Matérias Mais Lidas

imagemAs faixas do "Black Album" que James Hetfield e Lars Ulrich não curtem

imagemAs seis músicas do Metallica que Dave Mustaine ajudou a escrever

imagemQuando Derico, do Programa do Jô, descobriu que Ian Anderson tocava tudo errado

imagemAs 10 melhores versões metal de músicas pop dos anos 1980, em lista da Metal Hammer

imagemSérgio Moro elege banda clássica de Rock como sua favorita

imagemRaul Seixas: o clássico que presta homenagem ao brega e foi feito com Paulo Coelho

imagemAnitta é a maior roqueira que existe hoje no Brasil, diz integrante do Titãs

imagemJanis Joplin: última gravação dela em vida foi feita para um Beatle

imagemRock in Rio: Pitty alfineta a produção do festival ao revelar qual seria sua exigência

imagemA reação de Jimi Hendrix ao assistir King Crimson ao vivo

imagemMax e Iggor Cavalera: setlists, fotos e vídeos de shows na Audio, em São Paulo

imagemJoão Gordo relembra proposta de fazer propaganda de calmante com Dado Dolabella

imagemRage Against The Machine cancela turnê europeia por conta de contusão do vocalista

imagemO hit da Legião que Renato Russo compôs para Cássia Eller e traz coincidência trágica

imagemAmy Lee escolhe a melhor música do Evanescence para apresentar a banda


Dream Theater 2022

Behemoth: Nergal e sua relação com as mulheres

Por Bruce William
Fonte: Metal Sucks
Em 24/02/15

Seguem abaixo trechos de "Confessions of a Heretic", a autobiografia de Adam "Nergal" Darski, onde o frontman do Behemoth fala sobre questões envolvendo o sexo oposto.

Há algo que lhe aterroriza sobre o sexo oposto?

Nergal: O lado oculto das mulheres. Você encontra alguém e se sente atraído, e de repente se vê numa situação extrema, descobre o quão puta ela pode ser. Nada indicava aquilo. Ela é um oásis de paz, ama crianças e animais. Vocês tem empatia... e de repente ela explode, se transforma numa pessoa má e vingativa. Já passei por algumas situações assim.

Como você lida com estas situações?

Nergal: Procuro apoio e compreensão de meus amigos. Acho que é o que todos fazem. Às vezes me dizem algo interessante. Anos atrás, quando uma de minhas relações estava chegando ao fim, eu estava excursionando pelos EUA e fui a um bar na Florida com David Vincent do Morbid Angel. Ao invés de relaxar e curtir a noite, eu fiquei o tempo todo nervoso ao telefone falando com a garota, que tinha problemas pessoais e eu tentava mantê-la de bom humor. Quanto mais eu tentava, mais ela me ofendia. Tudo estava indo para o lado errado. Vincent, notando que eu estava puto, olhou pra mim e disse 'Você está tenso, acalme-se. Se o motivo for mulher, tenha dignidade como um homem deve ter. E lembre-se: há milhares de mulheres no mundo'. Anos mais tarde nos reencontramos em Frankfurt e ele me perguntou se eu me lembrava do que ele tinha dito naquela noite. Eu apenas sorri".

(...)Quando uma mulher é superficial e não tem nada a oferecer a não ser seu corpo, imediatamente mantenho-a à distância. Não consigo disfarçar. Alguns caras, quando querem uma garota, aceitam qualquer situação. Quando penso em fazer isto apenas para ter um buraco onde enfiar meu pau no fim das contas eu fico constrangido. Sei disso pois já tentei agir assim. Às vezes percebo inclusive quando está acontecendo, até mesmo durante o ato em si eu me pego pensando por qual motivo estou fazendo isto. É a mesma coisa com comida. Uma ou duas vezes por mês como algum trash food. A primeira mordida é legal, mas depois de um tempo aquela coisa se torna enjoativa na minha boca, e me vêm à mente que estou colocando lixo no estômago. Com as mulheres é a mesma coisa. Acontecem eventualmente algumas situações eróticas onde minha mente fica dizendo 'Termine logo, saia fora!'. Quero rapidamente ir embora pra casa ou ir tomar cerveja e trocar ideia com um amigo.

Há garotas que conseguem fazer você ficar corado?

