Rivalidade: Beatles versus Beach Boys

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Por Diego Machado, Fonte: Diego Machado
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 16/11/14. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?

As duas maiores instituições da música inglesa, por seu tamanho e sua história, sempre foram colocadas como rivais desde os anos 60 e falar de BEATLES versus ROLLING STONES é certeza de audiência/cliques em qualquer matéria publicada. Mas definitivamente os STONES nunca foram rivais verdadeiros dos BEATLES, na verdade eram como amigos de colégio que se formaram juntos, mas que o tempo e a distancia os afastaram, mas a amizade de certa forma sempre permaneceu.

962 acessosPaul McCartney: "Sgt. Peppers foi um risco e sabíamos disso."5000 acessosApocalyptica: "Natal na Finlândia é um período negro"

Se você duvida da amizade entre eles, basta lembrar são dos BEATLES o primeiro single dos STONES: I Wanna Be Your Man. Fora isso, os Stones nunca tiveram a diversidade musical como uma marca registrada, sua maior característica sempre foi um rock calcado no blues, é com esse estilo que eles sobrevivem até hoje. Mas então qual é a banda que rivaliza de verdade com os BEATLES? Resposta: a banda da família Wilson, os americanos THE BEACH BOYS.

Os BEACH BOYS, formados por Mike Love, Carl Wilson, Al Jardine, Dennis Wilson e pelo gênio Brian Wilson, tiveram álbuns revolucionários, shows memoráveis, evolução musical álbum após álbum e amadurecimento artístico, apesar de não terem tido o sucesso comercial que os STONES tiveram, muito pelos problemas que os americanos tiveram desde o final dos anos 70.

Brian Wilson, o gênio criativo e “dono da bola”, liderou os garotos enquanto pôde durante a competição velada de quem fazia o melhor álbum dos anos 60 entre BEATLES e BEACH BOYS, ambos em seus respectivos auges criativos. A obra prima "Pet Sounds" é reconhecida como um dos maiores álbuns já gravados em todos os tempos. Mas mesmo os primeiros discos, onde eles cantam sobre as praias, o surf e o amor adolescente, são de ótima qualidade. Clássicos dessa época como "Surf In USA", "Barbara Ann", "Surfin Safari" e "Fun, Fun, Fun" são totalmente comparáveis aos clássicos dos primeiros discos dos BEATLES. Porém o grande diferencial são as perfeitas harmonias vocais dos americanos, que seriam a maior influencia deles nos Beatles.

Paul McCartney e Brian Wilson duelaram durante alguns álbuns, tentando levar suas respectivas bandas a superarem umas às outras em termos criativos, técnicos e de vanguarda. O álbum "The Beach Boys Today!" de 1964, é a base para a criação de "Rubber Soul" dos BEATLES, onde ambos discos mostram as bandas saindo de sua zona de conforto e começando a experimentar novas possibilidades em estúdio. "Rubber Soul" e "Revolver" são as inspirações para o genial "Pet Sounds" dos BEACH BOYS. Para Paul McCartney, que na época liderava com mão de ferro os BEATLES, o disco dos BEACH BOYS é o melhor disco já gravado que ele já ouviu, e foi aí que ele se propôs a mudar de patamar essa competição e capitaneou as gravações de "Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band". Brian Wilson, sabendo que os BEATLES estavam em estúdio para superar seu "Pet Sounds", já preparava também sua contra-ofensiva, uma resposta ao "Sgt. Peppers" mesmo antes do lançamento do mesmo: o disco "Smile". A amostra desse trabalho foi o single e clássico "Good Vibrations" que deixou o mundo da música ainda mais ansioso pelo disco.

