Matérias Mais Lidas

imagemSteven Tyler dá entrada em clínica de reabilitação após sofrer recaída

imagemVital, o ex-Paralamas que virou nome de música e depois foi pro Heavy Metal

imagemMark Tremonti, do Alter Bridge, revela que é grande fã de lendária banda de metal

imagemO que Adrian Smith descobriu ao retornar ao Iron Maiden

imagemShavo Odadjian, baixista do System Of A Down, conta quais álbuns mudaram sua vida

imagemMarcello Pompeu agradece mobilização de fãs

imagemA opinião de Arnaldo Antunes sobre a competição interna que havia nos Titãs

imagemAs composições de Paul McCartney nos Beatles preferidas de John Lennon

imagemRegis Tadeu explica porque Ximbinha é um dos melhores guitarristas do Brasil

imagemMetallica libera vídeo de mais uma música tocada no show em São Paulo; assista aqui

imagemNick Mason relembra a época que o Pink Floyd desastrosamente tentou tocar reggae

imagemNicko McBrain, do Iron Maiden, mostra o seu novo (e enorme) kit de bateria

imagemA fundamental diferença entre Paulo Ricardo e Schiavon que levou RPM ao fim

imagemIrmãos Cavalera tocam "Beneath The Remains" em show nos EUA; assista vídeo

imagem"Eu não tinha ideia de quão grande o Maiden iria ficar", diz Bruce Dickinson


Stamp

W. Axl Rose: EP do Rapidfire finalmente à venda - ouça prévia

Por Nacho Belgrande
Fonte: Playa Del Nacho
Em 16/11/14

Antes do HOLLYWOOD ROSE e do GUNS N’ ROSES, W. AXL ROSE já iniciara sua estelar trajetória em outra banda dentre as tantas que só ficaram na memória da cena rock dos anos 80 em Hollywood, o RAPIDFIRE.

Composta por Mike Hamernik [baixo], Chuck Gordon [bateria] e pelo fundador Kevin Lawrence [guitarra], a banda foi a primeira a perceber o real potencial do nativo de Indiana que vagava pelas ruas de Los Angeles tentando a sorte como músico.

Ao longo das três últimas décadas, Kevin tem tentado fazer com que o material gravado com Axl finalmente chegue ao público, e havia sido malfadado em todas suas tentativas, até que eventos trágicos em sua vida pessoal o levaram a, em maio de 2013, decidir que aquelas músicas seriam lançadas comercialmente, gostasse Axl ou não, tentando ele impedir a empreitada ou não.

Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

E eis que agora, pelo menos no formato digital, cinco faixas, "Ready To Rumble", "Prowler", "Closure", "On The Run" e "All Night Long", todas já esboçando o timbre de voz – ainda bastante tímido e pouco desenvolto – de Rose que mais tarde, empostado de maneira mais ousada, o tornaria conhecido.

Cada faixa custa 99 centavos de dólares e tem prévias em áudio disponíveis clicando aqui.

Como consegui viver de Rock e Heavy Metal

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp


Steven Adler: memórias perdidas com Lars Ulrich e John 5

Guns N' Roses: comova-se com entrevista perdida de 1988



Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande.