Robert Plant: inspiração, o fim do Led e os cabelos longos

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Ultimate Classic Rock, Tradução
Enviar Correções  

Robert Plant está promovendo seu novo álbum, "Lullaby … and the Ceaseless Roar," e sua jornada lhe levou ao "CBS This Morning" em 22 de setembro, onde falou sobre a sensação libertadora de compor um novo álbum com material original após passar anos focado nas músicas cover.

Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular "Simple Man"

Eagles: o significado da clássica "Hotel California"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

"Estar inspirado é uma coisa incrível", ele contou aos seus anfitriões, sobre o período de tempo após suas colaborações com Alison Krauss, Patty Griffin Buddy Miller. "Eu estava fazendo covers, sempre fazendo outras músicas, belas peças. Músicas que eu nunca poderia ter escrito, porque venho de outra visão musical, então voltar para o Reino Unido e criar algo realmente novo é fantástico."

Plant também discutiu seu amor com a música e a história do delta do Mississippi, que relembra ter começado quando músicos de blues dos EUA fizeram turnês pela Grã Bretanha em meados dos anos 1960: "Os arrepios e as lágrimas, tudo que eu vi nessa área. Eu queria visitar e visitar e visitar", lembrou, adicionando que por mais que as turnês não deixem muito tempo para conhecer a região, ele tomou a decisão de viajar pelo local: "Quando eu tive tempo nas mãos, eu realmente comecei a estudar e tentar sentir o que vinha de nosso passado."

Novamente, ele reiterou o desejo de se afastar do ZEPPELIN após a morte de John Bonham em 1980, explicando: "Você tinha somente que pegar suas coisas e partir. A essência de um quarteto está em seus quatro elementos, e nós tocávamos juntos desde que tínhamos 16 anos. E ficou um grande buraco em nossas vidas. Eu achei que era tempo de deixar o passado para trás, entende?"

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Um dos âncoras apontou que por mais que sua música tenha evoluído, o cabelo de Plant continua mais ou menos o mesmo, e perguntou de brincadeira se ele um dia considera cortá-lo: "Quando acabar a carreira. Eu acho. Quando tudo acabar, eu acho que meus filhos vão vende-lo."




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Lynyrd Skynyrd: a história da espetacular Simple ManLynyrd Skynyrd
A história da espetacular "Simple Man"

Eagles: o significado da clássica Hotel CaliforniaEagles
O significado da clássica "Hotel California"


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor Goo336x280