Bandas locais: dicas sobre carreira, sucesso e apoio à cena (de verdade)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Por Leonardo Daniel Tavares da Silva, Fonte: Digital Music News, Tradução
Enviar correções  |  Ver Acessos

Ari Herstand é um cantor e compositor de Los Angeles e é o criador do blog de mercado musical Ari's Take (http://aristake.com). Neste artigo, ele dá algumas dicas para bandas locais sobre apoio à cena e como atingir o sucesso. Siga-o no Twitter: @aristake.

Vegetarianismo: Nomes do Rock e do Metal que não comem carneAngra: versões bizarras de músicas da banda

1. Avacalhar outras bandas da sua cena não está sendo ruim para a reputação delas. Está sendo ruim para a sua.

2. Portar-se desinteressado com braços cruzados no fundo da sala durante o show de outras bandas não faz de você um cara bacana. Cantar junto na frente do palco faz.

3. Parecer com um rock star não é tão importante quanto soar como um.

4. Imagem é realmente importante. Calções de surf são para papais em um churrasco. Não para músicos em um palco.

5. Ser respeitoso e amigável vai te levar muito mais longe que ser superior e direto.

6. Ir aos shows de outras bandas é A coisa mais importante que você pode fazer para apoiar sua cena.

7. Os guardiões da sua cena são amigos entre si. Se você se der bem com um deles, vai se dar bem com todos. Se você fizer merda com um deles, prepare-se para entrar numa lista negra.

8. Você não precisa pressionar para emplacar um show. Você precisa de uma forte ética de trabalho

9. Materiais promocionais físicos são inacreditavelmente importantes. Saia no mundo, pregue alguns posters e espalhe alguns panfletos. Não gaste todo o seu tempo no Facebook.

10. O Facebook está morrendo. Se todo o seu plano de promoção está baseado nele, você está fudido.

11. Você precisa conquistar sua cidade natal antes de cair na estrada. Se ninguém liga pra você localmente, o que lhe faz pensar que as pessoas vão se importar com você em algum outro lugar?

12. Fazer turnês significa absolutamente nada, a não ser que as pessoas realmente apareçam em seus shows. Não faça a turnê a não ser que você saiba que vai conseguir ter uma multidão em cada show.

13. Tocar nas redondezas da cidade o tempo inteiro enfraquece seu jogo. Espalhe seus shows de forma que você possa promover um show grande a cada 6 ou 8 semanas.

14. ENTRETANTO, quando você está no começo, você precisa tocar em todo e qualquer lugar o tempo todo para ganhar experiência. Grave todos os shows. Uma vez que VOCÊ ame ouvir seus sets ao vivo (e pessoas que não sejam seus amigos ou parte da sua família digam para você que amam a sua banda) então você pode agendar shows de verdade e cobrar por eles.

15. Se você toca mal, você não merece ser pago. Fico bom primeiro. Então você pode começar a cobrar.

16. Ninguém na indústria da música liga para o quão boa a sua música é. Eles ligam para o quanto de sucesso você atingiu por conta própria.

17. Faça o possível para ajudar a outros em sua cena. Isso eventualmente voltará para você.




GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato. Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Denuncie os que quebram estas regras e ajude a manter este espaço limpo.


Todas as matérias da seção NotíciasTodas as matérias sobre "Indústria Musical"


Estúdios: outros 10 que você deve conhecer antes de morrerEstúdios
Outros 10 que você deve conhecer antes de morrer

Tecnologia: quanto mais tempo durarão os downloads de música?Tecnologia
Quanto mais tempo durarão os downloads de música?

Pirataria: Os 20 álbuns mais baixados ilegalmente no Reino UnidoPirataria
Os 20 álbuns mais baixados ilegalmente no Reino Unido


Vegetarianismo: Nomes do Rock e do Metal que não comem carneVegetarianismo
Nomes do Rock e do Metal que não comem carne

Angra: versões bizarras de músicas da bandaAngra
Versões bizarras de músicas da banda

Queen: as 10 melhores músicas da banda segundo a UCRQueen
As 10 melhores músicas da banda segundo a UCR

Rolling Stone: revista elege melhores faixas de álbuns ruinsRolling Stone
Revista elege melhores faixas de álbuns ruins

Fotos de Infância: Max e Igor Cavalera, do SepulturaFotos de Infância
Max e Igor Cavalera, do Sepultura

Metallica: uma versão diferente de Creeping DeathMetallica
Uma versão diferente de "Creeping Death"

Slayer: esposa de Jeff Hanneman fala sobre problema no braçoSlayer
Esposa de Jeff Hanneman fala sobre problema no braço


Sobre Leonardo Daniel Tavares da Silva

Daniel Tavares nasceu quando as melhores bandas estavam sobre a Terra (os anos 70), não sabe tocar nenhum instrumento (com exceção de batucar os dedos na mesa do computador ou os pés no chão) e nem sabe que a próxima nota depois do Dó é o Ré, mas é consumidor voraz de música desde quando o cão era menino. Quando adolescente, voltava a pé da escola, economizando o dinheiro para comprar fitas e gravar nelas os seus discos favoritos de metal. Aprendeu a falar inglês pra saber o que o Axl Rose dizia quando sua banda era boa. Gosta de falar dos discos que escuta e procura em seus textos apoiar a cena musical de Fortaleza, cidade onde mora. É apaixonado pela Sílvia Amora (com quem casou após levar fora dela por 13 anos) e pai do João Daniel, de 1 ano (que gosta de dormir ouvindo Iron Maiden).

Mais matérias de Leonardo Daniel Tavares da Silva no Whiplash.Net.

adGoo336|adClio336