Matérias Mais Lidas

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemBruce Dickinson revela qual é sua música preferida do Iron Maiden

imagemRock in Rio libera ingressos extras e novamente dia do metal é único que não esgota

imagemNova Fã que descobriu Metallica por Stranger Things quer cancelar banda e reúne provas

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemOzzy Osbourne revela de qual de seus álbuns Lemmy Kilmister mais gostava

imagemJoão Gordo se reencontra com o amigo Iggor Cavalera; "Agora falta zerar com o vovô"

imagemO clássico dos Paralamas do Sucesso que Lobão acusou de plágio

imagemSteve Perry revela o motivo ter recusado substituir Dave Lee Roth no Van Halen

imagemA opinião de Brian May sobre Lemmy Kilmister e o Motörhead

imagemIron Maiden e o Rock in Rio: em detalhes, o que exatamente a banda pediu para o evento

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemO hit de Nando Reis inspirado em clássico do Led Zeppelin e na relação com sua mãe

imagemKing Diamond fala sobre retorno do Mercyful Fate; "Isso não é uma reunião"


Stamp

Korzus: Pompeu fala do novo disco, Legion

Por Júlio Verdi
Fonte: Ready to Rock
Em 08/10/14

O Korzus é reconhecido e respeitado pela maioria dos fãs da música pesada nacional como uma das maiores instituições no estilo thrash do país. Enquanto nosso maior representante internacional, o Sepultura, mesclou, ao longos dos anos, elementos variados em sua música, o Korzus manteve-se firme às raízes agressivas e clássicas do thrash. Depois do super brindado e excepcional "Discipline of Hate" (2010), a banda lança (em escala mundial) nas próximas semanas seu novo álbum, "Legion". Batemos um papo com Marcello Pompeu, vocalista da banda, sobre o lançamento e outros tópicos que envolvem o Korzus e a cena do metal nacional.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

ReadytoRock - O Korzus estará lançando em breve "Legion", sétimo disco de estúdio da banda, celebrando 31 anos de carreira. Lá em 1983, você imaginaria que a banda chegasse a este patamar?

Marcello Pompeu - Nunca bro, fico muito feliz com isso, saber que fiz da minha vida a minha paixão é muito legal.

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

RR - Eu considero "Discipline of Hate" (2010) a melhor produção do Korzus, pois além da tradicional qualidade das composições, o trabalho tem uma qualidade sonora fantástica. O que podemos esperar do "Legion", em termos de musicalidade e produção?

Pompeu – Bom, eu acho melhor... mas sou suspeito... (risos)

RR - "Legion" manterá a tradição da banda de incluir um faixa em português?

Pompeu - Sim, a faixa chama-se "Vampiro".

RR - Qual a previsão de lançamento de "Legion"?

Pompeu - Dia 24 de outubro na Europa e Brasil, e dia 2 de novembro nos Estados Unidos.

Anunciar bandas e shows de Rock e Heavy Metal

RR - Nestas três décadas muita gente (onde me incluo também) considera o Korzus a principal banda de thrash tradicional (vamos dizer assim) do Brasil, respeitada e reverenciada por dezenas de bandas que fazem música pesada em nosso país. Como é se sentir referência para uma nova geração de músicos?

Pompeu – Bom, nunca pensei nisso, mas se for mesmo é uma grande honra saber que nosso trabalho estimula novos músicos, novas bandas, pois nosso objetivo é deixar a cena brasileira muito forte em todos os termos e seguimentos do metal. Estamos muito felizes como as coisas estão indo aqui no Brasil, vemos que nossa batalha não foi em vão.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

RR - O Korzus esteve algumas vezes em turnês internacionais. Como é o hoje o mercado de shows, norte americano e europeu, para a banda?

Pompeu - Quando surge algo que realmente vai de encontro com nossas necessidades, e com a nossa visão do que é o melhor para o Korzus, nós fazemos. Agora, se for papinho... mimimi... pegadinha, a gente tá fora bro. O Korzus não precisa de farelo porque já tem seu mercado aqui, se for pra ir pra fora, tem que ser bola 7.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

RR - Em entrevistas há algum tempo você dizia que o crescimento da banda se deu pelo conceito adotado de tratá-la como uma empresa, onde cada membro teve sua responsabilidade definida. Este modelo continua funcional para a banda?

Pompeu - Sim, é isso que nos torna fortes e acima de tudo.

RR - O Korzus teve lançada sua licença própria de cerveja, a exemplo de várias outras bandas nacionais. Essa aderência do nome da banda a outros produtos de marketing seria uma ferramenta para agregar mais visibilidade à divulgação da sua musica?

Pompeu - Não, simplesmente para explorar mais a marca e nosso nome. Cerva é negócio, metal é musica.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

RR - Uma pergunta que sempre faço às bandas que entrevisto e não seria diferente com o Korzus. Como você vê o atual mercado de shows nacional, no tocante obviamente à seara do heavy metal?

