Vinnie Paul: o rock não está morto e nunca vai morrer

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Fernando Portelada, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar Correções  

O ex-baterista do PANTERA, e atual HELLYEAH, Vinnie Paul Abbott, respondeu aos comentários do baixista/vocalista do KISS, de que o "rock está morto."

Guns N' Roses: a família brasileira de Axl Rose

Phil Anselmo: mandou um "White Power" mas nega ser racista

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Quando perguntado para comentar os comentários de Simmons, Abbott falou ao Upstate Live: "Eu acho que Gene estava falando de uma perspectiva diferente. Nós estamos falando, se você olhar par as bandas que ainda estão no topo das listas de grandes festivais, ainda é o KISS, ainda é o MOTLEY CRUE, ainda é o METALLICA. São as mesmas bandas que estavam fazendo isso há quinze ou vinte anos atrás. Não tivemos bandas que que se tornaram tão grandes quanto estas. Então eu acho que essa é a perspectiva que ele tem."

Ele continua: "Quanto ao rock e o metal estarem mortos, é impossível que ele um dia morra. É a maior forma de música que já existiu. As pessoas amam e ainda apoiam isso. Algumas vezes ele passa por fases de maior ou menor popularidade. Infelizmente, com todos esses downloads acontecendo, é cada vez mais difícil para artistas fazerem turnês, especialmente bandas mais novas que ainda estão começando. Mas ainda há pessoas aí fora lutando. Nós [HELLYEAH] estamos lá fora, o FIVE FINGER DEATH PUNCH está lá, o VOLBEAT está lá, há várias bandas aí fora que estão fazendo isso. Não estou indo embora. Isso mudou muito de quando você ia comprar álbuns do PANTERA, e não CDs, mas ou você entra na fila ou fica de lado."

*Fernando Portelada acha impressionante como todos se esquecem do AVENGED SEVENFOLD

**Haters gonna hate




Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Guns N' Roses: a família brasileira de Axl RoseGuns N' Roses
A família brasileira de Axl Rose

Phil Anselmo: mandou um White Power mas nega ser racistaPhil Anselmo
Mandou um "White Power" mas nega ser racista


Sobre Fernando Portelada

25 anos, Blogger, Podcaster, Gamer, Leitor de Quadrinhos, Ouvinte de Rock, Jornalista, e chato acima de tudo. Ouviu Imaginations From The Other Side do Blind Guardian aos 13 anos, emprestado por um amigo de escola. Ainda é um de seus álbuns preferidos.

Mais matérias de Fernando Portelada no Whiplash.Net.

Goo336x280 GooAdapHor