha, da Netflix, resgata banda icônica do Rock em canção com letra sacana

imagemMarko Hietala anuncia retorno ao mundo da música e fãs pedem volta ao Nightwish

imagemO curioso ritual do Fleetwood Mac antes de subir ao palco, revelado por Christine McVie

imagemMetallica: se você achou caro o pacote do Titãs, fuja dos preços da turnê de Hetfield & Cia

imagemA bonita homenagem que Angra fará a Andre Matos em novo álbum, segundo Fabio Lione

imagem"Não há reunião do Pantera sem Vinnie e Dime", afirma espólio de Vinnie Paul

imagemEx-vocalista do Mötley Crüe não bota fé na aposentadoria de Mick Mars

imagemFãs não perdoam e reclamam da bateria de Lars Ulrich em novo single do Metallica

imagemCinco músicos que nunca voltarão para as bandas que os consagraram

imagemO motivo pelo qual Steven Tyler disse que "daria na cara" de Elvis Presley

imagemJohn Lennon sentia que seu filho Julian "queria que Paul McCartney fosse seu pai"

imagemA importância da ex-esposa de James Hetfield em sua luta contra o alcoolismo

imagemSupergrupos: Os melhores e piores na opinião da Metal Hammer


Stamp
Summer Breeze

Chad Gray: vocalista afirma que o Mudvayne ainda não acabou

Por Fernando Portelada
Fonte: Blabbermouth
Postado em 20 de agosto de 2014

O frontman do HELLYEAH, Chad Gray, disse que o MUDVAYNE ainda não acabou, por mais que o companheiro de longa data nesta banda, Greg Tribbett fora amargamente dispensado do HELLYEAH antes da gravação do quarto álbum da banda, "Blood For Blood".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando perguntado, na nova edição da Revolver Magazine, se a saída de Greg do HELLYEAH o atingiu de forma especialmente forte, visto que os dois começaram a tocar juntos no MUDVAYNE, Chad disse: "Sim, cara. Ele sempre foi meu braço direito. Ele me dá cobertura quando estou compondo e é ele que rebate minhas ideias. Quando tudo correu para a sarjeta, foi como perder um grande amigo. Eu estava cheio de medo e diferentes emoções. No começo, foi como: 'Eu não sei se vou conseguir fazer isso sem ele.'"

Questionado diretamente se o MUDVAYNE está oficialmente terminado, Chad respondeu: "Eu acho que não. Nós ainda nos falamos. Não estou pronto para colocar a lápide em nada ainda."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Faz mais de quatro anos desde que o MUDVAYNE lançou seu quinto álbum autointitulado e pouco foi ouvido da banda desde então. Mas ao fim de 2010, em uma entrevista com o blog de música Warwick, o baixista do grupo, Ryan Martinie, discutiu sobre a banda quase que inteiramente no passado. Quando perguntado sobre a evolução musical do quarteto, Martinie disse: "Eu acho que o que fizemos teve valor. Tornou-se uma grande engrenagem na música, de alguma forma. Nós somos uma peça da história musical agora... Nós estávamos somente respondendo ao ambiente. Eu sempre vi a banda como um aspecto importante em minha vida, como algo que deveria nos levar a lugares positivos."

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

O MUDVAYNE não fez turnês com o quinto álbum, que foi fracamente promovido e teve baixas vendas em seu lançamento.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Siga Whiplash.Net: Facebook | Instagram | Twitter | YouTube

Receba as novidades do Whiplash.Net por WhatsApp


Samael Hypocrisy


[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]
[an error occurred while processing this directive]

Serial Killers: As 10 melhores músicas sobre assassinos da vida real

Mudvayne: Suas 10 melhores músicas, pela Classic Rock History

Hellyeah: "Metal salvou minha vida inúmeras vezes", diz Chad Gray

Aerosmith: curiosidades sobre a voz de Steven Tyler

Os dez maiores picaretas da música internacional


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada.