Hellyeah: Vinnie Paul se preocupava com morte prematura, afirma guitarrista

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Mateus Ribeiro, Fonte: Blabbermouth, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

O guitarrista do Hellyeah, Tom Maxwell, recentemente falou com o Midwest Beatdown. É claro que em dado momento da entrevista, o nome do baterista Vinnie Paul (falecido em junho de 2018) foi citado.

Legião Urbana: Eduardo e Mônica, uma análise psico-neuróticaChris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morte

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Segundo Tom, Vinnie estava muito preocupado em morrer de forma prematura, ainda mais com o grande número de pessoas do mundo da música que estavam falecendo cedo demais."Toda vez que havia uma morte de um dos nossos colegas - os Cornell e todos - ele sempre ficava surpreso com isso; sempre temia que isso acontecesse com ele. E ele estava sempre checando constantemente a pressão arterial. Eu só queria que ele tivesse ido ao médico mais cedo. Talvez eles tivessem descoberto alguma coisa. Eu não sei. Porque ele estava sempre com muito medo de que esse tipo de coisa fosse vai acontecer, e aconteceu. É bizarro ".

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

Infelizmente, Vinnie de fato faleceu de forma prematura. A notícia fica ainda mais triste e assustadora por ter sido divulgada na semana que seu amado irmão completaria mais um ano de vida (Dimebag nasceu em 20 de agosto de 1966).

O Hellyeah ainda está na ativa, sendo que Roy Mayorga, do Stone Sour, é o substituto de Vinnie.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Hell Yeah"Todas as matérias sobre "Pantera"Todas as matérias sobre "Vinnie Paul"


Vinnie Paul: O Linkin Park é a única banda grande desse séculoVinnie Paul
"O Linkin Park é a única banda grande desse século"

Phil Anselmo: Sem Vince, não há reunião do PanteraPhil Anselmo
"Sem Vince, não há reunião do Pantera"


Legião Urbana: Eduardo e Mônica, uma análise psico-neuróticaLegião Urbana
Eduardo e Mônica, uma análise psico-neurótica

Chris Cornell: relatório policial descreve últimas horas e morteChris Cornell
Relatório policial descreve últimas horas e morte


Sobre Mateus Ribeiro

Fanático por Ramones, In Flames e Soilwork. Limeirense com muito orgulho (e sotaque).

Mais matérias de Mateus Ribeiro no Whiplash.Net.

adGoo336