Pompeu - Na música, especialmente a pop é uma merda, só tem música de ladrão e mina ligeira. No metal as coisas estão crescendo, a qualidade aumentando e banda boa tem público. Banda ruim, enquanto não melhorar, vai ficar reclamando. Isso faz parte, e o principal é que a renovação esta ótima.

RR - Você atua também como produtor e tem contato com muitas bandas novas. Algum nome específico que você vê como possibilidade de se tornar também uma grande banda do metal nacional?

Pompeu – Sim. A Nervosa, por exemplo, já é. A cena metalcore/hardcore está forte. A nova onda do novo thrash cantado em português está tomando uma dimensão fantástica. Tem também o Noturnall, Tierra Mystica, Terra Prima, Válvera, Jack Devil, Woslon, enfim, várias bandas fazendo barulho e movimentando muito a cena.

Divulgue sua banda de Rock ou Heavy Metal

RR - Nem vou discutir sobre o impacto da tecnologia no mercado da música (pois é algo irreversível). Apenas questionar se a febre popular das redes sociais é uma ferramenta que ajuda de forma relevante o Korzus, na demanda de shows, por exemplo?

Pompeu - Você tem que se adaptar senão morre, e o Korzus também está adaptado ou adaptando-se, sei lá... Mas estamos ligados em tudo o que rola nesse sentido.

RR - Até onde você acredita que o Korzus se manterá forte e ativo? Vemos nomes como Black Sabbath e Judas Priest lançando discos maravilhosos, praticamente no final de suas carreiras, com seus músicos passando dos 60 anos. Claro que trata-se de estilos bem diferentes da música agressiva e enérgica que o thrash representa. Na sua visão, até quando nomes como Slayer, Kreator, Sepultura e Korzus poderão manter-se nesse padrão de música extrema?

Pompeu - Até (onde) a saúde deixar... (risos) Todos nós vamos precisar dela para ir até onde ainda não imaginamos, nem que seja no inferno... (risos)

Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva

RR - Obrigado por sua atenção, e tenho certeza de que "Legions" será outra grande obra do Korzus, mantendo-o no topo do estilo no país. Fique à vontade para deixar alguma mensagem para nossos leitores.

Pompeu - Obrigado pelo espaço e se preparem - o "LEGIONS" está chegando pra abalar. Abraços a todos e fé no metal brasileiro, vejo vocês no mosh pit.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Dream Theater 2022


publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Rafael Bittencourt e Marcello Pompeu fazem versão incrível de "Admirável Gado Novo"

Marcello Pompeu indicará outras pessoas com necessidades a quem lhe ofereceu emprego

Novo álbum, regravação e mais: os próximos planos do Korzus segundo Pompeu

Marcello Pompeu fala sobre quem criticou ou sensacionalizou post pedindo emprego

Post com pedido de emprego deixou Marcello Pompeu mais próximo dos fãs

Por que o Korzus demora tanto para lançar álbuns? Pompeu responde

Marcello Pompeu diz que problema financeiro não tem a ver com cena ou governos

Dez ótimas músicas gravadas por bandas de rock/metal que não são cantadas em inglês

Em longa entrevista, Marcello Pompeu abre o jogo sobre post pedindo emprego

Marcello Pompeu diz que rifas estão no fim e agradece fãs pelo reconhecimento do legado

Marcello Pompeu agradece mobilização de fãs

Korzus: Marcello Pompeu recebe prêmio de melhor produtor musical de 2021

Marcello Pompeu, em busca de emprego, pede ajuda a seguidores

Ralf, da dupla Christian & Ralf, se empolga com show do Korzus em Belo Horizonte

Dez ótimas músicas gravadas por bandas de rock/metal que não são cantadas em inglês

Como Jimmy trouxe músicos do Korzus, Angra e Torture Squad para o Matanza Ritual

Black Sabbath: ícones do metal nacional se despedem da banda

Metallica: a letra que fez Hammett e Hetfield chorarem

Slash: por que ele usa óculos escuros o tempo todo?


Sobre Júlio Verdi

Júlio Verdi, 45 anos, consome rock desde 1981. Já manteve coluna de rock em jornal até 1996, com diversas entrevistas e resenhas. Mantém blogs sobre rock (Ready to Rock e Rock Opinion) e colabora com alguns sites. Em 2013 lançou o livro ¨A HISTÓRIA DO ROCK DE RIO PRETO¨, capa dura, 856 páginas, trazendo 50 de história do estilo na cidade de São José do Rio Preto/SP, com centenas de fotos, mais de 250 bandas, estúdios, bares, lojas, festivais e muitos outros eventos. Curte rock de todas as tendências, em especial heavy metal e thrash metal.

Mais matérias de Júlio Verdi.