Michael Schenker: Mad Axeman presenteia fã brasileiro com guitarra

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Por Nacho Belgrande, Fonte: Playa Del Nacho
Enviar correções  |  Comentários  | 

Matéria de 01/05/15. Quer matérias recentes sobre Rock e Heavy Metal?


603 acessosScorpions: Rudolf Schenker critica muro de Donald Trump5000 acessosOzzy Osbourne: "o morcego era quente e crocante"

Em janeiro do ano passado, o Whiplash.Net, muito gentilmente, abriu uma raríssima exceção em sua política editorial e concedeu espaço ao apelo de um fã brasileiro dos ícones do hard rock teutônico – o SCORPIONS – ULRICH LA ROCCA JACOB, de Ribeirão Preto [SP].

À ocasião, o guitarrista emérito da banda, MICHAEL SCHENKER, estava ainda divulgando seu álbum ‘Bridge The Gap’ [2013] e prometia uma guitarra idêntica à sua – a clássica Dean Flying V modelo signature ‘Michael Schenker’ em preto e branco – para o fã que conseguisse mais ‘Likes’ no Facebook com uma foto posada junto à sua coleção de itens da carreira de Michael, fosse com o Scorpions, com o UFO, com o MSG, ou com sua atual banda, a TEMPLE OF ROCK.

Obviamente, a exposição no Whiplash.Net Deu bastante projeção à causa de Jacob, tanto que ele disparou na frente dos demais concorrentes, apesar de ter jogando contra alguns indivíduos que fizeram meios de motivos ou meios torpes para lhe prejudicar. Discorramos sobre alguns:

- Um fã europeu registrou sua foto em uma página, e não perfil do Facebook, e pagou para um ‘boost’ no alcance de seu apelo aos demais fãs, o que obviamente lhe rendeu bastante acessos – ainda assim, não foram o suficiente para ameaçar a campanha do ribeirão-pretano uma vez que o site maranhense lhe divulgou.

- Alguém inconformado por Ulrich já ter possuído sua atual namorada durante uma apresentação dos Scorpions em São Paulo no ano de 2010, quis efetuar sua pequena vendeta pessoal contra o paulista, e, aliado à uma caverta de testas igualmente protuberantes, correu o Facebook de outros brasileiros pedindo apoio para o europeu citado acima. Como diz o cantor cearense Falcão, ‘Todo castigo para corno é pouco’.

- Uma admiradora europeia do kraut, deu uma de mineira e esperou para conduzir seu corre até as últimas horas, levando em conta, muito inteligentemente, que o fechamento da apuração seria feito num fuso horário que desfavoreceria em muito ao brasileiro. Foi graças à sua sagacidade que ela ficou em terceiro a maior parte do tempo da promoção e protagonizou uma arrancada digna e honesta nas últimas horas, o que garantiu o prêmio a ela.

Garantiu?

Então…

Certificada como ganhadora da promoção, a moça receberia, poucos dias depois, um número de registro do envio da guitarra pelo correio, através de um recibo emitido pelos correios, com o # de rastreamento do pacote.

Semanas depois, a mesma moça usava do mesmo Facebook para comover aos demais fãs para que a ajudassem a encontrar o instrumento, já que o empresário de Schenker o enviara, mas o correio nunca o entregou, tampouco fazia a menor ideia de onde ele estava. Até onde sabemos, ela continua conferindo sua caixa de correio esperançosamente todo dia.

Voltando ao Brasil: no começo de março desse ano, Ulrich ficou sabendo por meio do próprio staff do Temple of Rock que ele e seu pai, TICO JACOB, estavam entre os fãs brasileiros que apareciam na edição final do vídeo da nova música de trabalho da banda, “Live And Let Live”, com várias imagens ao vivo gravadas em São Paulo.

Foi apenas poucos dias depois que Jacob, ao chegar do trabalho, deparou-se com uma enorme encomenda internacional lhe esperando em casa, e no campo do remetente constava: MICHAEL SCHENKER.

O virtuoso – adjetivo esse que não cabe em muitos nomes da guitarra elétrica antes do surgimento do músico no cenário mundial – decidiu, em acordo com o Temple of Rock e seu empresário, que todo o afinco com que Ulrich e seu pai vinham se dedicando à toda a árvore genealógica do Scorpions ao longo de quase 40 anos, durante os quais construíram a maior coleção voltada para a banda e suas ramificações no Brasil – quiçá no mundo – era digno de um gesto de retribuição.