Mas a vida de Brian Wilson, que já estava afastado das apresentações ao vivo, enfurnado no estúdio, abusando de drogas e compondo e criando "Smile", ao ouvir a obra prima do BEATLES, sucumbiu e disse “ninguém pode fazer nada melhor do que isso, pra mim, já deu!”. O resultado foi um colapso nervoso, o abandono do projeto em criação pela metade e o um diagnóstico de esquizofrenia. O disco foi finalizado somente em 2004 como um álbum solo de Wilson e mesmo depois de quase 40 anos, o disco mostrava a evolução dos BEACH BOYS como uma banda adulta e criativa. Um disco que, se não fosse superar "Sgt Peppers", certamente estaria entre um dos clássicos dos anos 60.

O que veio depois da desistência do disco "Smile" foram muito mais derrotas do que vitórias para os americanos: afastamento de Brian Wilson da música durante anos, a morte de seus irmãos Denis e Carl Wilson, brigas judiciais e Mike Love carregando o nome da banda em shows pelo mundo. A banda voltou ao estúdio com todos os integrantes vivos para celebrar os 50 anos em 2011, lançando um disco de inéditas e fazendo algumas poucas apresentações, que infelizmente não vieram ao Brasil, e logo se separaram novamente, ficando somente Mike Love como membro original.

Tive a oportunidade de assistir ao show deles aqui no Brasil em 2009 e me senti triste pelo descaso que os produtores brasileiros fizeram com eles. Houve uma péssima divulgação, ingressos a preços absurdos, uma data que não favorecia (show numa terça feira é complicado), entre outras coisas e o resultado foi uma casa que tinha no máximo 50% de sua capacidade de lotação. Mesmo assim, Mike Love fez valer cada centavo pago e fez o público viajar pelos anos 60, com seu carisma, uma banda de contratados competentes, e um show impecável para quem esperou uma vida para vê-los. Foi uma pena o tratamento dispensado a eles pelos produtores, a instituição BEACH BOYS, mesmo só tendo Mike Love em sua linha de frente, merecia muito mais. Afinal, somente eles conseguiram rivalizar com os Beatles.

5000 acessosQuer ficar atualizado? Siga no Facebook, Twitter, G+, Newsletter, etc

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+Compartilhar no WhatsApp

Paul McCartneyPaul McCartney
De volta ao Brasil no final do ano, diz jornal

962 acessosPaul McCartney: "Sgt. Peppers foi um risco e sabíamos disso."582 acessosBeatles: Sgt. Peppers vai ganhar versão mega especial de 50 anos2017 acessosRingo Starr: quem é maior, Beatles ou Justin Bieber?3580 acessosBeatles: documentário será lançado no cinema em Maio1041 acessosThe Beatles: tracklist detalhado da nova edição do "Sgt. Peppers"0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Beatles"

HeróisHeróis
Astros da música transformados em heróis de HQ

Phil CollinsPhil Collins
Após conversa "arrogante", não gostou de McCartney

Capas de álbunsCapas de álbuns
Agora com gatos em discos clássicos

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Beatles"0 acessosTodas as matérias sobre "Beach Boys"

ApocalypticaApocalyptica
"Natal na Finlândia é um período negro"

Guns N RosesGuns N' Roses
Show no Troubadour marca a "era do reboot"

HumorHumor
Não basta um machado na mão para ser Black Metal

5000 acessosOzzy e Lemmy: mansão luxuosa, apartamento como caverna5000 acessosJames Hetfield: "fico deprimido quando não pego a guitarra"5000 acessosRush: Neil Peart leva vida complicada e sofre para tocar ao vivo5000 acessosAvantasia: 10 músicas essenciais da Metal Opera5000 acessosDio: algumas curiosidades inusitadas sobre o vocalista5000 acessosMetallica: banda improvisa "Enter Sandman" em supermercado

Sobre Diego Machado

Autor sem foto e/ou descrição cadastrados. Caso seja o autor e tenha dez ou mais matérias publicadas no Whiplash.Net, entre em contato enviando sua descrição e link de uma foto.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em fevereiro: 1.218.643 visitantes, 2.740.135 visitas, 6.216.850 pageviews.

Usuários online