Nergal: Na Tailândia estávamos em um bar e lá pelas duas da manhã me ofereceram uma massagem. Fiquei viciado nisto quando estive anteriormente por lá, e não tinha nada de erótico, então arrumei um cômodo e fui pra lá. Eu estava apenas de cuecas mas a massagista me disse pra tirar tudo. Fiquei surpreso mas ela insistiu. Não me fiz de rogado, concordei, não sou tímido, tirei e me deitei. Ela começou a me massagear. Ela esbarrou em meu pênis, como se por acidente. Inicialmente achei que não tinha nada de erótico, me sentia como se estivesse no médico. Pouco depois ela repetiu e sorriu. Eu não sabia o que pensar ou dizer. Na terceira vez não tive mais dúvidas: ela agarrou meu pau e perguntou com um forte sotaque asiático, 'massaaaagem?' Fiquei envergonhado mas no fim das contas perguntei quanto era. Fechei meus olhos e algum tempo depois tudo tinha finalizado. Mas me senti violado. Alguns vão para a Tailândia apenas para isto. Não eu. Gosto de lá por ser um país belíssimo, algo como um conto de fadas. Estive lá duas vezes, mas isto que relatei só aconteceu uma única vez, talvez por eu não frequentar puteiros.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no WhatsAppSeguir Whiplash.Net

Stamp

publicidade
Ademir Barbosa Silva | Alexandre Faria Abelleira | Andre Sugaroni | André Silva Eleutério | Antonio Fernando Klinke Filho | Bruno Franca Passamani | Caetano Nunes Almeida | Caio Livio de Lacerda Augusto | Carlos Eduardo Ramos | Carlos Gomes Cabral | Cesar Tadeu Lopes | Cristofer Weber | César Augusto Camazzola | Dalmar Costa V. Soares | Daniel Rodrigo Landmann | Décio Demonti Rosa | Efrem Maranhao Filho | Eric Fernando Rodrigues | Eudes Limeira | Fabiano Forte Martins Cordeiro | Filipe Matzembacher | Gabriel Fenili | Helênio Prado | Henrique Haag Ribacki | Jesse Silva | José Patrick de Souza | Leonardo Felipe Amorim | Marcello da Silva Azevedo | Marcelo Franklin da Silva | Marcelo H G Batista | Marcio Augusto Von Kriiger Santos | Pedro Fortunato | Rafael Wambier Dos Santos | Regina Laura Pinheiro | Reginaldo Tozatti | Ricardo Cunha | Ricardo Dornas Marins | Sergio Luis Anaga | Sergio Ricardo Correa dos Santos | Tales Dors Ciprandi | Thiago Cardim | Tiago Andrade | Tom Paes | Vinicius Valter de Lemos | Wendel F. da Silva
Siga Whiplash.Net pelo WhatsApp

Nergal diz que vocalista do Arch Enemy é mais corajosa do que muito metaleiro homem

Nergal surpreende ao citar música do Metallica que ele considera uma das melhores

Vocalista do Behemoth diz que seu amigo Lars Ulrich é um ser humano incrível

Cinco álbuns de heavy metal que serão lançados em setembro e merecem sua atenção

Behemoth lança vídeo chocante de música do próximo álbum; confira aqui

Líder do Behemoth mostra seu lado menos satânico e já chorou com música sobre Jesus

Nergal diz que Behemoth é mais que anti-religião e emociona-se com LGBTQ e aborto

Behemoth lança "Off To War!", mais uma música do próximo álbum; ouça aqui

Grandioso show do Behemoth em igreja polonesa disponível por tempo limitado

Após shows no Brasil com o Metallica, Lars vai assistir Behemoth e Arch Enemy nos EUA

Natal: as impressões de Nergal, Dani Filth e Shagrath

Nergal: "rock pode ser perigoso", diz ao citar chute de Josh Homme em fotógrafa

Justin Bieber: convidado para participar de show do Dark Funeral

Power Metal: os dez álbuns essenciais do gênero

Andreas Kisser: "Eloy Casagrande talvez não seja humano"


Sobre Bruce William

Bruce William pensava em ser um motoqueiro rebelde mas descobriu que é um Wieder Blutbad nerd apaixonado por uma Fuchsbau. Avy jorrāelan, CatW!

Mais matérias de Bruce William.