Tico e Ulrich agradecem ao Whiplash.Net pelo apoio e o espaço concedidos – gestos como o do editor-chefe João Paulo Andrade é que fortalecem a cena no Brasil e sedimentam a mítica que envolve toda a paixão que une ídolos e fãs no movimento.

PARTE DA COLEÇÃO DOS JACOB DEDICADA SOMENTE A SCHENKER, SEM A VIDEOTECA
PARTE DA COLEÇÃO DOS JACOB DEDICADA SOMENTE A SCHENKER, SEM A VIDEOTECA

GosteiNão gostei

Compartilhar no FacebookCompartilhar no TwitterCompartilhar no G+

Os comentários são postados usando scripts e logins do FACEBOOK, não estão hospedados no Whiplash.Net, não refletem a opinião dos editores do site, não são previamente moderados, e são de autoria e responsabilidade dos usuários que os assinam. Caso considere justo que qualquer comentário seja apagado, entre em contato.

Respeite usuários e colaboradores, não seja chato, não seja agressivo, não provoque e não responda provocações; Prefira enviar correções pelo link de envio de correções. Trolls e chatos que quebram estas regras podem ser banidos. Denuncie e ajude a manter este espaço limpo.

603 acessosScorpions: Rudolf Schenker critica muro de Donald Trump119 acessosRock Sugar: banda retorna com mashup de Scorpions com Adele; assista271 acessosRock Dissidente: grupos de Metal / Rock que gravaram Reggae606 acessosHeavy Metal: Quando o Surf também radicaliza no som1553 acessosLoudwire: em vídeo, os 10 maiores riffs de metal dos 80's1860 acessosScorpions: como surgiu a ideia de fazer turnê com o Megadeth0 acessosTodas as matérias e notícias sobre "Scorpions"

ScorpionsScorpions
Top 10 dos melhores álbuns, segundo os fãs

Klaus MeineKlaus Meine
A bizarra semelhança com Kiko, do Chaves

ScorpionsScorpions
A história por trás da música "Wind of Change"

0 acessosTodas as matérias da seção Notícias0 acessosTodas as matérias sobre "Michael Schenker"0 acessosTodas as matérias sobre "Scorpions"

Ozzy OsbourneOzzy Osbourne
"O morcego era quente e tinha uma textura crocante!"

Deep PurpleDeep Purple
A contestada entrevista na Globo em 2006

IntrigasIntrigas
Bandas em família que terminaram mal

5000 acessosDane-se Bruce Dickinson: Simone Simons no metrô é muito melhor5000 acessosVegetarianismo: Nomes do Rock e do Metal que não comem carne5000 acessosComo formar uma banda de Hard Rock em 69 lições5000 acessosBruce: "Olhei para Di'Anno e pensei que deveria estar lá!"5000 acessosCinema: Participações de astros do rock em filmes5000 acessosCarnaval: "Nem o metal-tal-tal-tal-tal salva o Lepo Lepoaaaargh!"

Sobre Nacho Belgrande

Nacho Belgrande foi desde 2004 um dos colaboradores mais lidos do Whiplash.Net. Faleceu no dia 2 de novembro de 2016, vítima de um infarte fulminante. Era extremamente reservado e poucos o conheciam pessoalmente. Estes poucos invariavelmente comentam o quanto era uma pessoa encantadora, ao contrário da persona irascível que encarnou na Internet para irritar tantos mas divertir tantos mais. Por este motivo muitos nunca acreditarão em sua morte. Ele ficaria feliz em saber que até sua morte foi motivo de discórdia e teorias conspiratórias. Mandou bem até o final, Nacho! Valeu! :-)

Mais matérias de Nacho Belgrande no Whiplash.Net.

Whiplash.Net é um site colaborativo. Todo o conteúdo é de responsabilidade de colaboradores voluntários citados em cada matéria, e não representam a opinião dos editores ou responsáveis pela manutenção do site, mas apenas dos autores e colaboradores citados. Em caso de quebra de copyright ou por qualquer motivo que julgue conveniente denuncie material impróprio e este será removido. Conheça a nossa Política de Privacidade.

Em junho: 1.119.872 visitantes, 2.427.684 visitas, 5.635.845 pageviews.

Usuários online