Robert Plant: inspiração, o fim do Led e os cabelos longos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Fernando Portelada, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 29/09/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

Robert Plant está promovendo seu novo álbum, “Lullaby … and the Ceaseless Roar,” e sua jornada lhe levou ao “CBS This Morning” em 22 de setembro, onde falou sobre a sensação libertadora de compor um novo álbum com material original após passar anos focado nas músicas cover.

4462 acessosLed Zeppelin: música fez diretor de Thor Ragnarok ser contratado5000 acessosBruce Dickinson: sua coleção de clássicos do Metallica

“Estar inspirado é uma coisa incrível”, ele contou aos seus anfitriões, sobre o período de tempo após suas colaborações com Alison Krauss, Patty Griffin Buddy Miller. “Eu estava fazendo covers, sempre fazendo outras músicas, belas peças. Músicas que eu nunca poderia ter escrito, porque venho de outra visão musical, então voltar para o Reino Unido e criar algo realmente novo é fantástico.”

Plant também discutiu seu amor com a música e a história do delta do Mississippi, que relembra ter começado quando músicos de blues dos EUA fizeram turnês pela Grã Bretanha em meados dos anos 1960: “Os arrepios e as lágrimas, tudo que eu vi nessa área. Eu queria visitar e visitar e visitar”, lembrou, adicionando que por mais que as turnês não deixem muito tempo para conhecer a região, ele tomou a decisão de viajar pelo local: “Quando eu tive tempo nas mãos, eu realmente comecei a estudar e tentar sentir o que vinha de nosso passado.”

Novamente, ele reiterou o desejo de se afastar do ZEPPELIN após a morte de John Bonham em 1980, explicando: “Você tinha somente que pegar suas coisas e partir. A essência de um quarteto está em seus quatro elementos, e nós tocávamos juntos desde que tínhamos 16 anos. E ficou um grande buraco em nossas vidas. Eu achei que era tempo de deixar o passado para trás, entende?”

Um dos âncoras apontou que por mais que sua música tenha evoluído, o cabelo de Plant continua mais ou menos o mesmo, e perguntou de brincadeira se ele um dia considera cortá-lo: “Quando acabar a carreira. Eu acho. Quando tudo acabar, eu acho que meus filhos vão vende-lo.”

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

Mais comentários na Fanpage do site, no link abaixo:

Post de 29 de setembro de 2014


Led ZeppelinLed Zeppelin
Música fez diretor de Thor Ragnarok ser contratado

1621 acessosLed Zeppelin: Robert Plant descarta novamente reunião da banda794 acessosRobert Plant: veja duas músicas do novo álbum em programa de TV0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Led Zeppelin"

Demonstrações de afetoDemonstrações de afeto
Fotos de rockstars que já se beijaram

VH1VH1
As 100 melhores músicas de hard rock

Steve VaiSteve Vai
A música que o fez querer ser guitarrista

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Robert Plant"0 acessosTodas as matérias sobre "Led Zeppelin"


Bruce DickinsonBruce Dickinson
Sua coleção de clássicos do Metallica

MetallicaMetallica
Prejudicando as finanças da Igreja Universal

SlipknotSlipknot
"Para cada Mustaine falando merda há um Hetfield"

5000 acessosRock In Rio: "O cara que quer ver o Metallica ou o Iron Maiden ama repetição"5000 acessosHeavy Metal: as trinta maiores bandas de países diferentes5000 acessosDoors - Perguntas e Respostas5000 acessosAdivinhe Quem é o #1: Os 250 artistas mais vendidos da história5000 acessosMegadeth: Mustaine diz que novo álbum tem riffs do demônio4994 acessosRammstein: a polêmica capa inspirada em obra de Rembrandt

Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online